Tag Archives: Cambio

O que é Arbitragem?

Arbritagem

Você conseguem perceber a OPORTUNIDADE?

 

A primeira vez me deu uma fome no trabalho no meio da tarde, então, peguei uma moedinhas e fui a procura de uma caixinha de guloseimas na cozinha. Aquelas de caridade que tem muito aqui na Austrália. Quando cheguei eu não fiquei impressionado com a quantidade de doces disponíveis para comprar, mas com meu cérebro de especulador eu só conseguia ver uma oportunidade de ganhar dinheiro sem risco nenhum.

Como assim? É possível?

Sim é possível. Eu sei que vivo dizendo que tem que gerenciar risco … e inclusive escrevi recentemente um relatório sobre gerenciamento de risco que pode adquirir se assinar a lista do vela, mas sim É POSSÍVEL GANHAR DINHEIRO SEM CORRER NENHUM RISCO !!!!

E o mais importante HONESTAMENTE!

Para realizar isto é necessário fazer uma uma operação financeira chamada ARBITRAGEM.

O que é arbitragem financeira?

Colocando na forma simples é comprar um bem num mercado mais barato e vender o mesmo bem num mercado mais caro.

Quer um exemplo para ficar mais claro?

 Na caixa de chocolates, se ainda não percebeu a oportunidade tem uma caixinha que está vendendo chocolates a $2,7 e a outra a $1,5. Isto da uma diferença de $1,2, ou seja, eu compro um chocolate da caixinha de $1,5 e vendo na sequencia para a caixinha de $2,7, pronto fiz um lucro de $1,2 sem correr risco nenhum.

Sim LÓGICO que não fiz isto, mas contei isto somente para exemplificar a operação no mercado, mas poderia fazer perfeitamente e o dono da caixinha de $2.7 me agradeceria, pois teria mais lucro, mas fazendo isto não estaria ajudando os meus colegas de trabalho, então deixei esta discrepância no mercado de chocolates ocorrer.

No mercado financeiro isto é feito com mercadorias que são negociadas em bolsas diferentes. Como, por exemplo, Petrobras que é negociado em Nova York e São Paulo. Tem traders que ficam profissionais nisto e toda vez que existe uma discrepância eles começam a arbitrar a ponto que a diferença de preços não existe mais e a oportunidade desaparece.

No mercado de commodities físico a arbitragem também acontece. O que fazem é arbitragem geográfica. Eles analisam o preço da mesma commoditie em dois mercados e analisam a diferença de preço descontando o custo do frete e caso houver alguma discrepância os traders arbitram até a oportunidade existir. 

Hoje com a internet e a comunicação instantânea estes tipos de operação são raras, mas no inicio do século passado quando o telefone de cabo pelo oceano atlântico foi instalado pessoas arbitravam ouro entre a bolsa de Nova York e Londres, pois poucos tinham como pagar os custos telefônicos da época.

Enfim aqui fica a pequena lição do que é arbitragem. Se gostou da um like do Face, Twitter etc. 

Abraço

Vela

4 Comments

Filed under Fundamentos, Trading Plan

O que é dinheiro, inflação e deflação

Estou estreando a sessão The Big Picture onde vou postar minha visao macroeconomica e o que acredito em que rumo a economia mundial esta indo. O intuito aqui nao é fazer previsao certeiras, mas analisar possiveis cenarios.

Antes de entrar em conceitos um pouco mais avancados como o debate inflacao/deflacao, mercado de bonds, preco de comodities, ouro, petroleo etc… acho importante explicar o conceito de inflacao, dinheiro  e faze-lo muito simples para que qualquer pessoa que consiga ententer. Se voce já sabe pode parar de ler aqui e pular para o próximo post.

Minha definicao de Inflacao é nada mais do que a medida da velocidade da mudanca de precos dos ativos ao longo do tempo.

Por exemplo, e isso eh so um exemplo ilustrativo e não um real.

Em 2001 um kilo de acucar custava 3 reais e hoje  (2010) custa 4 reais. Isso significa que os precos mudaram neste periodo em uma velocidade de 3.2% ao ano ou 33% acumulado no periodo de 9 anos.

Neste exemplo, para simplificar eu so calculei a inflacao de um ativo.

