Tag Archives: Money Management

Um Trade Um Perdedor

“ Life is a process. There is no success or failure—only feedback “ Van K. Tharp

” To avoid whipsaw losses, stop trading.” Ed Seykota

Dando prosseguimento em reportar sobre o meu projeto desafio e analisar os meus sentimentos com relação a seguir meu sistema.

Hoje fui Stopado do meu primeiro trade. YES !!!! Segui as minhas regras e CORTEI MINHAS PERDAS RAPIDO.

Comecei a operar dia 3 de maio. Este trade foi um sobe e desce e a maior parte do tempo o trade ficou no negativo. Confesso que durante o trade tive sentimentos de irritação pela posição mover contra mim, mas esperei pelo melhor sabendo que a pior das hipóteses era o meu STOP e a melhor delas era desconhecida ou até a tendencia terminar.

Falando um pouco do sistema e sobre o trade no meu backtest eu percebi que cometi um erro de vazamento de futuro (future leak), que significa que estava entrando trades com beneficio da percepção tardia (hindsight). No post sobre o sistema a regra diz que entraria no break out de 3 dias caso o fechamento cruzasse o breakout. O problema é que existem dias que o breakout ocorre, entretanto o fechamento fica abaixo do break.

Então, fui na formula do meu backtest e mudei para que comprasse sempre o breakout quando ocorresse no intra day. Os resultados foram que o sistema piorou os resultados, mas ainda continuava um sistema interessante do ponto de vista de indicadores aceitáveis de acordo com meus parâmetros e objetivos em trading.

Analisando os resultados do backtest eu isolei somente os dias onde o fechamento ficou abaixo do breakout (10% dos trades) e percebi que estes trades eram ligeiramente negativos na somatória, embora alguns fossem lucrativos. Diria que a somatoria dos trades ficava no break even. Então, fui la no código de programação e criei uma regrinha para re-testar o sistema, só para desencargo de consciência. A regra era que caso o fechamento fosse menor que break eu sairia do trade no fechamento ou perto dele. Isto exigiria estar operando ao vivo no fim do pregão e tomar a perda caso isto ocorresse. Esse não era meu plano original, pois a ideia era ajustar minha ordem no máximo 2 vez ao dia no after market.

Todavia, os resultados do backtest disse que o resultado do sistema, por incrível que pareça, PIORARIA, se fizesse isto. Então, a conclusão foi que deveria  manter o plano de comprar sempre o breakout no intraday com uma stop buy order.

“It takes guts to keep buying breakouts and cutting losses quickly.” Ed Seykota

Acontece que para minha “sorte” o primeiro trade tomado foi um com esta característica i.e. fechar abaixo do break. Entretanto, como quero seguir uma filosofia sa de trading eu decidi seguir o meu sistema e cortar as perdas rápido, se necessário, mesmo que isto me irrite. Quando me irritei talvez meu inconsciente queria me avisar quando a perda ainda eh pequena, através do meu sistema.

Desde que entrei o trade foi um sobe e desce. A maior parte do tempo o trade ficou no negativo. Mesmo sendo stopado, estou disposto a seguir as regras do sistema, mesmo sabendo que na eventualidade do fechamento ser menor que o break a chance de ser um perdedor é maior do que se fechasse acima.

Isso me faz lembrar uma quote do Ed Seykota

“The trend following strategy does not anticipate anything. The trader might anticipate a top or a bottom, and stick to his system anyway.” Ed Seykota

Assim, no momento que fiquei irritado que o trade ficava no zig zag e quase sendo whipsawed respirei fundo e olhei para minha check list com relação aos meus axiomas.

–          O sistema foi desenvolvido por mim? (YES)

–          O sistema tem uma expectativa positiva? (YES)

–          Eu posso lidar com o MAXIMO DD? (iiiiYYYES… vamos ver)

–          Tem boas regras de gerenciamento de risco e position size? (YES)

–          É um sistema de trend following? (YES)

–          É um sistema que corta as perdas rapidos e deixa o lucro fluir? (YES)

Então não preciso fazer mais nada alem de STICK TO MY SYSTEM sem tentar adivinhar o futuro e celebrar os lucros e as perdas, sabendo que fazem parte do processo. Só preciso seguir a tendência e ir com o fluxo

“ By definition, if you make money in the markets, you are on the right side of a trend.” Ed Seykota

No momento estou negativo 1%, gracas a minhas regras de money management ainda tenho 99% do meu capital pra operar o próximo trade e seguir o meu sistema.

“When you finally decide that you are responsible for your own life—for what has happened in the past—you will find that you get an immense rush of freedom” Van K. Tharp

Clip: http://daveanddawncook.com/wp-content/uploads/2010/04/Follow-the-rules.jpg

Nota Importante: Este não é um site comercial e não tem o intuito de lucrar per se. Dou credito a Ed Seykota todo conteúdo citado do seu website  (http://www.seykota.com). The Trading Tribe FAQ site is copyright (c) Ed Seykota, 2003 – 2011. O artigo acima não pode ser em hipótese alguma considerado como uma recomendação de investimento. Velaepavio é apenas um blog de trading que me permite  compartilhar meus pensamentos e opiniões pessoais com o intuito de desenvolvimento pessoal e de quem estiver interessado a ler meus pensamentos que são opiniões pessoais. Velaepavio não é um agente de investimento registrado e autorizado a dar conselhos sobre investimento. O artigo não leva em consideração circunstancias financeiras pessoais dos leitores. Lembre-se que investir e operar no mercado é arriscado, podendo ocorrer perda significativa de capital num montante igual ou maior que o investimento inicial, caso instrumentos de alavancagem sejam usados. O artigo é propriedade intelectual de velaepavio e apesar de poder ser compartilhada livremente caso o uso for não comercial e com o consentimento do autor caso tenha interesse comercial, estando sujeita a leis de direitos autorais internacionais e locais.

20 Comments

Filed under Independencia Financeira, Jornada, Psicologia de Trading, Vela's Beliefs

Porque prefiro trend following a mean reversion

Quando comecei a estudar sistemas de trade acho que comecei a desenvolver pequenos sistemas para outras coisas na vida.

Todo dia de manhã quando vou ao trabalho eu pego um atalho pelo bairro, pois quando saio (8:00AM) o rush começa e as avenidas principais ficam congestionadas. Como morei muito tempo em São Paulo eu aprendi a fazer caminhos alternativos, “costurando por dentro dos bairros”.

Eu conhecia os jardins como a palma da minha mão, pois cortava pelo jardim europa da Rebouças à Avenida Brasil por uns caminhos ninjas. Aqui em Adelaide não é diferente e considero que tenho uma edge quando dirijo aqui, vindo com minha experiência de dirigir em Sampa.

Enfim desenvolvi um sistema que tem 95% de acerto quando cruzo uma avenida. Eu tenho a opção de virar na primeira ou na segunda a direita (lembre que na Austrália se dirige do lado esquerdo, então pra cruzar a avenida tem que dobrar a direita).

