Tag Archives: Candlestick

Guia Completo de Backtest segunda edição

PLATINUM

É com muito orgulho que lanço a segunda edição do Guia completo de Backtest.

 Uma revisão completa do estilo de português feita com o auxílio do meu amigo e trader Thomaz Senna, ficando ainda mais clara a linguagem. Moro na Austrália já há mais de sete anos e com minha leitura toda em inglês preciso de alguém para adaptar a linguagem para o português de mercado atual.

Ele também escreveu uma apresentação para o livro que eu vou publicar aqui como um blog post convidado, abaixo.

Para saber sobre o lançamento aqui vai o link para a nova pagina de vendas e analise os pacotes especiais que preparei para quem ainda não comprou.

Inclui novidades como o código do sistema que testei no Amibroker e a planilha de gerenciamento de risco.

Sem mais aqui vai a apresentação da segunda edição do Guia Completo de Backtest.

 

É natural falar em bolsa de valores e logo pensar em muito dinheiro e em ficar milionário, só que não é comum ficar milionário da noite para o dia operando na bolsa, é possível sim prosperar, e prosperar é um processo cuidadoso, que requer disciplina e tempo. Os profissionais que operam ações e derivativos entendem que esse é apenas um ofício, não um bilhete de loteria, mas é muito comum aqui no Brasil as pessoas “investirem em ações” esperando um retorno de grandes quantias, e raramente pensam na hipótese das ações irem no sentido contrário do seu investimento. Normalmente investimos em algo a longo prazo que tem grandes chances de aumentar de valor, tradicionalmente imóveis são bons investimentos de longo prazo, pois não é comum ver oscilações que reduzem o preço de um imóvel a 50% do seu valor e depois elevam apenas 10% e assim permanecem por um longo período; já as ações tem esse comportamento com muita frequência, entre períodos de semanas até poucos meses, oscilando até mais da metade do seu valor em determinado instante. Esse é apenas um dos diversos argumentos que demonstram os motivos de não se investir em ações a longo prazo sem uma gestão de risco e regras de quando se deve entrar e sair do mercado, pois assim como suas ações podem subir 80% elas podem descer 90%, com as mesmas chances, e com muita rapidez. Por isso, operar ações é uma opção mais lúcida, porém requer muito estudo e disciplina, já que não existe ninguém que vá te impedir de montar um trade absurdo, como comprar no topo de uma forte alta com vários indícios técnicos de que esse ativo deve começar a se desvalorizar.

Conheci o Pedro, ou melhor, o “Vela” fazendo buscas no google sobre psicologia de trader e gestão financeira, entre outros assuntos de traders bastante negligenciados pela maioria dos brasileiros. Vi no seu blog uma oportunidade de aprimorar os meus conhecimentos sobre essa profissão tão complexa que é ser trader. Como não temos aqui no Brasil muitos livros sérios sobre o assunto, me senti muito feliz quando tomei conhecimento de livros excelentes de autores “gringos” através do blog do “Vela”, além de formidáveis posts que me pouparam horas de leitura de alguns livros, outros posts me fizeram querer devorar certos livros. Uma vez li em um livro sobre trading que um bom autor de livro sempre coloca a bibliografia usada para criar o seu próprio livro, isso porque ninguém consegue formular uma ideia totalmente sua, sem aproveitar nenhuma ideia de terceiros, e aqui nesse e-book tivemos no final dele a recomendação de alguns dos principais livros que fizeram do Vela quem ele é hoje.  Quando ele me falou por e-mail que ia lançar um e-book queria ter o prazer de comprá-lo, hoje tive o prazer e a confiança de revisar o seu e-book, afinal quem acompanha o blog do Vela sabe que ele mora na Austrália a muitos anos e já leu os melhores livros sobre trading além de participar de palestras de autores geniais. Nesse e-book o “Vela” conseguiu sintetizar de forma muito prática seus principais conhecimentos sobre um trade system, longe daquela ideia de seguir regras sugeridas por outros sem qualquer teste robusto que atesta qualquer confiabilidade matemática ao sistema. Os traders profissionais não usam de achismo, ou porque hoje choveu ou fez sol, usam de psicologia para se controlar, gestão financeira para controlar seu dinheiro e um bom trade system para colocar em prática a única coisa que é possível de se controlar no mercado: VOCÊ PRÓPRIO.

 

Thomaz S. Senna

 

12 Comments

Filed under Biblioteca, Psicologia de Trading, Trading Plan, Vela's Beliefs

Ouro vai bater 5,000 USD a onca troy?

There have been three great inventions since the beginning of time: fire, the wheel and central banking” Will Rogers

A minha resposta curta para a pergunta acima é sim. Um dia vai, entretanto, se quer saber quando ai é outra coisa. Muito mais difícil de responder exatamente. Pode ser este ano ou pode ser daqui 5 ou ate 10 anos ou mais. Mas não quero dar uma resposta boba para a pergunta, mas me aventurar numa analise sobre o preço do ouro e onde acho que o preço pode ir nos próximos anos e porque.

A primeira coisa importante a se considerar na pergunta é que o valor do ouro, como qualquer commoditie no mundo, é cotada em USD (Dolares Americanos). Isto porque o dólar Americano é a moeda de reserva mundial. O Dolar Americano ganhou este status desde meados do século passado quando a libra esterlina perdeu a importância para o dolar devido a  “queda do Império Britanico” e a “ascenção do Imperio Americano”.

Um dos motivos disto é que o dolar americado passou a ser mais confiável, liquido e os EUA tinham a maior reserva de ouro do mundo e sua economia não sofreu muito com a primeira Guerra, como o Reino Unido. As datas da transição dos impérios ficam em algo em torno do final da primeira Guerra e o final da segunda Guerra. Difícil dizer a data onde houve a transiçao de um imperio, ou dominacao, de um pais para o outro.