Existem instituicoes profissionair que calculam indices de inflacao que mede a mudanca de precos de toda a economia. Cada instituicao tem sua metodologia. Na Australia por exemplo quem calcula eh o ABS (Australian Bureau of Statistics) no Brasil tem varias instituicoes que calculam como a FGV, FIPE e IBGE. O Indice tem a funcao de calcular a inflacao de toda a economia e para atingir este objetivo eles calculam a inflacao de uma cesta de ativos que contem os principais itens consumidos em uma economia. O principal indice que todo economista olha é o CPI (Consumer Price Index), em portugues, indice do preco ao consumidor. Ele tem esse nome obvio porque ele mede a inflacao do que a galera consume mais. Coisas do tipo, remedio, plano de saude, comida, gasolina, moradia  etc.

Agora os indices sao indicadores lag, ou atrasados. Eles so mostram o que aconteceu, mas em nada explica porque os precos sobem ou descem. Dai a importancia de entender o que causa inflação.

Basicamente tem duas coisas que causam inflacao.

1-      Oferta e demanda de ativos, e.g. commodities

2-      Quantidade de dinheiro em circulacao, que é ditado pela oferta e demanda por dinheiro.

O numero 1 é facil mais facil de entender. Por exemplo, se tem uma grande demanda por acucar no Mercado e a oferta nao é sufuciente o preco do acucar sobe causando inflacao. Alguns dizem inflacao de demanda. Da mesma forma os precos de acucar podem cair causando o fenomeno contrario que é deflacao.

O numero 2 é mais dificil de explicar, mas vamos la.

Primeiro é preciso entender o que é dinheiro pra entender a dinamica da oferta e demanda de dinheiro e o como que isso impacta a inflacao.

Vamos la o que é dinheiro?

Dinheiro serve pra 3 coisas:

1-      Reserva de Valor

2-      Unidade de troca

3-      Unidade de contabilidade

Dando exemplo de

1-      Eu guardei durande este ano 15,000 reais

2-      Com estes 15,000 eu posso trocar por um Golzinho veio meia boca

3-      Eu escrevi na minha cadernetinha aqui que tem um patrimonio de 100,000.

O dinheiro, entao, fez a nossa vida muito mais facil, imagina quando nao tinha dinheiro.

Ia ser mais ou menso assim

1-      Esse ano trabalhei e guardei 3 bodes, uma galinha e um cachorro

2-      Com esse monte de bicho eu consigo trocar por um camelo zero quilometro

3-      Eu anotei aqui na minha cadernetinha que tenho um patrimonio de 300 bodes e 5 camelos.

Se voce quiser saber mais da origem do dinheiro eu recomendo assistir o documentario do Niall Ferguson, professor de Harvard: The ascent of money, mas vou rapidamente explicar como que funciona o negocio da tal criacao do dinheiro.

Pega uma nota de 10 reais.  O que voce esta vendo nada mais é do que um pedaco de papel colorido, nao diferente de um cartao postal que tambem é um pedaco de papel colorido. Entretanto,  se voce for ao banco vc deposita essa grana e voce depois pode sacar essa grana quando quiser  e comprar um lanche no Mc Donalds.

Se for no Mercado de cambio voce troca os 10 reais por USD5.88 ou EUR4.5, por exemplo.

Existe, entao, no mundo  um circulo de confianca na sociedade que da um respaudo para o poder de compra desde dinheiro papel em circulaao peplo mundo. Esse padrao de dinheiro eh conhecido como FIAT money.

A criacao deste dinheiro é simples. Uma autoridade monetaria imprime um papel todo mundo acredita que uma unidade daquele papel se troca por XYZ e assim todo mundo vai se enganando e a vida continua numa boa.

O Banco central de cada pais é o guardiao do valor deste dinheiro e uma de suas funcoes eh manter o seu poder de compra relativo ao longo do tempo. Em outras palavras, manter a tal da inflacao sob controle.

Ai que a inflacao entra nesta historia. O que ela faz é deteriorar o poder de compra desde dinheiro.

No exemplo dos 3 dolares de 2001 que comprava 1 kilo de acucar hoje (2010) so compram 750g de acucar . Neste exemplo o dinheiro perdeu 25% do seu poder de compra em 9 anos.

Uma das funcoes de cada banco central, e eu acho que deveria ser a principal, e controlar a oferta e a demanda desta grana ou a quantidade de grana circulando por ai.

Agora finalmente posso explicar o ponto 2 das causas da inflacao, i.e., quantidade de dinheiro em circulacao.

Se a autoridade monetaria que controla a impressao de dinheiro imprime muito dinheiro essa maior quantidade de dinheiro passa a trocar pela mesma quantidade de ativos na economia, logo o poder de compra deste dinheiro cai, pois tem mais dinheiro atras dos mesmos ativos.