O sistema funciona assim:

Se a primeira não esta vindo trafego eu dobro na primeira mesmo, mas caso o trafego esta vindo eu continuo na avenida e dobro na segunda.  O sistema é muito bom porque percebi que a distância entre as duas ruas é muito próximo da quantidade media de carro que acumula no sinal de um grande cruzamento três quadras acima da segunda rua. Pelos meus cálculos eu economizo uns 20 a 30 segundos evitando ter que esperar o trafego passar antes de cruzar.

Imagina que isto é um sistema de trade. Eu faço pequenos trades por dia usando o meu sistema de transito e se conseguir acertar de segunda a sexta 95% eu economizo cerca de 2 minutos por semana.

O que isto tem a ver com mean reversion e trend following?

Como comentei no post: mean reversion e trend following eu disse que uma das desvantagens do mean reversion é a péssima relação risco retorno e a vantagem era a alta porcentagem de acerto em relação a trend following.

Considero então, meu sistema de transito, neste sentido, vamos comparar como um sistema de mean reversion, pois tem um acerto de cerca de 95%.

Este post de agora em diante será uma dura confissão que tenho que fazer aqui no meu blog.

A mais ou menos sete semanas achei que tivesse descoberto um holly grail de trade, que no começo me deixou um pouco deprimido. Foi um EA (Expert Adivisor) que usa uma estrategia de mean reversion operando em alguns pares de Forex, onde a relação risco retorno no Back Test em relação a Max DD (Draw Down Maximo) era de 10% e o retorno de 180%. Uma relação de 18:1.

Entretanto, o Max DD de 10% era de closed trades. O open trade DD era de 50%.

Enfim, achei que valeria a pena colocar uma graninha la só pra ver no que virava, pois o retorno era tão grande e o risco tão pequeno que qualquer merreca viraria uma pequena fortuna rapidinho.

Abri uma conta numa VPS e deixei o EA rodando 24h por dia. Checava a bagaça 2x por dia, uma de manha e uma antes de dormir.

O negocio era promissor. Depois de 6 semanas rendeu 7.8%. Quem da um retorno de mais um menos 1% por semana (composto). Como o retorno era MUITO bom eu ajustei os parâmetros de risco para a metade do citado acima e teria um MAX DD de 5% e um de 25% no OPEN TRADE. Isso pra ganhar uns 75% ao ano. Pra que ser ganancioso.

Tecnicamente estava confortável. Minha estratégia era ganhar uns 80,000 – 100,000 em cerca de dois anos com a seguinte estratégia de scale in 500 por semana num capital inicial de 5,000 assim que as metas de retorno fossem sendo cumpridas.

Desde que comecei a rodar o sisteminha religiosamente rendia os 1% por semana em media e eu colocava os 500 pra aumentar o float.

Dai que mora o perigo de sistemas de alta porcentagem de ganho. Voce começa a ficar complacente.

Primeiro que o EA me deixou deprimido, pois venho trabalhando no desenvolvimento de sistemas de trading a uns quase 2 anos e nunca consegui desenvolver algo assim: Holy Grail. Fiquei preguiçoso e até parei meu outro sistema desenvolvido por mim que vinha dando retornos realistas com um controle de risco bem conservador. Pensei que não era competente o suficiente, então estava dependendo de outros traders/sistemas comprados.

No começo comecei a estratégia de scale in com um capital inicial de 5,000, pois como o negocio era muito BOM pra ser VERDADE eu não quis comprometer muito capital.

Ao mesmo tempo tinha aquela batalha na minha cabeça.

“ Se eu colocar toda minha grana la eu posso aposentar esta semana”

Lutava com esta tentação todo dia.

A ideia de colocar os 500 por semana era pra evitar o DD muito forte e sempre teria um colchão de rendimento que não era dinheiro vindo do meu capital, mas dinheiro conquistador no mercado. Assim, minimizaria ainda mais meu possivel DD caso as coisas desandarem. Mesmo assim o pior que estava esperando era uns 10%.

Foi na semana passada que quebrei o meu plano e ao invés de colocar so os 500 eu coloquei 5,000. 10x mais.

Isto foi na quarta feira passada.

Na quinta feira quando ia para o trabalho usando meu sisteminha de transito eu segui a regra. Vinha transito na primeiro, então fui dobrar na segunda. Mas por algum motivo quando fui dobrar na segunda rua vinha um trafego absurdo, muito maior que a media e esperei uns 5 minutos os carros passarem.

Não estou zuando. A primeira coisa que me veio na cabeça foi: “MERDA de sistema de Mean Reversion”. Estou devolvendo todo o meu lucro de vários trades em um único “trade”.

Ao mesmo tempo lembrei do meu sisteminha de EA, mas preferi ficar no engano de achar que isso não aconteceria comigo no trading.

Na sexta feira de manhã. Por um motivo do além o servidor caiu e acabei perdendo uns trades no GBPEUR, mas entrei em todos os trades do AUDCAD.

Por “sorte” ficou fora do ar por apenas 3 horas e não foi ruim. Eu liguei novamente e fui pro trabalho na sexta. Desta vez o sistema de transito funcionou.

Chequei o EA em casa umas 7 da noite na sexta e parecia tudo normal, apesar de estar com um DD open de uns 6%. Já tinha passado por isso antes e sempre de manha do outro dia, quando isto ocorria, o sistema sempre terminava no positivo.

Parentese: Uma coisa que nao gostava da estratégia de Mean Reversion desde sistema era que ele fazia preço médio e aumentava a posição quando o trade movia contra sua posição. Coisa que prego CONTRA aqui no Velaepavio. Tipo estava cometendo tres pecados capitais dos meus axiomas.

–          Fazer preço médio

–          Tradar um sistema que nao é meu

–          Over trade

Enfim, voltando a historia quando liguei meu computador no sábado de manha pra ver se o final da sessão em NY tinha me salvado.

AHHHHHHHH !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Um DD de 22% em um dia. No acumulado o DD era de 15%, pois tinha o meu lucrinho de 7,8% acumulado até então que foi pro espaço.

Todo meu lucro acumulado em 7 semanas se foi em questão de horas.

Foi o movimento mais rápido do AUDCAD no gráfico de 1 minuto. Nada captado pelo backtest.

As duas moedas são bem correlacionadas e se comportam muito bem sem muito volatilidade e revertem bem pra a media quando desalinham. Mas devido a um problema politico no parlamento no Canada esta relação foi quebrada e o AUD ficou muito forte em relacao ao CAD e ai o sistema atingiu uma regra de Cut-Off de movimentos extremos e realizou a perda de 22%. Isso é uma função, que ainda bem existe, para ser executada em movimentos extremos como o que ocorreu na sexta.

Fiquei meio que abalado e estou bem melhor hoje, segunda feira (quando escrevo).

Decidi duas coisas durante pensar muito no final de semana.

– Desliguei o EA, pelo menos ate meu filho nascer

–  Saquei os 5,000 que coloquei a mais por complacencia e um pouco de descontrole

Ainda não sei se ainda vou ligar o EA novamente para tentar recuperar a graninha perdida. Nada absurdo, mas 13 dias do meu salário atual. Preciso meditar muito sobre este assunto.

Confesso que meu principal aprendizado é que preciso voltar aos meus axiomas e começar a acreditar mais em mim. Preciso a tomar a decisão de ser bem sucedido.