Hoje especula a transicao para um Imperio Chines… dizem que está ocorrendo enquanto fala, mas assunto para outro post.

Acho bem importante entender um pouco de historia para avaliar a pergunta colocada acima e tentar fazer algum senso se vale a pena especular em ouro, e o que deve-se estar atento para.

O ouro, como uma commoditie, é classificado na categoria de metais preciosos e tem o status como reserva de valor por vários séculos. Diria que há mais de 4000 anos. Em outras palavras ouro = dinheiro. Não somente é usado como jóia.

O sistema monetário estabelecido em Bretton Woods, comentado no ultimo post sobre o Keynes, estabeleceu o ouro como o padrão monetário internacional, ou seja, e o dolar americano firma seu status como moeda mundial de reserva e o dinheiro emitido pelos bancos centrais passariam a ser lastreados por ouro físico, ou seja, a base monetária só poderia expandir-se caso a reserva de ouro for aumentada. Isto é interessante, pois acaba limitando a expansão da base monetária, pois a capacidade de se extrair ouro da natureza é limitada. Neste sistema os bancos centrais garantem o lastro de dinheiro pelo ouro e assim que o possuidor do papel moeda quiser podem requerer o seu peso em ouro.

Isso funcionou legal até o pessoal ficar “ganancioso” e isto foi em 1971 quando o presidente R. Nixon extinguiu o padrão ouro estabelecido em Bretton Woods. Dizem as mas línguas que foi o presidente francês C. De Gaulle que pediu que todo o dolar americano em reserve na Franca fosse trocado por ouro. Nixon bateu um papinho com os auditores do Fort Knox e WHOOPS…. não tinha ouro suficiente… e por decreto acabou o lastro de ouro. Adivinha o que aconteceu com o preco do ouro?

Antes de contar isto vale destacar o ponto que apartir dai dinheiro ficou totalmente baseado pela FÉ.  Ja expliquei isto no post: O que é dinheiro, inflação e deflação. Desde então o Dinheiro = Divida. Qualquer pessoa pode imprimir dinheiro. Inclusive voce que esta ai lendo este post. Va ao banco pedir um emprestimo. Pirim pim pim dinheiro acaba de ser impresso e a validade dele esta baseado no banco ter FE que voce pagara o dinheiro de volta, com juros lógico.

Assim que funciona o sistema de moeda chamado fiat. Não é o carro italiano fabricado em TURIN :-).

Interessante que deste que Nixon ficou emburrado com De Gaulle o preço do ouro ficou bem volátil em relação ao dolar Americano, como pode ver no gráfico abaixo. Vejo o que aconteceu em 1971. Em 1971 a inflação saiu do controle tambem e permaneceu bem volatil ate a decada de 1980 quando foi domada. E isso falo mais na frente.

Em 1971 com o fim do padrão ouro ficou mais facil imprimir dinheiro e praticar a senhorinhagem. Que são as mesmas coisa. Basicamente em alguns periodos quando o banco central Americano imprimiu muito dinheiro a inflação aumentou, ou o poder de compra do dolar diminuiu. Consequentemente o preco do ouro refletiu a desvalorizacao do dolar em relaçao ao ouro, pois neste periodo a quantidade de dinheiro em relacao ao ouro aumentou em uma velocidade maior que a oferta de ouro. Não so foi esta a causa, mas diria que uma delas.

Isto persistiu nos anos 70 onde se viu gangorra no preco do ouro em relação ao dolar Americano. Em 1971 estava fixo em 35 dolares e em 1973 estava 100, (+185%) depois foi pra 200 em 74 (DOBROU depois de subir 185%!). Hora de entrar? Não, pois voltou pra 100 em 1977 (-50%). Hora de vender? Não, pois voltou pra 200 em 1978 (+100%). Realizar lucro agora? NÃO !!! Foi pra cerca de 850 como numa linha reta em Janeiro de 1980. (+325%)

e depois voltou pra 480 em Marco de 1980 e mais uma subida pra 780 em Setembro de 1980 e depois se estabilizou nos proximos 20 anos entre 300 e 400 dolares até as coisas mudarem em 2003-04.

Antes que avance no post veja como é dificil especular com ouro no longo prazo, ou com qualquer ativo. A variacao de preço não variam em uma linha reta. Antes de atingir os 850 ele chegou a dobrar e cair 50% algumas vezes. Coisa de AGUENTA CORACAO. Tambem quando atingiu o topo ficou poucos dias lá e ai despencou 50% em 2 meses e demorou 25 anos pra recuperar o dinheiro. Só por ai eu ja acho que deve se ter cautela em especular em ouro no momento, pois o que está acontecendo agora tem certa semelhanca com o que ocorreu no final dos anos 70.

Voltando agora a historia. O que aconteceu em 1981 que fez o preco do outro despencar? Os anos 70 não foram faceis e a inflação estava galopante, principalmente por dois choques de petroleo, problemas com safras agricolas, guerras no oriente medio o que deixou o mundo meio louco e em crise. Mais ou menos o que está acontecendo agora. E neste processo os paises imprimiram muito dinheiro, mas chegou um cara no Banco Central Americano (FED), em Agosto de 1979, chamado Paul Volker, que deu um BASTA e estava decidido a colocar ordem na casa e a inflacao galopante estava em dois digitos nos EUA. Em torno de 14% (Gráfico acima). Ai ele causou uma tremenda recessao nos EUA. Aquela que o filme: Pursuit of Happines, com o Will Smith, mostra bem. A medida que ele domou a inflacao na porrada, aumentando os juros para 17%, ele estabilizou a economia que voltou a crescer nos anos 80 nos EUA. A partir de 1982-83.