Esse fenomeno de impressao de dinheiro tambem eh conhecido como senhorinhagem, esse termo pelo menos eu lembro como que fala em portugues.

Vou retomar o assunto quando explicar a questao sobre o debate inflacao/deflacao no proximo post na sessao Big Picture.

6 Comments

Filed under The Big Picture

Os fundamentos são importantes?

Voce que ja leu um pouco do blog deve ter percebido que minha estrategia de operacao é baseada em sistemas de trading. Estes sistemas de trading me dao sinais de quando devo entrar e sair do mercado e são baseados puramente em analise técnica, ou em outras palavras: Price action e volume.

Mas porque eu sendo um cara educado em financas na FGV que aprendeu na faculdade sobre valuation e analise de balanco acabou virando um cara tecnico? A resposta é simples: Da menos trabalho ser tecnico do que ser fundamentalista. Eu não sou contra a teoria fundamentalista, simplesmente não sou adepto quando o assunto é tomar decisões de compra e vendas de ativos.

O investidor mais bem sucedido do mundo, Warren Buffet, é um cara fundamentalista. Eu li a biografia dele, Snow Ball, ou pelo menos parte, pois não terminei apesar de recomendar. Em sua biografia ele mostra o quantidade de trabalho necessario para ser um bom investidor fundamentalista.

A conclusão que cheguei é que toda a informação necessária para operar estava no preço, apesar de achar que toda a informação também esta no fundamento também. Mas o preço eu so preciso olhar para uma informação já fundamentos a fonte de informação é basicamente infinita. Dai quando falo que é mais facil. Nao diria mais facil, mais eficiente.

Enfim, o intuito deste post nao é discutir o porque que sou um cara tecnico quando o assunto é trading, mas discutir aqui o que acho importante com relação a fundamentos.

Com um cara que sempre gostou de entender o mundo e como as coisas são as minhas materias prediletas na escola eram Geografia e Historia. Era o tipo da prova que tirava 10 sem fazer muito esforco, pois gostava do que fazia. E é por isso que acabei indo estudar administração. Então, um cara que acha que para endender o mundo é importante saber a história, a economia, os costumes, logo, os fundamentos são importantissimos.  Entretanto, nao digo fundamentos no sentido micro como olhar o balanço da empresa, os dividendos ou o price earnings, mas sim os fundamentos macroeconomicos.

Isso me ajuda a ter uma idéia dos principais possiveis cenários pra onde a coisa esta indo. Longe de mim querer fazer previsões economicas certeiras. Nunca esta foi minha intenção, mesmo porque: Qualquer coisa pode acontecer. Nunca tenha como garantido o que vai acontecer no futuro, pois a unica certeza é que no futuro estaremos todos mortos e pagaremos imposto o resto é incerto.

É com este intuito que queria lancar uma sessão aqui no blog chamada The Big Picture. Onde vou compartilhar as minhas crencas sobre quais que sao os possiveis cenarios no contexto global. Não é pra acertar, mas estar preparado se um cenário ou outro acontecer.

Vou focar mais na Australia e Brasil que conheco mais e tenho mais acesso a informação, mas logico vou comentar EUA, Europa, China e Asia tambem que acaba impactando o Brasil e Australia. A idéia não é se perder nos detalhes, mas sempre olhar a floresta e não as arvores. Quero discutir e manter voce atualizado sobre as principais questões como a debate inflation/deflation, climate change, regulamentação de mercado financeiro, mercado de cambio, ouro, GFC, recessão, recovery e coisas do genero.

Este só foi um post introdutório. Aguarde mais. Voce pode buscar o que ja falei sobre algum de minhas visões macro em outro blog que escrevo em parceria com um amigo: Talking Point.

5 Comments

Filed under Fundamentos, Reflexão, The Big Picture

Trader Fundamentalista vs. Tecnico

A primeira vez que ouvi a distinção entre trader fundamentalista e tecnico, foi em uma palestra de recrutamento na GV. Lembro muito bem deste dia, como se fosse hoje.

O Banco Pactual em uma de suas palestras com Andre Esteves, palestrando para uma audiência de uns 25 alunos. No dia ele não era a estrela que é hoje no mercado financeiro brasileiro. Lembro que na epoca ele era apenas um socio trader do Pactual. A epoca era 1998 e isso foi meses antes que ele “ajudou” a quebrar o Marka/FonteCidam de Cacciola.