Assumo 100% a responsabilidade pelo que ocorreu e quero me comprometer a sem um trader melhor e que tenho que sempre trabalhar para criar meus próprios resultados, que no final todos eu sou responsável por eles.

Pra finalizar. Por isso, que prefiro Trend Following, pois acontece o contrario do que acontece com sistemas de mean reversion.

Voce perde quase todo dia bem pouco. Isso é bom pra te deixar esperto e humilde e NUNCA ficar complacente e sempre ALERTA. Entretanto, quando o ganho vem ela cobre as perdas e te da o lucro ainda. O ganho que vem como surpresa e não a perda.

Devido a isto quero começar um challenge chamado.

Let your profits run and cut your losses short.

Vou publicar um sisteminha de trend following aqui bem simpres com regras e vou colocar trades fictícios usando regras de Money Management.

O sistema faz uma selecao olhando somente o técnicos buscando uma entrada discricionária em uma acao que esta em tendência, mas uma vez no trade a principal regra do sistema será Let your profits run and cut your losses short.

Espero que possa a voltar as origens e melhorar meus resultado e possamos aprender aqui.

19 Comments

Filed under Jornada, Psicologia de Trading

Keynes era especulador em FX

John Maynard Keynes conhecido como o pai a macroeconomia moderna e é louvado pela sua mente brilhante por não menos que Bertrand Russell que diz que Keynes era…

“one of the most intelligent people he had ever known,”

Até mesmo seu arqui rival e critico F. Hayek :

“He was the one really great man I ever knew, and for whom I had unbounded admiration. The world will be a very much poorer place without him.”

Keynes era realmente brilhante. Uma das pessoas mais influentes do seculo 20. Serviu seu pais, Reinio Unido trabalhando no tesouro no inicio do século passado e sempre era convidado para dar sua opinião economica a chefes de estado em eventos que marcaram a historia como por exemplo no Tradado de Versalhes.

Neste tratado onde foi definido quem ficaria com os espolios da Primeira Grande Guerra e decidido quanto os perdedores (Alemanha) teriam que pagar em reparos de guerra. Inclusive Keynes ficou um pouco receoso com a quantidade de dinheiro a ser pago pela Alemanha. O que na época foi o que causou a Segunda Grande Guerra devido a crise que isso gerou na Alemanha nos anos 30.

Dentre outras influencia Keynes influenciou a politica do New Deal de FDR (Frank Delano Rosevelt) na decada de 30 que “tirou” os Estados Unidos e o mundo da Grande Depressao.

Já no final de carreira e no fim de sua vida Keynes influenciou muito na Conferencia de Bretton Woods onde foram criados o Fundo Monetario Internacional (IFM) e o Banco Mundial (World Bank).

Enfim não há duvida que Keynes foi um gênio da economia e hoje suas teorias estão diariamente nos jornais. Ainda mais agora com a crise economica global de 2008 que ressuscitou ainda mais o debate de suas ideias, inclusive governos e bancos centrais estao implementando suas ideias hoje.

O motivo do post nao é fazer apologia a Keynes, mas adicionar a sua mini-biografia que, além de ser um gênio, de macroecomia Keynes era especulador no mercado de FX (Moedas) e commodities. Isso mesmo Keynes era trader.

Comecou um pouco tarde. Lá pelos seus 36 anos em 1919, logo depois do final da primeira Guerra Mundial.

Keynes deve ter sido mordido pelo mesmo bicho que me mordeu quando descobriu as maravilhas da alavancagem do mercado de Forex e Commodites.

Na epoca tomava posições de 40,000 libras com uma conta margem apenas de 4,000. A Alavancagem era de 10x. Muito mais conservador que a de 400x permitido hoje.

No Inicio Keynes apostava baseado em suas teorias macroeconomicas de longo prazo. Apostava em moedas como o Dolar Americano, Marco Alemao, Lira Italiana e a Moeda indiana, onde morou no inicio de sua carreira.

Em uma carta enviada a sua mãe na decada de 20 onde Keynes ganhou 20,000 libras apostando contra as moedas europei disse:

“I am indulging in an orgy of shopping. . . I think we have bought about a ton so far. . .”

O cara esbanjava o lucro que fazia operando FX.

E como nem tudo são rosas, Keynes acabou aprendendo a amarga lição do especulador que nao tem regra de money management. Acabou perdendo tudo. Perdeu a camisa e acho que até as calcas.

Na epoca tinha acabado de publicar um livro : The Economic Consequences of Peace

Entao pediu um adiantamento de 1,500 libras do seu editor pra continuar a especular no Mercado.

Olha o vicio….

Desta época que vem a famosa frase de Keynes :

“The market can stay irrational longer than you can stay solvent.”

Desta vez Keynes comecou a ser mais cauteloso operando time frames mais curtos e com uma regrinhas de money management mais avancadas e também emprestou mais 5,000 libras de um “padrinho”.

Foi ficando bom no negocio e ai comecou a especular nao so em moedas, mas em commodities como borracha, algodao dentre outras.

Em de 1925, 4 anos depois, ja tinha transformado os 5,000 libras em 55,000 libras

Pra ter uma idéia isto em dinheiro de hoje da cerca de USD1.5 Milhao ( 2.5 milhoes de reais) considerando uma inflacao de 3.5% ao ano.

O cara era bom.

Se quiser saber mais e ver que nao estou inventando historia faca voce mesmo a pesquisa sobre o assunto.

Eu descobri isto quando li o livro: The Lords of Finance: The Bankers Who Broke the World. Que alias é uma excelente leitura se quiser endender a quebra da bolsa em 1929 e a de 2008 tambem que tem suas similaridades.

3 Comments

Filed under Biblioteca, Reflexão

Obrigado 5000

A quase dois anos eu venho estudado incansavelmente sobre o assunto trading, eu estudo ainda, e nesta busca pelo conhecimento e o que fazia sentido, aprendi coisas que nunca tinha percebido, mesmo tendo vivido neste mundo algumas décadas e digo que tive vários momentos de ahas!! nos últimos dois anos lendo vários livros, web sites, fóruns, blogs e etc.

Então, pensei em começar este blog como uma forma de retribuir um pouco o que aprendi com muitas pessoas, mas além de compartilhar meu conhecimento estava também pensando em estruturar meu pensamento e ajudar a si próprio. No final eu acabei sendo o maior beneficiário do blog.

O motivo do blog não foi pra ganhar dinheiro tendo o blog como um meio, mas via como uma  forma de melhorar o meu próprio trade e reforçar as coisas que acredito sobre trading.

Queria aproveitar a ocasião que o blog atinge 5000 page views, o que é muito pouco pra dizer que é um blog bem sucedido, embora ache algo significativo comparado com minhas expectativas iniciais que alias não tinha nenhuma. Então queria para fazer uma pausa de agradecimento aos responsáveis por estas 5000 page views.

Acho que os responsáveis são:

– O Hugo Teixeira do Senhor Mercado, que aliás tem um blog EXCELENTE. Lembro que já tinha começado o blog há umas 3 semanas e estava procurando um blog em português que estava falando de coisas que queria falar como trade systems, gerenciamento de risco e as coisas que acho importante nos livros que li sobre como operar no mercado. Confesso que muito trafego que vem aqui pro Velaepavio vem lá do Forum Senhor Mercado que aliás tento ser bem presente lá, mas ultimamente anda meio parado. O pessoal anda ocupado… até mesmo o Hugo deu uma sumida.

