Livros que li em 2014 – Parte 1

Feliz 2015

Como sempre uso esta época do ano para compartilhar os livros que li durante o ano passado.

Leitura com certeza é uma das minhas atividades favoritas, pois leitura te abre a cabeça para novos mundos e novas possibilidades e sem falar que é a educação mais barata que existe.

Aqui vai a lista dos livros que li em 2015, não necessariamente na ordem de leitura ou de importância.

Jed McKeena Triologia: Spiritual Enlightenment: The Damnedest Thing (I), Spiritually Incorrect Enlightenment (II), Spiritual Warfare (III): Eu não li estes livros, mas ouvi devido a ser áudio. Acho que demoraria muito ler todos eles e não sei se teria a paciência de ler se não tivesse o áudio, uma vez que cada volume tem cerca de 400 paginas, que de passagem recomendo muito o áudio, pois muito bem gravado. Estes livros são muito profundos e sinceramente eu não recomendo para você a não ser que quer ter toda sua estrutura de crenças praticamente destruída, senão pelo menos profundamente questionadas. Praticamente a leitura da total “lavagem cerebral” e da um re-set no cérebro e tudo virar uma folha de papel branco. O que permite você escrever o que quiser. Dificil explicar, mas caso esteja completamente feliz com suas crenças e sua visão de mundo então NÃO leia, para não pirar o cabeção. Dito isto eu acho que o livro coloca uma visão bem prática e clara do que é “spiritual enlightment” e tipo mostra que muito gente entende isto errado e no final tragicamente a maioria que busca isto acaba morrendo nem chegando perto mesmo sem saber. Um outro livro que queria ler que o autor fala muito é Mobi Dick de Herman Melville que no segundo livro o o autor faz um paralelo e explica que o romance é uma alusão a busca espiritual do protagonista Capitan Ahab. Enfim o livro é controverso e polêmico para não falar perturbador, mas se quer saber quão profundo o buraco do coelho é, ou seja, a  verdade, então leia.

 Power of Now, Eckhard Tole: Foi uma releitura do livro que é um clássico da espiritualidade atual. Tinha lida há uns três anos e queria re-ler para pegar uns pontos de uma outra perspectiva. Achei que valeu a pena e o livro basicamente fala da questão de viver no presente o que ajuda muito a acalmar a mente e saber lidar bem com ansiedade e remorso e também a lidar com pensamentos e sentimentos.

 How I Made Over $1 Million Using The Law of Attraction, A.K. Santo: Este livro acabei lendo por recomendação de um amigo e da um bom resumo da questão da Law of Attraction que se fala tanto no filme/livro THE SECRET. O livro da um resumão geral de várias destas teorias de desenvolvimento pessoal e da experiencia pessoal do autor que teve uma carreira como corretor de ações e trading. É como um atalho que ele recomenda e direciona o leitor no que ele acha melhor nesta área. No fim ele acaba recomendando alguns 5 a 6 livros que ela acha essencial nesta área. Alguns que estará aqui na lista. Minha opinião pessoal sobre esta questão é que a Law of Attaction dá muita margem para má interpretação que só é necessário imaginar e pensar que as coisas caem no colo, pelo contrário, se pensar assim eu acredito que estará se iludindo totalmente. Acho importante a questão de sonhar, acreditar e ter uma visão, mas a parte mais importante e cada dia estou mais convencido é o comprometimento dos os objetivos e a AÇÃO sobretudo. Acho que o perigo é que muitas pessoas viciam neste tipo de livro e acabam ficando muito na teoria e pouco na prática e passam a vida sonhando e não implementando nada.

 Einstein, Walter Isaacson: A biografia de Albert Einstein escrita por Walter Isaacson, que considero outro gênio. Muito bem escrita e considero um dos melhores livros do ano a não ser a biografia do Benjamin Franklin, escrita pelo mesmo autor. O livro vai profundo na vida de Einstein e para mim foi bom para acabar com muitos mitos que tem sobre Einstein. Pelo menos tinha. Por exemplo que ele era ruim e matemática e reprovou na escola. Muito pelo contrário ele era muito bom aluno em toda vida e basicamente teve uma vida toda acadêmica dedicada a física  matemática. Fazendo jus a esta teoria ele realmente teve alguns tópicos de matemática que teve ajuda de um amigo que o ajudou no seu curso universitário. Outra coisa interessante é que quando ganhou o premio nobel não foi devido a descoberta da teoria da relatividade, mas descobertas da lei do efeito da fotoelétrica. Sei lá o que é isto. Fala muito de suas amizades e de sua vida familiar. De sua primeira esposa problemática que ate hoje me pergunto porque casou com ela. Ela era colega do curso de mestrado que acabou não se formando por não conseguir passar na prova. Ele teve dois filhos, sendo um dos dois esquizofrênico e um normal que virou engenheiro, a profissão que o pai de Einstein queria que seguisse, que foi um empreendedor mal sucedido que não teve muita sorte. No final se separou e casou com a prima Elsa, mudou-se para os EUA com ela e la morreu em 1955 como pesquisador de Princeton. Interessante os encontros nas convenções de Solvay e as discussões com Max Planck e Niels Bohr.