Por um bom tempo o preco do ouro ficou baixo, pois a inflacao ficou domada la nos cerca de 2-4% por 20 anos. Além de austeridade de Volker, a época foi marcada pela abundancia de petróleo, commodities agricolas o que permitiu a bolsa nos EUA muitiplicar por 14x de 1982 a 2001. Este periodo marcou por tremendo ganhos de produtivide com a massificação do computador, a ascençãao da industria de informatica e a internet.  Historiadores econômicos chamam as decadas de 1980 e 1990 de The Great Moderation que permitiu crescimento economico com baixa inflacao, credito abundante, recursos abundantes e sem grandes conflitos mundiais. Em periodos assim o preço do ouro ficou baixo, pois ele tambem eh uma medicao de MEDO. Quanto mais interteza, medo de inflacao, Guerra e etc. O ouro subiu. Assim como foi nos 70 e mais recentemente desde 2003.

Lancado este pano de fundo ai fica a questão. Pra onde vai o ouro de onde esta no momento? O que pode fazer ele disparar pra 2000 ou 5000 USD ou despenca-lo pra 1000 ou 500 USD dos seus atual nivel de 1400 USD? Minha opiniao em linhas gerais é a seguinte de acordo com os possiveis cenarios.

Se o cenario de inflaçao desandar, que acho o menos provável, como ja discuti isto em posts como: Debate Inflação/Deflação, ouro pode facil ir para o nivel de 2500, o que é equivalente ao nivel de 1981 se descontarmos a inflacao no periodo de (182%). Ou pode ir ate mais pra cima, dependendo de quanto o FED imprimir de dinheiro em mais QEs e também do pânico que o mundo pode entrar em relacao a aceleracao da inflação. Entretanto, quando chegar neste ponto: OURO ACIMA DE 2500 eu vejo que os juros vao ter que subir forte se não quiserem que o sistema de reserva mundial em dolar tenha um total colapso. Acho muito improvavel no horizonte próximo, mas não impossível se a palhaçada continuar com os QE (quantitative easing)

Parentese: Acho MUITO dificil o dolar Americano perder o status de reserve mundial, pois nao temos outro substituto, pelo menos no curto prazo. Mas isto é assunto para outro post.

Então, quando os juros subirem pra combater a inflação que o Ben Bernanke quer tanto provocar o preço do ouro volta RAPIDINHO pra baixo de 1000, Facil. Ai teremos um DEJAVU de 1981.

Por outro lado, o que acho mais provavel de ocorrer, devido a situacao da divida no mundo, que é grande, se qualquer aquecimento economico ou qualquer sinal de inflação, sera moderado pelo aumento na taxa de juros no mercado de bonds, que vai moderar a economia e assim que o ciclo economico de alta voltar puxando tudo pra baixo como em 2008. E a medida que austeridade voltar e o deleveraging e a divida diminuir o preco do ouro vai cair e ameaca de subir somente ocorre se a inflacao galopante ocorrer, como explicado acima, mas ate la tem muito pano pra manga. Eu acho que no minimo 2012-13 ate isto ocorrer, se ocorrer.

Enquanto, isto acompanhe estar variaveis, principalmente o mercado de bonds como foi explicado no post: O que o mercado de bonds esta dizendo. Por isso, acho que investimento em ouro deve ser feito com muita cautela, principalmente em momentos que o preço se encontra em extremos.

Os gold bugs, que são eternos bulls no mercado de ouro, e que sempre acham que o sistema financeiro esta em eminente colapso e que o sistema fiat esta fadado ao fracasso, acham que todos devem comprar ouro e na forma fisica.

Não é uma ma ideia que deve ser feita com cautela e vou explicar porque. Eu pessoalmente sou da ideia que ALGUMA parte de seu patrimonio deve esta em ouro fisico. Algo entre 5% e 10% nao mais do que isto. Eu particularmente não tenho NADA, porque o meu patrimônio é pequeno e não justifica ter poucas moedas de ouro em casa pra representar os 5-10%. 🙂

Sobre a ideia de ter 5 a 10% em ouro eu vejo isto como um SEGURO, pois caso se alguma catastrofe aconteca e voce perca seu capital por inflacao ou uma cagada no mercado  voce tem 5 a 10% do seu patrimonio pare recomecar quando a poeira baixar. Mas esta proporção deve ser monitorada e rebalanceada se o preco do ouro variar. Ou seja, se cair compra mais e se subir vende pra manter esta relação.

Dito isto, eu tenho pena das pessoas que comprarão ouro fisico no topo em quantidades mais de 50% da carteira. E tem gente fazendo isto. Tipo colocando TODAS suas economias em ouro. Se entrarem em pânico caso a inflacao suba muito.

Caso isto ocorrer, quando o ouro despencar rapido, e isso sera inevitavel, vai ser dificil vender, pois o fisico é bem iliquido e dificil de vender, muito mais do que comprar. Principalemente num caso de panico desinflacionario quando os juros subirem rapido. Lembre que em 1979-80 ouro subiu como um foguete ficou dias no topo e despencou como um foguete ajudado pela forca da gravidade e demorou 25+ pra recuperar. Estes são momentos de histeria no mercado e comprar em histeria é o momento quando a bolha estoura.

Tipo quando a sua vó e o garçom comprarem ouro já sabe o que tem que fazer? VENDE.

Eu particularmente prefiro ficar fora de ouro, principalmente fisico, a nao ser nos termos explicados acima (5-10%).  No caso quem ja tem ouro e ele subir forte e tiver 5%-10% voce realiza o lucro RAPIDO se der uma disparada acima de 2500 ou faz um hedge vendendo no futuro caso isto ocorrer. O ideial pra quem não tem nada agora e esperar despencar pra comprar no fundo do poco os 5% a 10%.

No comeco dos anos 2000 quem manteve a regrinha de 5-10% vem realizando lucro a 10 anos sem excecao. Veja a tendencia de alta absurda que ouro teve, ou esta tendo, de 2002 a 2010.