– Pessoal do infomoney que colocou o meu blog no blog roll da comunidade. O que acaba trazendo um certo trafego aqui pro blog. Costumava ser melhor, mas foi bem importante no começo.

– Todos os leitores assíduos do blog que de vez em quando fazem comentário que acho que são muito importantes pra dar feed-back. Isso significa que as pessoas não somente clicam no meu site por estar atrás de assuntos de trading e trading system, mas elas lêem os posts e comentam. Valeu galera!!

E é lógico todos os responsáveis que me inspiraram e me direcionaram pra onde estou hoje.

Acho que a primeira semente que foi lançada foi uma video aula que assisti no Informed Traders do David Waring. Se quiser ver o video onde tudo começou veja aqui. Isso foi há menos de dois anos atrás onde não sabia o que era candle stick (vela e pavio). Alias sabia, mas achava baboseira, pois era um cara puramente fundamentalista.

Neste curso de análise técnica que o David W. falou de um cara chamado Van Tharp e o livro Trade Your Way to Financial Freedoom.

Nesta mesma busca eu encontei o David Jenyns que me ajudou na parte de trading no começo. Explicando a parte de position size, risk management e etc.

Assim por diante os principais autores que gostaria de agradecer aqui: Van Tharp, Jack Schwager e Michael Covel.

E os traders que me inspiram e que sou fã:

Jesse Livermore, Gerald Loeb, Nicholas Darvas, Chuck LeBeau, Richard Dennis, Willian Eckard, Curtis Faith, Marty Schwartz (minha entrevista preferida no Market Wizard), Ed Seykota e Paul Tudor Jones.

Acho que estes são os que me marcaram mais e consigo lembrar de cabeça.

Acho que o blog tem bastante conteúdo e tudo que sei sobre trade eu escrevi aqui, pelo menos as coisas mais relevantes que acho importante que todos precisam saber. Não o que escreva seja a verdade absoluta sobre trade, pois não acho que alguma exista, mas existe a que tem a ver com suas crenças. E este blog está cheia delas.

Gostaria de escrever mais, mas acho que preciso no momento focar em outras coisas para o meu desenvolvimento pessoal como trader, além de escrever, que toma tempo. Vou me disciplinar mais em seguir a minha rotina para ser mais bem sucedido em trading, pois ainda tenho que ter meu trabalho diário tempo integral para trazer a minha renda, mas meu objetivo é ser trader full time. Sei que se focar mais no meu desenvolvimento pessoal e na minha psicologia eu vou atingir o objetivo mais rápido então terei mais tempo de escrever, que é algo que gosto de fazer.

Então espere eu dar uma sumida do blog, pois vou concentrar mais no meu desenvolvimento e nas pesquisas que ando fazendo no momento.

Também mês que vem meu primeiro filho vai nascer e vou estar bem ocupado e isto com certeza tomará o meu tempo.

Enfim, MUITO OBRIGADO a todos/todas e também a VOCE que está lendo este post neste exato momento. Acho que a gratidão é uma virtude e que gosto de cultiva-la e sei que ela acaba voltando em dobro.

16 Comments

Filed under Jornada, Reflexão

Porque risco é mais importante que retorno

“The probability of an individual trade working out is either 100% or 0% depending on how it actually works” – Ed Seykota, TT-FAQs

Na minha humilde opinião o primeiro passo para ser bem sucedido em trading é entender risco.

Fui por quase um ano um vendedor de fundo de investimento e lembro que uma pergunta comum dos clientes prospectivos.

“Quanto que da a aplicação?”

E é por isso que muitas vezes, ou na maioria das vezes, as pessoas perdem dinheiro no mercado. Minha conclusão é: As pessoas em geral não entendem uma das coisas mais importantes que, pra mim, é o RISCO. Pelo contrario, se iludem na busca do retorno da “aplicação”.

Confesso que era bem mais fácil conquistar um novo cliente, tentando atrai-lo pelo retorno passado de uma certa aplicação, negligenciando, é lógico, o risco envolvido.

Estou batendo na mesmo tecla, pois já falei sobre risco em outros posts e acho importante enfatizar o tópico e coloca-lo de uma outra forma e assim deixa-lo mais claro e também para meu próprio beneficio, deixar ainda mais claro o conceito na minha cabeça.

Vou tentar ser direto e objetivo.

Risco, dentre as mil definições, para mim, no contexto de trading, é a probabilidade de algo dar errado ou não ir como esperado, pois apesar de esperança não ajudar em trading, todo mundo espera sempre o melhor.

Segundo Paul Tudor Jones

“I’m always thinking about losing money as opposed to making money. Don’t focus on making money, focus on protecting what you have”

Veja que ele esta mais preocupado em não perder dinheiro do que em ganhar.

Outros Hedge fund managers como Hugh Hendry também enfatizam a preocupação em NÃO perder dinheiro. Essa é a principal preocupação dele. Mais do que estar focando em ganhar dinheiro.

Até mesmo o value investor Warren Buffet coloca como sua primeira regra: Nunca perder dinheiro e a segunda como nunca esquecer da primeira regra.

Porque? Por que todos os gestores de fundos, traders e value investors que ganham dinheiro no longo prazo estão mais preocupados com risco do que com retorno.

Agora uma vez entendido risco o que tem que se analisar é a relação risco / retorno. Em outras palavras o quanto o trader esta disposto a perder, se as coisas não irem bem, para ter um determinado nível de retorno desejado?

Ai que acho que entra a psicologia em trading. Ninguem gosta de perder e é muito difícil aceitar a perda, mas o pulo do gato em controlar suas emoções negativas quando a perda ocorrer é aceitar a perda, pois ela faz parte no processo de ganhar dinheiro. Isto significa que perder faz parte do jogo e o Ego, que quer ser o Sr. Certo, fica bem educado e domado.

Dito isto, cada pessoa tem um nível de aceitação de perda. Uns aceitam mais outros aceitam menos. Isso não porque alguns gostem de sofrer mais do que outros, pois perder por perder é suicídio, mas aceitar a perda para um possível ganho pode ser bem recompensador. Esta é a parte difícil de entender.

Dai que o desenvolvimento de sistemas de trading podem ajudar, pois o sistema pode te dar uma boa  noção estatística (probabilidade) da relação risco retorno, assim fica mais objetivo a decisão de operar ou não operar um sistema de acordo com os objetivos de retorno e a capacidade de aceitar perdas de cada um.

Pra mim, o sistema ideal é aquele que minimiza meu risco dado um nível de retorno esperado. Eu outras palavras um sistema que quando der errado eu vou perder uma quantia que é aceitável e vai me manter no mercado tentando ser bem sucedido, mas quando estiver certo vou ganhar o suficiente para cobrir minhas pequenas perdas e ainda sobrar um “monte” de grana que me dará um retorno relativamente bom ajustado ao risco envolvido. Sistemas de trend following tem esta caracteristica. Perdem muito frequente e pouco, mas quando ganham salvam a pátria.