O Andre Esteves era um dos traders que estava comprado (long) em USD/BRL em 1999 na crise do cambio. O Marka estava vendido (short) na outra ponta do trade. Enfim, voce sabe o final da historia.  O Marka quebrou e o Andre Esteves virou estrela e depois acionista majoritario no Pactual.

Andre explicou a diferença entre os dois tipos e basicamente são as seguintes sem muita enrolação.

O trader fundamentalista compra ou vende um ativo olhando para os fundamentos. Por exemplo, no caso do câmbio fundamentos importantes são, fluxo de dinheiro, balança comercial, taxa de juros, situação politica, eleições etc. Isso tudo influencia a oferta e a demanda por uma determinada moeda. No caso de ações, por exemplo, um trader fundamentalista olharia, para o balanço da empresa, o lucro, a projeção de fluxos de caixas, competidores, por exemplo.

O trader tecnico, por outro lado, não olha nada disso. O que importa é apenas duas coisas. PRECO e VOLUME. Com certeza com mais ênfase ao preco. Para o trader tecnico todo o resto é “irrelevante”, pois toda a informação é refletida no preço.

Andre Esteves era um trader fundamentalista e se deu muito bem em sua carreira. Existem outros excelente traders fundamentalistas como Jim Rogers. Outro fundamentalista bem sucedido é Warren Buffet. Não vou coloca-lo na categoria de trader. Ele é mais conhecido como investidor, pois esta interessado em ser investidor no longo prazo, ou melhor ad eternum, segundo ele próprio.

Qual é a melhor opção? Qual é o melhor método?

A resposta é os dois. Vai depender apenas de você qual destes tem mais a ver com você, ou melhor, qual deles ajusta mais a seus objetivos e sua personalidade.

Existem traders que usam os dois. Agora é um erro dizer que um esta certo e outro está errado.

Tem um video de Jack Schwager que onde ele explica bem o que estou tentando dizer aqui.

Ele fala de dois traders, entrevistados em seu livro Market Wizards, extremamente bem sucedido. Um deles Jim Rogers e outro Marty Schwartz. Marty era um analista fundamentalista com MBA que ganhava bem sendo analista fundamentalista, mas vivia quebrado porque perdia todo seu dinheiro tradando o mercado baseado em suas analises fundamentalistas. Depois que mudou seu metodo para tecnico comecou a render 20% ao mes durante mais de uma decada.

Jim Rogers, que fundou o Quantum fund com George Soros, esta trilhardario olhando basicamente so fundamentos. Na opinião dele ele não conhece nenhum analista tecnico rico, a não ser aqueles que vendem o seu metodo.

Enfim a conclusão aqui é que o metodo não é importante, mas sim o que funciona pra você.

Eu hoje no meu trading sou tecnico, entretanto, eu acho extremamente importante fundamentos. Eu não baseio minha decisão de comprar ou vender um ativo devido a seus fundamentos, mas pra mim fundamentos funcionam para me dar a visão do todo. Como por exemplo, direção do mercado (bull/bear), analisar os ciclos de longo prazo, riscos eminentes e etc. Isso mais porque gosto de economia. Interessante é que muitas vezes percebo que os fundamentos seguem o preço geralmente, pois quando a informação chega ao publico o preço já incorporou a informação nova. A controvérsias, mas esta é a opinião de um cara tecnico.

Vou dedicar parte deste blog pra discutir so sobre fundamentos economicos, como o debate Inflação/Deflação por exemplo.

Voltando na linha que estou discutindo aqui no blog vou discutir daqui pra frente sobre o que aprendi sobre trading e um pouco dos meus métodos, já que finalmente cheguei no momento atual da minha jornada.

Meu estilo de trading é mecanico. Em outras palavras eu tenho um monte de regras que definem meu trading plan como.

– Quando comprar

– Quanto comprar

– Quanto arriscar

– Quando vender

Em Ingles sou conhecido como system based trader. Eu tenho um sistema onde sigo as regras. O que tenho que fazer pra ser bem sucedido é somente seguir as minhas regras. Simples assim. Vou discutir aqui quais os segredos pra ser um bom trader tecnico sistemático.

Antes de avançar mais vale colocar aqui que os traders tecnicos se subdividem em dois tipos.

  • Discrecionario
  • Mecanico.

mas isso é assunto para outro post.

6 Comments

Filed under Fundamentos, Jornada, Reflexão