Do ponto de vista de trading, caso uma bolha ocorrer vou procurar oportunidades pra entrar short em futuros quando houver uma histeria no mercado. Ate entao prefiro ficar olhando. Eu acho que esta numa bolha, mas ainda não estourou. Na minha opinião. Somente um cara como Paul Volker pode estourar a bolha.

Até o George Soros acha que ouro esta numa ULTIMATE BUBLE.

Pra finalizar outro ponto que me faz ficar na plateia é que o meu pequeno patrimonio esta todo em dolares Australianos e como +/-30% da proução de ouro vem da Australia, quando o ouro sobe o dollar Australiano sobe em relação ao dolar americano e vice e versa.

Entao devo estar preocupado se o preco do ouro CAIR e nao subir, por isso, que estou esperando oportunidades par air Short e nao long, mas não quero fazer isto se oura está numa up trend.

Diferente pra quem esta nos EUA ou possui dolar Americano na carteira. Veja no grafico abaixo a comparacao do preco do ouro em USD e AUD. Em AUD esta de lado desde 2009.

Alguma opiniao? Alguem que pensa diferente?

6 Comments

Filed under Fundamentos, Reflexão, The Big Picture

Obrigado 5000

A quase dois anos eu venho estudado incansavelmente sobre o assunto trading, eu estudo ainda, e nesta busca pelo conhecimento e o que fazia sentido, aprendi coisas que nunca tinha percebido, mesmo tendo vivido neste mundo algumas décadas e digo que tive vários momentos de ahas!! nos últimos dois anos lendo vários livros, web sites, fóruns, blogs e etc.

Então, pensei em começar este blog como uma forma de retribuir um pouco o que aprendi com muitas pessoas, mas além de compartilhar meu conhecimento estava também pensando em estruturar meu pensamento e ajudar a si próprio. No final eu acabei sendo o maior beneficiário do blog.

O motivo do blog não foi pra ganhar dinheiro tendo o blog como um meio, mas via como uma  forma de melhorar o meu próprio trade e reforçar as coisas que acredito sobre trading.

Queria aproveitar a ocasião que o blog atinge 5000 page views, o que é muito pouco pra dizer que é um blog bem sucedido, embora ache algo significativo comparado com minhas expectativas iniciais que alias não tinha nenhuma. Então queria para fazer uma pausa de agradecimento aos responsáveis por estas 5000 page views.

Acho que os responsáveis são:

– O Hugo Teixeira do Senhor Mercado, que aliás tem um blog EXCELENTE. Lembro que já tinha começado o blog há umas 3 semanas e estava procurando um blog em português que estava falando de coisas que queria falar como trade systems, gerenciamento de risco e as coisas que acho importante nos livros que li sobre como operar no mercado. Confesso que muito trafego que vem aqui pro Velaepavio vem lá do Forum Senhor Mercado que aliás tento ser bem presente lá, mas ultimamente anda meio parado. O pessoal anda ocupado… até mesmo o Hugo deu uma sumida.

– Pessoal do infomoney que colocou o meu blog no blog roll da comunidade. O que acaba trazendo um certo trafego aqui pro blog. Costumava ser melhor, mas foi bem importante no começo.

– Todos os leitores assíduos do blog que de vez em quando fazem comentário que acho que são muito importantes pra dar feed-back. Isso significa que as pessoas não somente clicam no meu site por estar atrás de assuntos de trading e trading system, mas elas lêem os posts e comentam. Valeu galera!!

E é lógico todos os responsáveis que me inspiraram e me direcionaram pra onde estou hoje.

Acho que a primeira semente que foi lançada foi uma video aula que assisti no Informed Traders do David Waring. Se quiser ver o video onde tudo começou veja aqui. Isso foi há menos de dois anos atrás onde não sabia o que era candle stick (vela e pavio). Alias sabia, mas achava baboseira, pois era um cara puramente fundamentalista.

Neste curso de análise técnica que o David W. falou de um cara chamado Van Tharp e o livro Trade Your Way to Financial Freedoom.

Nesta mesma busca eu encontei o David Jenyns que me ajudou na parte de trading no começo. Explicando a parte de position size, risk management e etc.

Assim por diante os principais autores que gostaria de agradecer aqui: Van Tharp, Jack Schwager e Michael Covel.

E os traders que me inspiram e que sou fã:

Jesse Livermore, Gerald Loeb, Nicholas Darvas, Chuck LeBeau, Richard Dennis, Willian Eckard, Curtis Faith, Marty Schwartz (minha entrevista preferida no Market Wizard), Ed Seykota e Paul Tudor Jones.

Acho que estes são os que me marcaram mais e consigo lembrar de cabeça.

Acho que o blog tem bastante conteúdo e tudo que sei sobre trade eu escrevi aqui, pelo menos as coisas mais relevantes que acho importante que todos precisam saber. Não o que escreva seja a verdade absoluta sobre trade, pois não acho que alguma exista, mas existe a que tem a ver com suas crenças. E este blog está cheia delas.

Gostaria de escrever mais, mas acho que preciso no momento focar em outras coisas para o meu desenvolvimento pessoal como trader, além de escrever, que toma tempo. Vou me disciplinar mais em seguir a minha rotina para ser mais bem sucedido em trading, pois ainda tenho que ter meu trabalho diário tempo integral para trazer a minha renda, mas meu objetivo é ser trader full time. Sei que se focar mais no meu desenvolvimento pessoal e na minha psicologia eu vou atingir o objetivo mais rápido então terei mais tempo de escrever, que é algo que gosto de fazer.

Então espere eu dar uma sumida do blog, pois vou concentrar mais no meu desenvolvimento e nas pesquisas que ando fazendo no momento.

Também mês que vem meu primeiro filho vai nascer e vou estar bem ocupado e isto com certeza tomará o meu tempo.