Van Tharp chama uma boa relação de risco retorno de idéia de baixo risco, ou seja, um sistema que da uma distribuição de trades onde a somatória dos ganhos é maior que a somatória das perdas. Alem disto, mais ideal ainda é um sistema onde o desvio padrão dos ganhos e perdas é o menor possível e o sistema também de muitas opotunidades de trades. O que chama de exportunity que foi discutido no post:  Pensando em R multiplos

Vou dar um exemplo que as pessoas acabam ocorrendo e entram pelo brejo, por negligenciarem o risco e ter problemas com aceitação de perdas.

O uso de alavancagem, por exemplo, que te permite emprestar dinheiro para aumentar o tamanho de sua posição. Eu sou absolutamente a favor de alavancagem e inclusive um usuário dela, mas pode ser uma bomba atômica, por outro lado.

Um trader pode explodir sua conta rapidinho se não entender risco.

Muitas vezes traders, e não só iniciantes, negligenciam o risco e colocam uma posição muito grande sem stop. Pra mim é o antagonismo do que estou tentando explicar aqui.

Vamos supor o exemplo do trader Zezinho que tem 10,000 reais e quer ganhar 1,000 reais por dia. Um alvo não impossível, mas um pouco ousado e diria irrealista pra quem ta começando com “pouco”.

Enfim, usando um mecanismo de alavancagem ,Zezinho coloca seu primeiro trade na acao WMD4 com uma posição de 500,000 (alavancagem de 50x). Assim, esperando um movimento de 0.2% pra fazer os 1,000. Entretanto, neste primeiro trade a sorte não esta do seu lado e o trade move 2% contra o Zezinho e nesta hora meu amigo ele tem que admitir que ele estava errado, pois os 10,000 foi pro espaço quando a posição for fechada por uma chamada de margem.

Pra finalizar eu quero deixar claro que não sou contra tomar risco. Inclusive acho que o maior risco de todos é não tomar NENHUM risco. Entretanto, o risco é algo a ser dado mais foco que o retorno, inclusive isto ajuda do ponto de vista psicológico.

Acho que o trabalho na pesquisa de um sistema de trading esta em achar estas relações de risco retorno maximizadas e ver se elas adaptam ao seu perfil de aceitação de perda a medida da sua capacidade psicológica de lidar com elas.

10 Comments

Filed under Psicologia de Trading, Reflexão, Trading Plan, Vela's Beliefs

O trade mais lucrativo de todos os tempos

Já comentei aqui no blog sobre alguns dos Market Wizards do livro de Jack Schwager. Sobre caras como Richard Denis que transformou $400 em $200,000,000 e caras como Ed Seykota que fez contas de clientes render milhares de %. Coisas do gênero de aplicação de $5,000 virar milhões em questão de menos de 10 anos.

Esses são excelentes traders que fizeram milhões no mercado e por isso que são considerados Market Wizards. Ao longo de suas carreiras eles fizeram vários trades que somados da estas quantias que fica difícil de acreditar. Tipo quando eu li o Market Wizards pela primeira vez eu dava risada, pois era algo tão absurdo que só rindo mesmo, pra quem achava fazer 130% do CDI um bom rendimento.

Entretanto, neste post quero falar de um trade que redeu bilhões. E não foi uma sequência de vários trades em vários intrumentos, mas uma grande posição que demorou mese pra desenvolver.

Este trade, o maior do século, é coisa absurda. Ele deixa o George Soros, que ganhou algo na casa de 1.1 bilhões em 1992 apostando contra a libra esterlina, um segundo lugar um pouco longe.

O Trade de Soros ficou famoso e depois deste nunca mais ninguém conseguia ultrapassar em uma só tacada, mas em 2007, na maior crise desde 1930, um cara conseguiu não só ultrapassar uma cifra fenomenal de Soros, mas fez em 15x mais.

Não é brincadeira o trade rendeu a casa dos cerca de 15 Bilhões de dolares em 2007. Na calada da noite, enquanto o sistema financeiro estava a beira de um colapso um Hedge Fund Manager, até entao não tão famoso, fez 15 bi no seu fundo.

Se ainda não sabe de quem estou falando eu recomendo a leitura o livro de Gregory Zuckerman – THE GREATEST TRADE EVER.

O Livro é MUITO bem escrito e me deixou cativo até eu terminar. Devorei a leitura e recomendo se você é mais um que se interessa por gênios do mercado financeiro.

O livro também é excelente para entender o que realmente aconteceu na crise que quase evaporou o sistema financeiro mundial.

Falando no cara o nome dele, o cara que papou o trade, é John Paulson. Não vai confundir com o ex-secretario do tesouro Henry Paulson. Antes que me pergunte eles não tem nada a ver um com o outro. Nao são parentes.

Paulson levou pessoalmente estimada bolada de 4 Bilhões na jogada ou 10 Milhões por dia em 2007. Se dividir por 365. Talvez Michael Jordan, Tiger Woods e Ronaldinho combinados conseguem ganhar isso num ano

Enfim, a sacada do trade foi a seguinte.

Existem dois instrumentos no mercado que fez possível este magnifico trade.

CDO – Collateralized Debt Obligation

CDS – Credit Default Swap

Vou tentar explicar de uma forma didatica, assim como foi explicado no livro.

CDO é um pacotão de um monte de hipoteca (divida) que pode ser negociado no mercado financeiro e CDS é o seguro pra esse pacotão caso os devedores não paguem a divida.

O trade consistia na compra de CDSs dos CDOs. Assim, caso o mercado desse um calote nos CDO Paulson receberia o prêmio do seguro avaliado no valor da obrigação da dívida. Sem entrar em detalhes da história a grande sacada desde trade era a ABSURDA relação risco retorno.

Em proporções o preço dos CDS eram absurdamente baratos pela quantidade de CDO em divida que o  CDS estava cobrindo.

A grande sacada foi a seguinte. Se Paulson estivesse errado ele perderia alguns milhões de dólares. Algo na casa dos 100-200 milhões, not a big deal pra quem estava gerenciando alguns bilhões, mas caso estivesse correto, isto é, calote geral no mercado de CDO, OH BOY, ele faria os 15 bilhões.

Ele começou a jogada em 2006 e começou a montar posição comprando o máximo de CDS que pudesse e no começo ele perdia uma grana, mas foi paciente e esperou pro mercado entrar em pânico em 2007.  Nessa época que estava perdendo dinheiro havia uma festa no mercado na outra ponta vendendo CDS e o mercado de CDO era dinheiro barato no mercado. Enquanto todos faziam a festa Paulson comprava CDS a rodo.

Na época o mercado de CDS e CDO não estava muito forte e Paulson fez um bem bolado pra emitir o máximo e socou na outra ponta em clientes do Goldman Sachs, Deutsche Bank e outros. Isso deu até sabatina no Senado Americano.

Enfim se quiser saber mais detalhes sobre o trade recomendo a leitura do livro.

O que queria como lição aprendida é pra nós traders que o importante em trade é achar um sistema que tem baixo risco e alto retorno, seguindo a mesma ideia de Paulson.

Algo assim: se estiver errado o que perder não vai quebrar voce, mas se estiver certo vai fazer uma grana maior do que perderia. Isso Van Tharp chama de low risk ideia, ou positive expectancy system.