 The Success Principles, Jack Canfield: Sem muitos comentários. Um livro clássico da auto ajuda. Do autor do livro Chicken Soup to my Soul. Achei o livro prático e recomendo se é um rato da auto ajuda. Li mais para carimbar na minha lista. Ainda não li o Chicken Soup, que quero ler este ano.

No more dreaded Mondays, Dan Miller: Livro muito bom e autor excelente. Se tem interesse em se tornar empreendedor recomendo muito. Trata muito da questão do medo que as pessoas tem em achar que ser empreendedor é arriscado, mas segundo o autor é justamente o contrário, pois é muito menos arriscado diversificar como empreendedor com uma variedade de cliente que não vão te demitir de uma vez. Entretanto, como empregado, o empregado é o seu único cliente e uma vez que for demitido não tem mais cliente.

 The Power of Your Subconscious Mind, Joseph Murphy: Mais um clássico da auto ajuda que fala do poder do nosso sub consciente que segundo o autor é muito eficiente. A técnica principal do livro são afirmações positivas feitas principalmente antes de dormir e mentalizar palavras. Mais uma vez acho que este livro cai muito na linha dos da  Law of Attaction. Interessante ao ponto que coloca em prática. Acredito no poder do sub consciente desde que quando ele fala com você ele é obedecido com ação prática.

Creative Visualization, Shakti Gawain‎: Idem acima

 Ask and It Is Given: Learning to Manifest Your Desires, Esther Hicks: Idem acima. Outra forma de dizer a mesma coisa. A teoria principal que vem muito do livro Think and Grow Rich do Napoleon Hill que você no final acaba sendo o que você pensa. Então, se é obsecado por algo tudo acaba conspirando a seu favor. Se é uma pessoa preponderamente positiva então vai atrais coisas positivas e saberá lidar muito melhor quando algo ruim acontece com você, por exemplo.

48 days to the work you love, Dan Miller: Este livro recomendado para fazer uma verdadeira analise e busca interna para redirecionar sua carreira e o que quer da vida. Para mim foi bem interessante que me levou ao caminho que estou buscando agora de atuar como consultor financeiro de investimentos (Financial Planner). Um dos fatores que não permitiu que lesse muito este ano devido a estar estudando para a retirada da minha certificação como Financial Advisor.

Meet and Grow Rich, Joe Vitale: Os livros de Napoleon Hill falam muito de mastermind e de sua importancia, mas nunca entra em detalhes como que funciona, os formatos e o modus operandi com exemplos. Este livro faz exatamente isto.

How to Get Control of Your Time and Your Life, Alan Lakien:  Bastante senso comum, nada muito inovador. Ficou a desejar. Outros livros que li este ano na mesma linha recemendo mais. Direi mais pra frente. E outros livros como GTD do David Allen.

The Six Pillars of Self-Esteem, Nathaniel Branden: Com certeza um dos melhores livros que já li este ano, senão na vida. Muito pé no chão, clássico, sincero e sobretudo prático. Ano passado inclusive escrevi um post especial com um resumo do livro.

E2, Pam Grout: Idem. Law of attraction. Bem controverso. Mistura com física quântica e Law or Attraction. Interessante. Como disse se gosta recomendo, mas não fica só no sonho. Coloca o negócio em prática.

Aguarde os próximos posts.

Ao todo foram 42 livros este ano. Cerca de 11,000 paginas ou cerca de 3,800,000 palavras e aproximadamente 260 horas de leitura.

Como isto é possível? Consistência. Leio todos os dias de 30 min a 1 hora. Quero aumentar minha velocidade e tempo de leitura e chegar a ler 100 livros por ano.

2 Comments

Filed under Biblioteca

2 Responses to Livros que li em 2014 – Parte 1

Leave a Reply