Enfim, MUITO OBRIGADO a todos/todas e também a VOCE que está lendo este post neste exato momento. Acho que a gratidão é uma virtude e que gosto de cultiva-la e sei que ela acaba voltando em dobro.

16 Comments

Filed under Jornada, Reflexão

Angulo da media movel e trend following

Ja comentei de trend following aqui no blog e com certeza é minha estrategia preferida.

Esta  estrategia é utilizada pelos “melhores” traders … err, ou pelo menos meus preferidos, do livro Marke Wizards. Tambem é a estrategia onde a maxima “cut your loss short and let your profits run” faz todo sendo.

O reves desta estrategia é que ela tem relativamente um baixo indice de acerto. Geralmente algo em torno de 30% a 40% e dependendo de suas regras de money management pode te dar drawdowns fortes. Porem, utilizando esta estrategia vale a verdade da NAO necessidade de estar certo a maior parte do tempo pra ser lucrativo no mercado.

Tambem Trend Following é uma estrategia que exige paciencia, pois o mercado somente esta em tendencia 35-40% do tempo. Pelo menos na minha definicao do que é uma tendencia e isso varia de acordo com o metodo de cada um. POr exemplo, segundo minha pesquisa e minha definicao de tendencia o XJO, indice das 200 maiores empresas da ASX (bolsa australiana) nos ultimos 15 anos esteve 59% do tempo de lado, 27% bull e 14% bear. Mas isto é assunto para um outro post.

Agora se voce esta acompanhando o blog e ja leu sobre trend following deve estar ou ja se perguntou como que esta estrategia funciona nos detalhes????

Então, vou compartilhar com voce alguns dos meus “segredos” de como operar.

Na verdade nao tem nenhum segredo. So estou colocando aqui no blog uma informacao publica que algumas pessoas acreditam e fazem dinheiro delas, outras nao acreditam e ignoram e outras simplesmente nao sabem.

Basicamente trend following funciona assim passo a passo.

1-      Voce idenfifica uma tendencia

2-      Voce entra na direcao da tendencia

3-      Voce continua na direcao da tendencia ate ela parar ou mudar de direcao

Simples assim? SIM.

Nem tanto, pois sao conceitos vagos ate aqui. Como que matematicamente e objetivamente eu define os passos 1, 2 e 3.

Neste post vou me dedicar ao passo 1 de como identificar tendencias?

Existem zilhoes de metodologias, mas vou dedicar este post a uma metodologia de identificar tendencias no mercado de acao. Lembre que a pesquisa que fiz funciona para o mercado Australiano. Eu nao fiz a pesquisa com os dados das acoes da BOVESPA.

Enfim, um dos principais gates, ou criterios, do meu sistema que uso é o angulo da media movel.

Em outras palavras:  É a medida da inclinacao da media movel.

A formula eh a sequinte.

((Media Movel(hoje) (nperiodos)) – ( Media Movel(nperiodo atras) (nperiodos))) / ATR (nperiodos)

Traduzindo para o portugues. O valor da media movel dos ultimos xdias de hoje, ou period zero,   menos a media movel dos ultimos xdias olhando xdias atras dividido pelo average true range dos ultimos xdias.

Complicado? Talvez pareca a primeira vista, entao vou tentar explicar passo a passo com um exemplo ficticio.

Vou quebrar em partes.

Exemplo de uma acao XYZ4.

Media movel de 200 periodos hoje (24/09/2010) = 50

Media movel de 200 periodos a 50 peridos atras (20/07/2010)= 30

ATR medio de 200 periodos= 2

Resultado= (50-30)/2 = 10

Em outras palavras posso dizer que esta acao subiu 10X o ATR medio nos ultimos 50 periodos. Isso é um forte indicative que a acao esta em uma tendencia de alta.

Quando o resultado for um numero negativo a interpretacao sera contraria, ou seja, uma tendencia de baixa.

Quando mais positivo for o numero mais subindo a acao esta e quanto mais negativo o numero mais caindo a acao esta. Desta forma que isto me ajuda a fazer um filtro de selecao das acoes para comprar e vender.

Por exemplo veja o grafico da acao Australiana das 200 maiores que tem a maior inclinacao de angulo de media movel do momento = 3.8

Veja a inclinacao da acao que tem o nenor angulo de media movel

Essa tecnica ajuda a colocar na minha “watch list” dos sistemas de trend following que tenho. As acoes que tem angulos bem positives ou negatives sao as candidatas a operacao. Assim identifico quem esta fortes (para entrar comprador) ou as fraco (para entrar vendido). O mercado tem estado bem de lado nos ultimos 12 meses, mas surgiram boas oportunidades de ganhar na ponta da venda, principalmente.

Agora mesmo com este indicador, que acho bom pra caramba, o sistema so acerta 30 a 40% das vezes. Na maioria das vezes eu tomo porrada do mercado, mas o que me mantem vivo no jogo sao minhas regras de money management e position size. Em sistemas de trend following o mais importante nao é a entrada mas a saida. Tipo uma vez perguntaram para o Ed Seikota: “Quando eu identifico que uma ação esta em tendencia, quando que eu entro?”. A resposta foi:”Como assim? quando voce entra? Eu que me pergunto porque voce JA nao esta na tendencia”.

O cara é um pouco irreverente, mas quis usar sua citacao para enfatizar que a entrada nao é tao importante quanto a saida em um sistema de trend following.

Dai a importancia do Stop Loss e Taking Profit ser tao importante.

18 Comments

Filed under Trading Plan

Trend Following vs. Mean Reversion

Existem duas, principais, estrategia de trade que sao usadas em trading system:

  • Trend Following;
  • Mean Reversion;

Voce pode discordar de mim, nao tenho nenhum problema com isso, pois opiniao é uma questao pessoal. Gosto muito do que o Van Tharp fala que cada um opera suas crescas sobre o Mercado. O que estou escrevendo aqui no blog sao minhas crencas que funcionam pra mim. Nao é a Biblia do trading, longe disso. Se voce acha que esta sendo util continue lendo senao vaza e vai procurar a sua turma.