5 Comments

Filed under Biblioteca, Reflexão

Axiomas de Velaepavio

Este final de semana FINALMENTE li os Axiomas de Zurique de Max Gunther. Um livro interessante, mas ao meu ver um pouco perigoso, pois pode ser mal interpretado e levar investidores ao fracasso.

Concordo quase com todos axiomas. O único que não gostei foi o segundo, que alias discordo e acho o mais perigoso, pois vai de encontro com a minha principal regra de trade: LET THE PROFITS RUN.

Entretanto, Acho que os Axiomas de Zurique é muito feliz em dar ênfase em cortar as perdas rápido e concordo com todos estes pontos, mas peca na parte de deixar o lucro fluir. Pra mim isto não funciona, pois o método que uso é trend following. Concordo se for um método de mean reversion.

No geral acho que o livro está cheio de sabedoria e recomendo a leitura com cautela. Pode ser perigoso para n00bs.

Agora indo ao assunto do post: OS AXIOMAS de VELAEPAVIO, dou sequência a série de posts Vela’s Beliefs.

Segue minhas crenças sobre trading.

A maioria foi inspirada no The New Market Wizard the Jack Schwager, que pra mim é um modelo de operar com sucesso no mercado. Acredito  que se alguém quer ser bom em alguma coisa deve copiar quem esta sendo bem sucedido.

Disse isto no meu primeiro post que existe princípios fundamentais validos para qualquer tipo de trade não importa que estratégia seja usada e inclusive compartilhar este princípios foi um dos principais objetivos do blog.

Enfim segue a minha lista de crenças e princípios sobre trading.

1-      Ter um trading plan composto pelos seguintes elementos antes de colocar qualquer ordem no Mercado. E LOGICO o trading plan tem que ser seguido, principalemente o stop loss.

  1. Entrada
  2. Saida : Stop ou Profit
  3. Risk measure

2-      Cortar suas perdas rápido e deixar o lucro fluir. A COISA MAIS IMPORTANTE considerando que trade é um exercício psicológico e não técnico

3-      Aceitar completamente o risco envolvido em operar no mercado e entender que perder, e com frequência, faz parte do processo

4-      Saber exatamente qual sua motivação em operar no mercado

5-      Ter objetivos e metas claras em sua carreira como trader

6-      Operar com paixão como se não precisasse ser pago para operar.

7-      Ter um método de trading que ajuste a sua personalidade e estilo de vida

8-      Ter uma edge, que é uma metodologia que tem uma expectativa estatística positiva (lucrativa), que você acredita tanto que executa sem hesitar

9-      Sua edge deve ser desenvolvida e aprimorada por você mesmo através de um processo e trabalho árduo e a execução da estratégia deve ser natural e sem aplicação de esforço

10-   Operar consistentemente no mercado deve ser realizado em um estado de espírito pacifico e calmo devido a segurança que tem no seu método

11-   É completamente normal realizar prejuízo no mercado, entretanto os prejuízos devem ser mantidos os menores possíveis (cut your losses short)

12-   Gerenciamento de risco é crucial e mais importante que analise técnica

13-   Nunca arrisque mais que 1% do seu capital em um único trade

14-   Não arrisque mais do que 5% em todas suas apostas no mercado somadas

15-   Disciplina é fundamental e o processo de operar no mercado não pode nunca se tornar relaxado e complacente

16-   Sempre esteja alerto e atento a suas susceptibilidade de cometer erros.

17-   Você é 100% responsável pelos seus resultados, não importa se é lucro ou prejuízo

18-   Não compartilhe com os outros as posições que estão em aberto no momento

19-   Seja independente e não seja influenciado pela opinião de outros, lembre-se que você é o único responsável pela geração de suas idéias de trading

20-   Não seja influenciado pelo ruído das noticias, confie no seu sistema e na sua independência de tomar decisões. Se possível não assista ou leia o noticiário financeiro.

21-   Seja confiante e acredite no seu sistema e seu método desenvolvido por você

22-   Seja paciente, você não precisa sempre estar com uma posição aberta. Ficar em caixa é uma posição. Se o seu sistema disser não faça nada, não faça nada.

23-   Se o mercado mover muito rápido na sua direção, algo como 4X ATR + realize parcialmente os lucros.

24-   Aumente o tamanho da aposta quando estiver ganhando. Usando métodos de scale-in e diminua o tamanho de sua aposta quando estiver perdendo scale-out. Isto naturalmente é ajustado aplicando a regra de não arriscar mais do que 5% do capital.

25-   Não seja um herói, admita seus erros e permaneça humilde todos os dias de sua vida

26-   Foque em maximizar seus ganhos, não o numero de trades vencedores

27-   Não tenha um viés sobre o mercado como “sou Bull” ou “sou Bear” e nunca seja fiel a uma posição no mercado especialmente uma posição que esta perdendo

28-   Não tenha esperança que um trade perdedor vai se tornar num vencedor e lembre-se NUNCA FAÇA PREÇO MEDIO.

29-   Nunca viole as regras do seus sistema devido a isto te deixar mais confortável. Se seguir o seu sistema te deixa desconfortável, isto é um sinal que esta fazendo a coisa certa.

30-   Voce não conseguirá vencer se TEM que vencer. Esta pressão só vai levar você a fazer decisões estúpidas, mesmo que sua análise esteja correta

31-   Não arrisque dinheiro que não pode perder

32-   Pense duas vezes quando o mercado te coloca fora dos trilhos em um evento de um gap ou de um crash ou quando sua posição fica numa sinuca. Espere e pense, pois voce acabara saindo do buraco melhor do que pensaria quando a merda bateu no nentilador. Ficar nervoso não ajudará.

33-   Tenha uma mente aberta, principalmente para novas ideias. A mente é igual para quedas: só funciona quando está aberta

34-   O mercado não é um lugar para buscar adrenalina. Se quiser algo assim vai pular de para quedas.

35-   Preste atenção a sua intuição porque ela é experiência armazenada no seu subconsciente. De qualquer forma desafie e teste a intuição pra ver se faz sentido

36 – Não tenho uma opinião formada se os movimentos de preço são aleatórios ou não, mas uma coisa sei: Da pra ser consistentemente lucrativo no mercado

6 Comments

Filed under Psicologia de Trading, Reflexão, Vela's Beliefs

O que é um sistema de trade (trading system)?

Com certeza, como tudo nesta vida, tem diferentes opiniões a respeito de tudo.

Por exemplo como se define coisas como: o que é uma ação mico, o que é um corretor bom, o que é uma mulher pra casar?

Assim, meu objetivo neste post, então, é definir claramente o que eu considero um trading system.

Pra mim trading system é um conjunto de regras objetivas ou em outras palavras um algoritimo que vai me permitir testar se esta sistema eh lucrativo e vale a pena operar.

As regras do sistema se dividem em dois grande grupos de regras.

  • Regras de analise técnica
  • Regras de gerenciamento de risco

As regras de analise tecnica é o algoritmo que vai determinar quando comprar o ativo e quando vender  seja a venda um lucro ou um prejuizo.