Quando falo que quase 100% das estrategias de trade se encaixam em uma destas duas é por uma simples questao. Precos tem basicamente duas direcoes. Para cima e para baixo.

Voce pode contra argumentar que tem a direcao “de lado”, mas mesmo quando um ativo esta “de lado” ele sobe ou desce dependendo do time frame. Desculpe eu colocar muito Ingles aqui, mas isso ja foi um cobinado que escrevi la no Sobre. As vezes é mais facil me expresser em Ingles do que ficar fazendo traduces descecessaria. Tipo como vou traduzir Stop Loss. Parada de perda? Simplesmente ridiculo.

Caso nao entenda nao hesite em perguntar. Pode ser a pergunta mais tosca que vou responder com prazer, nao tenha vergonha. Se eu achar a pergunta tosca eu nao vou dizer, logico, apenas vou responder, pois se é tosca ou nao é apenas uma opiniao pessoal.

Enfim, voltando ao topico. Devido ao Mercado ter apenas duas direcoes a minha definicao de uma estrategia de trend following é aquela em que compramos ou vendemos um ativo e esperamos que o preco continuara na mesma direcao que ja esta indo Seja ela, pra cima ou para baixo.

Por exemplo no grafico abaixo: O que vc acha? Esta subindo ou caindo.

Se respondeu subindo, correto.

Quando um trend follower ou um seguidor de tendencia entra numa  posicao ele acham, por algum motivo, que o movimento de preco vai continuar naquela mesma direcao ate que se prove o contrario. Nao vou entrar no merito da discussao de definicao do que é uma tendencia, mas o trend follower que tem um sistema de trend following tem em um conjunto de regras que define o que que é uma tendencia. Entao, toda vez que ele identifica uma tendencia no Mercado ele entra em um trade e fica nele ate a tendencia terminar. Simples assim.

Posso usar a analogia de um surfista. Toda vez que ele ve uma onda potencialmente boa ele dropa e surfa a onda ate ela acabar. O bom surfista desenvolve tecnicas de identificar potenciais ondas grandes que vao durar bastante tempo. O trend follower bom é bem parecido. Ele fica olhando o Mercado como o surfista olha o mar. Assim que ele ve uma onda interessante ele rema e tenta surfar. Pode ser que tome um caldo ou a onda que parecia grande acabou sendo uma marola, paciencia.

A outra estrategia,  mean reversion, ou reversao para a media é basicamente o oposto de trend following, pois a expectativa eh que ao entrar na posicao ao inves dos precos continuarem na mesma direcao que estavam eles vao mudar de direcao, ou seja na direcao do preco medio do ativo.

Geralmente trader de mean reversion usa indicadores de overbought ou oversold com Stochastico ou RSI.

O mean reversion trader é aquele que olha o Mercado e identifica oportunidades onde um preco de um ativo esta absurdamente fora da media e ele acredita que aquele preco vai reverter para a media. A analogia neste caso é um elastico. Quando voce estica a borracha existe uma tensao ou forca que trabalha contra seu movimento que forca o elastico a voltar no tamanho original. É mais ou menos como pular de bung jump. Tipo parece que vc vai morrer (perder grana), mas na hora H o elastico te salva e voce se da bem na maioria das vezes.

A estrategia mean reverse tambem é conhecida como estrategia do contrario. Acho que Alexandre Pires, se fosse trader, ia curtir, pois ele ia operar So Pra Contrariar.

Pela pesquisa que fiz em trading systems sobre as duas estrategias, estas sao as caracterisctcas se formos comprara lado a lado

  

Agora a pergunta de 1 milhao de dolares. Qual é o melhor?

Resposta, depende.

Não conclusiva a resposta até aqui. Isso eu aprendi na primeira aula da GV coma professora da administracao geral Kil Yang Park. Toda resposta sobre administracao, segundo ela, deve comecar com a palavra, depende.  E acho que o principio vale para trading system.

Para a Sr. Park ja esta 50% correto se comecar respondendo depende. Os outros 50% voce ganha na argumentacao. Ai tinha uns caras espertinhos que queriam entregar a prova assim.

1-      Depende

2-      Depande

3-      Depende

n- Depende

E garantir 50%. Ledo engano.

Enfim, depende de voce. Qual o sistema vc esta mais “confortavel” em operar? Voce se conhece? Por exemplo. Se voce é um cara que nao aceita estar errado 60% das vezes, com certeza trending following nao é pra voce. Se voce quer estar certo 100% das vezes, entao nenhum tipo de sistema ou trade é pra voce. Vai investir em DI no Banco do Brasil.

Eu, por exemplo, gosto mais de trend following, pois acho que tenho mais potencial de ganho e nao gosto muito da ideia de ir “contra” a tendencia. Por isso odeio bung jump.

Geralmente, apesar de mean reversion ter uma alta taxa de confianca nos primeiros momentos do trade vc “perde” grana, pelo menos no papel,  ate o negocio inverter a direcao e voce fazer um pouquinho de dinheiro e sair fora. Em Trend folloing, por ser um metodo de momentum por natureza, vc ja entra ganhando grana e se o negocio engrenar na sua direcao voce tem uma alta taxa de recompensa por risco (reward/risk). Outra coisa que nao gosto é que as oportunidades em mean reverse sao muito mais raras que em trend following. Tipo é muito mais entediante, pois as vezes demora 2 meses pra aparecer um trade bom. Vai que no dia que um aperece é aquele dia que voce foi no Pacaembu com seu cunhado e chegou em casa cansado e esqueceu de preencher a boleta? Ai ferrou!!! perdeu o trade! O Trend Following é muito mais “perdoador” neste ponto. Vc pode chegar um pouquinho atrasado na festa e ainda fazer uma grana, ja o mean reversion se sua execucao nao for muito boa, ja era.

Eu uso as duas estrategias. Pra mim trend following é o bolo e o mean reverse eh a cerejinha no topo.

3 Comments

Filed under Reflexão, Trading Plan

Meu primeiro Trading Plan (estrategia de operacao)

Na minha percepcao sobre o fundo do poco no mercado, vide post anterior,  eu tracei uma estrategia, bem inspirado no livro: How to Beat the Managed Funds by 20%

Os criterios da estratégia eram os seguinte:

Selecionar no maximo 5 acoes que atuam em setores diferentes que estavam em uma tendencia de alta.

O que o livro fala sobre diversificação é que se voce compra mais do que 5 a 10 ações o retorno da carteira fica praticamente muito parecido com o indice do mercado. Neste caso é melhor comprar o indice ou um fundo de indice que é mais eficiente em termos de custos.

O Ator, como eu, é um advogado da concentração e não diversificação, mas nao vou discutir isto neste post.

Enfim, destas cinco ações o balanceamento inicial do portfólio era 20% por acao com um stop loss de 15%. Quando os 15% for atingido ficar em caixa ou compra a acao que esta mais subindo no portfolio. Simples assim.

Este sistema era mais um que adota o principio.

“Corte suas perdas e deixe o lucro fluir” ou em Ingles: “Cut your losses and let the profits run”.

Eu violei a regra do sistema sobre açoes em tendencia de alta. Acho que na epoca fiquei ancioso e percebi que o mercado estava perdendo força e meio que se consolidando e resolvi tomar o risco. Eu nao recomendo a fazer isto, a não ser que voce honre a principal regra de qualquer sistema, na minha opinião, CORTAR as PERDAS. Segundo o livro uma tendencia de alta era definida se a ação esta fazendo novos altos altos e novos altos baixos nos ultimos 3 meses. Mais sobre isso na parte de analises gráfica do site e no link do curso abaixo.

O meu critério da escolha das ações era totalmente arbitrario e foi o eguinte:

Escolher empresas que pagavam mais que 5% em dividendos. Com um balanco “solido”. Meu raciocinio era o seguinte. Se estas empresas com bom fundamentos cairam em media 50% em 6 meses e pagam mais de 5% em dividendo na pior das hipoteses eu ganho mais que renda fixa que na epoca estava dando 3% devido aos drasticos cortes do Banco Central Australiano com a Global Financial Crises (GFC).

Atenção que essa nao eh minha estrategia hoje, mas pelo menos foi um primeiro passo pra me levar onde estou hoje. Continue lendo que voce vai entender.

Fui lá em comprei $1000 de cada ação no dia 20 de Fevereiro de 2009. No primeiro dia todas subiram um pouco. Tinha colocado um Stop Loss de 15%. Ai as empresas comecaram a cair, cair, cair. Pensei: PRECISO SEGUIR O MEU PLANO. Ai esta um dos primeiros trejeitos de um bom trader. SEGUIR O PLANO uma vez ele traçado.

Aguentei firme quando eu estava pra colocar minha ordem de venda no Mercado ele comecou a virar de forma violenta e logo estava no lucro no final de marco. O fundo do poco foi 6 de marco. Apenas 2 semanas depois que entrei no Mercado. E vi acoes subirem 10, 20 ate 100% do meu preco de entrada em questao de 5 meses. Eu me arrependi so de ter colocado só $5000. Poderia ter colocado $50000 e estar dando risada.

Nessa epoca entao se intensificou minha pesquisa e comecei a ler todos os livros de investimento da biblioteca. Teve um em particular que causou a grande VIRADA. Foi Trading Secrets de Louise Bedford. Basicamente é um livro focado em um estilo técnico de trading aliado a um trading plan. Eu recomendo a leitura.

Eu sempre foi cetico a ser tecnico, sempre fui um cara intelectual e fundamentlista. Um dos motivos que pedi demissão na Hedging Griffo e fui para consultoria é que trabalhar e ser bem sucedido na área comercial não exigia um desafio intelectual. E isso me deixava pra baixo na época.

O que importava pra mim era os fundamentos. Ser tecnico na GV era meio que uma heresia, mas mais uma vez meus olhos comecaram a se abrir para novas perspectivas.

Vi que análise tecnica fazia total sentido. Não que analise fundamentalista seja asneiras porque, na minha opinião, tanto uma quanto a outra fazem sentido. Elas são apenas duas estratégias diferentes de fazer dinheiro no mercado. O importante é saber como que cada estretégia funciona e seguir as regras.

Então, na internet comecei a pesquisar e encontrei um bom site sobre trading education (informed traders). Lá tem excelentes cursos gratuitos. Se você entende Inglês eu recomendo. Acho bobagem comprar cursos de analise tecnica basica como eu comprei um brasileiro da Kaeme Brasil e me arrependi. Não que o curso seja ruim, mas tem coisa melhor e de graça na internet como o link acima.

Um parenteses: Nao se iluda que analise tecnica é a resposta pra tudo:  não é.

Analise técinica é apenas uma parte importante, mas não a mais importante.

Com a leitura deste blog voce vai entender o que estou de falando. É que não quero te inundar com informação logo no começo, pois tem assunto pra muito post ainda. O intuito do início do blog é contar sobre minha jornada e como que uma coisa levou a outra pra chegar onde estou hoje. Isso não significa que cheguei em um lugar e vou ficar aqui. A jornada ainda continua.

Enfim voltando a onde estava, essa foi a epoca que comecei a me aprofundar em analise tecnica. E comecei a ler tudo o que podia.

Assistindo um cursos de analise tecnica no site Informed Traders e em particular no modulo 7 sobre positioning size teve uma frase que me chamou a atenção que era a chamada do video: O que separa os vencedores dos perdedores.