Vou dar um exemplo das regras de analise técnica de um trading system para ficar mais clara.

POR FAVOR NAO TRADE ESTE SISTEMA POIS EH SOMENTE UM EXEMPLO.

Regras

  • O sistema so opera comprado
  • Regra de comprar: Caso a media movel dos ultimos 10 dias do preco de fechamento cruzar  a media movel do preco de fechamento dos ultimos 50 dias colocar uma ordem de compra a mercado no leilao de abertura do proximo dia.
  • Fixed Stop: Sempre quando um ativo for comprador colocar um stop loss em 3 vezes o ATR de 10 dias.
  • Regras de venda, o que acontecer primeiro das duas condicoes
    • Se o preco intraday atingir o valor de stop fixo
    • Se o preco intraday cruza o preco mais baixo nos ultimos 8 dias

Quando digo algoritimo tem que ser algo objetivo e que um computador possa testar estar regras.

O fato de ter regras claras ajuda quando o trader for testar se a ideia é lucrativa ou não. Caso no teste, ou o que chamam de backtest, a ideia for lucrative pode se considerer que o trader tem uma edge.

A outra parte do sistema que considero ainda mais importante que a primeira são as regras de gerenciamento de risco que é o que vai definir 0 quanto arriscar pro trade que por consequencia vai determinar o quanto comprar de cada ativo quando o sistema der um sinal

Um exemplo simples de regras de gerenciamento de risto para o sistema acima seria.

–          Ajustar a posicao do trade ou position size mantendo o risco maximo por trade em 1% do capital liquido

Assim, na minha opiniao, se voce satisfazer estes dois grupo de regras você tem um sistema de trade.

Uma vez que se tem estas regras ou algoritimos é possivel testar o sistema. Uma vez o sistema testado voce podera analisar os resultados do sistema e julgar se o sistema se adequa ao seu perfil em termos de

–          Lucratividade

–          Expectancy

–          Drawdown

Em outras palavras se voce estara confortavel em opera-lo.

9 Comments

Filed under Reflexão, Trading Plan

Mas que raio é Psicologia em Trading?

“Reality is merely an illusion, albeit a very persistent one” Albert Einstein

“Quando os dias forem bons, aproveite-os bem; mas quando forem ruins considere: Deus fez tanto um quanto o outro, para evitar que o homen descubra alguma coisa sobre o seu futuro” Eclesiastes 7:14


Pra mim psicologia é tão importante, não só em trade, mas tambem em tudo na vida. Tudo depende de como você encara a realidade e isto é um exercicio mental onde cada um é responsável por si mesmo.

Ao final deste post eu espero que voce tenha todas, ou pelo menos quase todas, as suas respostas sobre as perguntas sobre psicologia de trading que voce sempre quis saber, mas sempre teve vergonha ou nao soube o que perguntar exatamente.

Ja falei aqui no blog sobre a importância de psicologia, mas escrevi pouco, ou pelo menos nao na quantidade necessária, devida a importancia do assunto. Pra ser sincero, não tem muito o que escrever, mesmo que psicologia seja o fator mais importante. Talvez quase tudo estará neste post.

Acho que os traders em geral, pelo menos foi o meu caso, começam a realmente entender a importancia da psicologia depois de ter estudado muita analise tecnica,  ter desenvolvido e testado um sistema lucrativo e de saber o basico de gerenciamento de risco e tudo mais… mas quando chega a hora de operar de verdade ou voce amarela ou nao segue nenhuma regra e a indisciplina reina. Entao, voce acaba so fazendo cagada.

Em outras palavras, perdendo muito dinheiro devido a um monte de erros cometidos devido a psicologia ou comportamentos heuristicos.

Ai nao adianta ficar nervoso.

Exatamente neste hora que a ficha da IMPORTÂNCIA da psicologia comeca a cair.

Voce percebe que ser o REI da analise tecnica não quer dizer muita coisa.

Van Tharp, que é um psicologo PhD, fala que a psicologia é importante e fala um pouco de behavioral finance no seu livro, mas não foi no livro dele que tive o momento AHHAA sobre psicologia.

O livro de trade que recomendo como o MELHOR de psicologia de trade é o livro do Mark Douglas, Trading in the Zone. Esta no post que falei sobre minha biblioteca. Pra mim este é o segundo, senão o melhor livro de trade que ja li. E interessante que o livro não tem UM gráfico ou nenhuma figura: NADA.  Por incrivel que pareca a maioria dos traders quando vao comprar livro são igual criancas quando comprando livro, quanto mais figurinha melhor.

Mark Douglas, em seu livro, nao fala NADA de analise tecnica, sistemas, idicadores etc. Sao umas 200 paginas so de psicologia de trade. Recomendo muito a leitura.

Tem outro livro do mesmo autor, que tambem recomendo a leitura, que é o Disciplined Trader. É bom, mas o Trading in the Zone é melhor e mais facil de ler.

Agora que falei pra caramba do livro e recomendei vou dar uma melada, pois vou colocar um resumo do que acho que são os principais pontos do livro. Isso nao elimina a necessidade da leitura, mas vai um resumo do que acho que é importante.

Primeiro ele fala sobre 5 verdades sobre o mercado que pra mim se transformou em LEI e tenho isso no meu diário e frequentemente re-leio para não esquecer e relembrar. As leis são.

1-      Qualquer coisa pode acontece no mercado

2-      Você não precisa saber o que vai acontecer no futuro para fazer dinheiro no mercado

3-      Existe uma distribuição aleatória de trades vencedores e perdedores para qualquer combinação de indicadores que define uma EDGE

4-      Uma EDGE nada mais é do que a maior probabilidade de uma coisa (Lucro) acontecer em relacao a outra (Prejuizo)

5-      Todo momento no mercado é unico

Alem destas 5 verdades fundamentais tem a declaracão do trader consistente que eu considero um MANTRA DO TRADER LUCRATIVO. Acho que deveria repetir pra mim TODOS os dias se possível.

Pra mim, Esta declaração de PRINCIPIOS de CONSISTENCIA é o que faz um trader ser Disciplinado e evitar que ele cometa erros heuristicos ou em outras palavras que tome atalhos que o leve a cometer erros.

A declaracão tem 7 pontos:

1-      Eu OBJETIVAMENTE defino minha EDGE

2-      Eu SEMPRE predefino o RISCO a ser tomado em cada trade

3-      Eu completamente ACEITO o risco inerente no mercado e estou disposto a DEIXAR o trade trabalhar

4-      Eu sigo as regras do meu sistema sem hesitar

5-      Eu realizo lucro no mercado a medida que o dinheiro se faz disponível

6-      Eu CONTINUAMENTE MONITORO a minha susceptibilidade de cometer erros, i.e. nao seguir minhas regras

7-      Eu compreendo completamente a necessidade destes princípios de ser consistente no mercado e NUNCA vou VIOLA-LOS.