Neste modulo me deparei com um nome que citaram algumas vezes. Van K Tharp. E comecei a pesquisar sobre ele.

Nesta epoca foi mais ou menos em Julho de 2009 e minha carteira estava bombando e a bolsa estava no maior rally da história, so que ao mesmo tempo percebi que quanto mais lia, eu me dava conta que menos eu sabia e que minha primeira estratégia, apesar de ter sido importante no aprendizado não ia me levar muito longe, pois eu queria mais do que bater os fundos por 20%. Meu objetivo era viver do meu lucro de trading e ter independência financeira.

Então decidi vender todas minhas ações e ir pra caixa 100% novamente. Foi ai que entrei no processo de imersão em leitura, estudo e achar o que fazia sentido pra mim em trading.

1 Comment

Filed under Jornada, Trading Plan

Pesquisa e novas descobertas

Em 2008 ja estabilizado na Australia, emprego e visto e tudo tranquilo. Nesta epoca o mercado de trabalho estava muito aquecido e tinha acabado de mudar de emprego. Estava ganhando relativamente bem e juntando dinheiro para comprar uma casa ou pelo menos dar a entrada e levanter uma hipoteca, digamos, grande.

O que me lembro desta epoca, nao muito tempo atras, ‘e que neste novo emprego, que comecei em Julho de 2008 tinha um grafico do AUD/USD na intranet. O meu trabalho era de analista financeiro e planejamento de compras e como importavamos 80% das mercadorias, cambio era muito importante. Todo dia eu chegava no escritorio e percebia que o grafico que vinha subindo nos ultimos 3 anos, ate entao, comecou uma queda brusca.

Quando mudei pra Australia em marco de 2006 o cambio AUD/USD estava em torno de 75c e em Julho de 2008 estava em 98c e em todo este periodo foi uma subida quase que constante e devagar para cima.

Enfim, estou contando isso para dizer que esses eventos foram as faiscas que fez resurgir meu interesse pelo Mercado, mas comecou mais ou menos na interacao com este grafico.

Lembro que algumas fichas comecaram a cair e os neoronios a fazer conexoes. Basicamente eu pensei que deve existir algum jeito de lucrar com estes movimentos de preco que sobem e descem durante longos ou curtos periodos de tempo.

Nesta mesma epoca o noticiario de Wall Street nao era muito poromissor. Bear Sterns tinha quebrado no primeiro semester e havia rumores de uma crise no Mercado imobiliario nos EUA desde 2007. Outro boato eh que com o fim das Olimpiadas em Pequim a China tambem ia dar uma desacelerada.

Ja se falava em recessao nos EUA em 2008/2009. Em agosto o preco do AUD que estava sempre firme em direcao a paridade ao USD comecou a cair mais rapido que o normal. Eu vi o negocio indo de 98c pra 88c muito rapido. Quando chegou setembro as coisas comecaram a piorar em Wall Street. Fannie Mae e Frad Mac com problemas e a bolsa bem tensa e o cambio, caindo e caindo. O Mercado de bonds pirando. Finalmente chegou a hora da verdade em que deixaram o Lehman Brothers  quebrar. Foi um Deus nos acuda. A bolsa comecou a despencar e o AUD foi pra uns 60c.

Pra mim que estava 100% em cash todo o movimento e o panico no Mercado foi “boa noticia”. O dinheiro que “deixei” de fazer por nao estar na bolsa de 2006 a 2008 devido a ter outras prioridade, como adaptar em um novo pais e comecar um novo pe de meia, passou a ser inexistente. Os precos das acoes no final de 2008 estavam em niveis de 2006, em alguns casos mais baratos que os precos de 2003 que foi quando o bull market comecou liderado pelas empresas de mineracao.

Oh Boy! Era hora de intensificar minha pesquisa. Nao podia ficar fora quando o negocio comecar a subir novamente. Como era um cego em terra de pessoas com 3 olhos eu comeci a pesquisar de varias fontes. Comecei a ler o Financial Review (a Gazeta Mercantil da Australia) todo final de semana. Comprava a Smart Investor magazine e fui na minha biblioteca local pesquisar alguns livros sobre o Mercado.

Peguei 2 livros emprestado:

Vou fazer uma sessao aqui no Blog sobre minha biblioteca com minha revisao de livros e qual minha recomendacao de leitura em ordem de prioridade e preferencia.

Estes livros, citados acima, nao sao a base do meu trading hoje, muito embora, eles falaram muito comigo na epoca. Acho que uma coisa foi levando a outra. Foi um processo que comecou dentro da minha mente onde muitas crencas sobre o mercado comecou a ser desafiada e minha perspective sobre o Mercado comecou a mudar. E mudar pra melhor.

Lendo estes dois livros eu pela primeira vez tinha um plano e um objetivo de investimento. Coisas do tipo que acao comprar, quando, quanto, stop loss, etc. Que vou entrar em detalhes mais pra frente o que é um trading plan.

Nessa mesma epoca abri minha conta numa corretora e comecei a acompanhar o Mercado quase que diariamente. Em um dos livros tive meu primeiro contato com conhecimentos basicos de analise grafica que pra mim até entao era uma heresia. Como assim um cara com fortes conhecimentos de financas e valuation vai tradar olhando pra gráfico, mas por incrivel que pareca a estrategia do livro “How to Beat….” dizia que olhar o gráfico era imporante.

Percebi então que o Mercado ainda persistia em uma tendencia de baixa, olhando o candlestick, ate o final de 2008 e fazendo novos baixos (new lows). Veio 2009 e os precos comecaram a cair em Janeiro, mas parece que Fevereiro ja nao caiam com  tanta intensidade. Parecia que estava chegando no fundo do poco e meio de lado.

2 Comments

Filed under Jornada