E para finaliza os erros “psicologicos” mais comuns cometidos pelos perdedores indisciplinados

  • Não ter nenhuma regra clara
  • Não seguir as regras, apesar de ter varias
  • Hesitar
  • Amarelar
  • Não predefinir o risco por trade (isto é não ter um STOP LOSS)
  • Se recusar a realizar prejuizo
  • Deixar um pequeno prejuizo virar um rombo
  • Sair de um trade vencedor muito cedo
  • Nao realizar NENHUM lucro de um trade vencedor
  • Deixar um vencedor virar um perdedor
  • Fazer preço médio em um trade perdedor
  • Mover um Stop contra o trade
  • Colocar uma posicao muito grande em relacao ao seu capital, em outras palavras: OVERTRADE.

Não sei para voce, mas este livro caiu como uma luva e tenho que concordar com ele 100% e isto é a minha Biblia de psicologia.

Espero que o post tenha respondido a maioria de suas duvidas e perguntas sobre o assunto. Se nao entendeu algum ponto me pergunte e é lógico, leia o livro senão vai ter que comprar uma cadeira nova.

8 Comments

Filed under Psicologia de Trading, Reflexão

Que mercado eu opero. CFD

Queria dedicar este post ao instrumento que atualmente uso para operar meus sistemas.

O instrumento se chama CFD (Contract for Difference).

CDF é um contrato de derivativo do estilo OTC (over the counter). Basicamente é um contrato entre duas partes, sendo uma delas na ponta da compra e outra na ponta da venda, ou seja uma pessoa ganha e outra perde.

O CFD espelha o mercado de qualquer ativo onde as duas partes estejam dispostas a fazer uma “aposta” do que vai acontecer no futuro.

No meu caso eu opero CFD de ações negociadas na ASX (Australian Stock Exchance).

Por exemplo, se quero operar a ação MICO4 COMPRADO, entao ao inves de comprar 100 acoes na bolsa da empresa MICO4 eu fecho um contrato com uma terceira parte onde se o preco de MICO4 subir o cara deposita dinheiro na minha conta e se preco cair eu deposito dinheiro na conta do sujeito.

Isso tudo ocorre “exatamente” como se eu tivesse comprando a acao no mercado a vista. Tudo é feito em tempo real e atraves de um provedor de CFD. Entenda o provedor como um broker que viabiliza a operacao, pois ele esta juntando as duas partes.

Existem 2 tipos de provedores de CFD.

Direct Acess: Sempre quando existe uma operacao de CFD o provedor de direct access market fisicamente compra/vende as acoes no mercado fazendo um hedge da operacao.

Market maker:  O provedor ou toma a outra ponta do risco ou acha um outro operador que esteja a fim de tomar a outra ponta.

No meu caso eu uso um provedor direct access market. Pelo menos eu durmo mais “tranquilo” sabendo que os caras estao comprando o ativo fisicamente.

Mas quais a vangagens de operar em CFD comparado com acao? Tem desvantagem?

Para isso, preparei uma tabelinha de comparação abaixo e vou comentar os pontos que acho mais relevante e porque eu uso CFD ao invest de acoes.

Dos fatores que mais me atraiu ao CFD foi a baixa corretagem comparado a acao, o que permite que com pouco capital eu possa implementar ou testar alguns sistemas com dinheiro real com uma posicao BEM PEQUENA (tipo $2000). Vejo nos grafico abaixo quanto uma posicao de $2000 precisaria trabalhar para ficar no break even, variando a corretagem de 8$ ate 36$.

Como pode ver no grafico com uma corretagem de 8$ ou 16$ uma volta completa (compra e venda) os $2000 so precisam “trabalhar” 0.8% pra ficar no break even,  enquanto que com uma corretagem de 20$ precisa de uma variacao de 2% pra ficar no zero a zero. Então, CFD é bom pra pica pau ou pra quem ta comecando e quer ter mais flexibilidade.

Com relacao a alavancagem o CFD me permite uma alavancagem de ate 20x em blueships, mas na maioria dos ativos que opero umas 10x. Nao que eu constantemente faca uso disto como um total do meu capital, mas permite que minha margem seja muito baixa quando opero.

So pra ilustrar. Vamos supor que compre 1540 acoes da MICO4 a 2$ isso me custaria no mercado a vista com 100% de margem 3080$, mas operando em CFD eu so preciso de positar algo mcomo $150 a $300 na conta pra controlar os $3080. Isso gracas a alavancagem. Entretanto pago juros sobre os $3080.

Escrevi um post onde expliquei alavancagem em Como Ficar Rico Honestamente.

Lembrando que a alavancagem pode trabalhar muito bem pra voce se a posicao move a favor, mas quando move contra faz com que o seu capital evapore se um gerenciamento de risco nao for feito apropriadamente.

Percebeu a parte da flexibilidade de se fazer position sizing no exemplo acima? Na Australia nao tem lote padrao e fracionario.  Basicamente o mercado é todo fracionario. Se quiser comprar uma acao beleza, mas so burro faz isto pois nem com corretagem de 8$ compensa.

Com relacao a entrar vendido aqui na Australia é bem complicado utilizando acoes, tem que ter um contrato com a corretora, eles tem que alugar a acao, uma dor de cabeca em CFD eles so te pedem o # do RG e um minimo deposito de 200$ na conta ai pode sair dirigindo a “Ferrari” no mesmo dia. Entao, como tenho sistemas que faz dinheiro vendido e é o que mais tem feito dinheiro ultimamente, eu nao poderia estar operando lucrativamente nos ultimos 6 meses.

Nem tudo sao rosas. Existe o risco do provedor quebrar e eu ficar a ver navios. Isso ja aconteceu na Australia e recentemente com um relativamente grande provedor de CFD.

A “vantagem” de comprar no a vista é que se uma corretora quebrar e voce tiver acoes que sao liquidadas por uma clearing house (bolsa) pelo meno voce tem os papeis de custodia que comprovam que voce é socio da empresa. CFD é dinheiro do nada. É apenas uma aposta entre duas partes sobre a variacao do preco de um ativo… voce nao tem nenhum direito heheh =-( bem vindo ao mundo dos derivativos…

So que como a alavancagem é absurda eu acho que vale a pena correr o risco, pois caso o provedor quebrar eu perco entre 5 a 10% do meu capital, que é o que fica depositado em margem. Fico atento em monitorar isto para manter meu risco em cheque caso isto aconteca. Tipo se a relacao ficar acima de 10% eu saco grana do provedor e se cair pra menos que 5% eu deposito mais.

Outra coisa “ruim” do CFD eh que se paga juros devido a alavancagem, mas se for so para operacoes de curto prazo vale a pena. No meu caso 98% dos meus trades sao de 1 a 21 dias, alguns poucos vao no MAXIMO ate uns 40 dias. Desta forma CFD vale a pena. Entretanto, nao aconselho a usar se seu objetivo eh comprar acao no longo prazo, pois é uma opcao cara devido a se pagar juros e nao ter diretos como oferta de novas acoes, conversao de dividendos em acoes, direto a voto e coisinhas assim.  O unico direito que o CFD emula é o pagamento de dividendos e lembrando que se voce esta vendido voce tem que pagar o dividendo pra quem esta comprado.

Resumindo se voce é um especulador pequeno que quer flexibilidade, como eu, CFD veio a calhar, mas se é um cara grande ou um investidor de longo prazo, entao, comprar a acao a vista no fisico é uma melhor opcao.

9 Comments

Filed under Jornada, Reflexão, Trading Plan