Tag Archives: Risk

Porque risco é mais importante que retorno

“The probability of an individual trade working out is either 100% or 0% depending on how it actually works” – Ed Seykota, TT-FAQs

Na minha humilde opinião o primeiro passo para ser bem sucedido em trading é entender risco.

Fui por quase um ano um vendedor de fundo de investimento e lembro que uma pergunta comum dos clientes prospectivos.

“Quanto que da a aplicação?”

E é por isso que muitas vezes, ou na maioria das vezes, as pessoas perdem dinheiro no mercado. Minha conclusão é: As pessoas em geral não entendem uma das coisas mais importantes que, pra mim, é o RISCO. Pelo contrario, se iludem na busca do retorno da “aplicação”.

Confesso que era bem mais fácil conquistar um novo cliente, tentando atrai-lo pelo retorno passado de uma certa aplicação, negligenciando, é lógico, o risco envolvido.

Estou batendo na mesmo tecla, pois já falei sobre risco em outros posts e acho importante enfatizar o tópico e coloca-lo de uma outra forma e assim deixa-lo mais claro e também para meu próprio beneficio, deixar ainda mais claro o conceito na minha cabeça.

Vou tentar ser direto e objetivo.

Risco, dentre as mil definições, para mim, no contexto de trading, é a probabilidade de algo dar errado ou não ir como esperado, pois apesar de esperança não ajudar em trading, todo mundo espera sempre o melhor.

Segundo Paul Tudor Jones

“I’m always thinking about losing money as opposed to making money. Don’t focus on making money, focus on protecting what you have”

Veja que ele esta mais preocupado em não perder dinheiro do que em ganhar.

Outros Hedge fund managers como Hugh Hendry também enfatizam a preocupação em NÃO perder dinheiro. Essa é a principal preocupação dele. Mais do que estar focando em ganhar dinheiro.

Até mesmo o value investor Warren Buffet coloca como sua primeira regra: Nunca perder dinheiro e a segunda como nunca esquecer da primeira regra.

Porque? Por que todos os gestores de fundos, traders e value investors que ganham dinheiro no longo prazo estão mais preocupados com risco do que com retorno.

Agora uma vez entendido risco o que tem que se analisar é a relação risco / retorno. Em outras palavras o quanto o trader esta disposto a perder, se as coisas não irem bem, para ter um determinado nível de retorno desejado?

Ai que acho que entra a psicologia em trading. Ninguem gosta de perder e é muito difícil aceitar a perda, mas o pulo do gato em controlar suas emoções negativas quando a perda ocorrer é aceitar a perda, pois ela faz parte no processo de ganhar dinheiro. Isto significa que perder faz parte do jogo e o Ego, que quer ser o Sr. Certo, fica bem educado e domado.

Dito isto, cada pessoa tem um nível de aceitação de perda. Uns aceitam mais outros aceitam menos. Isso não porque alguns gostem de sofrer mais do que outros, pois perder por perder é suicídio, mas aceitar a perda para um possível ganho pode ser bem recompensador. Esta é a parte difícil de entender.

Dai que o desenvolvimento de sistemas de trading podem ajudar, pois o sistema pode te dar uma boa  noção estatística (probabilidade) da relação risco retorno, assim fica mais objetivo a decisão de operar ou não operar um sistema de acordo com os objetivos de retorno e a capacidade de aceitar perdas de cada um.

Pra mim, o sistema ideal é aquele que minimiza meu risco dado um nível de retorno esperado. Eu outras palavras um sistema que quando der errado eu vou perder uma quantia que é aceitável e vai me manter no mercado tentando ser bem sucedido, mas quando estiver certo vou ganhar o suficiente para cobrir minhas pequenas perdas e ainda sobrar um “monte” de grana que me dará um retorno relativamente bom ajustado ao risco envolvido. Sistemas de trend following tem esta caracteristica. Perdem muito frequente e pouco, mas quando ganham salvam a pátria.

Van Tharp chama uma boa relação de risco retorno de idéia de baixo risco, ou seja, um sistema que da uma distribuição de trades onde a somatória dos ganhos é maior que a somatória das perdas. Alem disto, mais ideal ainda é um sistema onde o desvio padrão dos ganhos e perdas é o menor possível e o sistema também de muitas opotunidades de trades. O que chama de exportunity que foi discutido no post:  Pensando em R multiplos

Vou dar um exemplo que as pessoas acabam ocorrendo e entram pelo brejo, por negligenciarem o risco e ter problemas com aceitação de perdas.

O uso de alavancagem, por exemplo, que te permite emprestar dinheiro para aumentar o tamanho de sua posição. Eu sou absolutamente a favor de alavancagem e inclusive um usuário dela, mas pode ser uma bomba atômica, por outro lado.

Um trader pode explodir sua conta rapidinho se não entender risco.

Muitas vezes traders, e não só iniciantes, negligenciam o risco e colocam uma posição muito grande sem stop. Pra mim é o antagonismo do que estou tentando explicar aqui.

Vamos supor o exemplo do trader Zezinho que tem 10,000 reais e quer ganhar 1,000 reais por dia. Um alvo não impossível, mas um pouco ousado e diria irrealista pra quem ta começando com “pouco”.

Enfim, usando um mecanismo de alavancagem ,Zezinho coloca seu primeiro trade na acao WMD4 com uma posição de 500,000 (alavancagem de 50x). Assim, esperando um movimento de 0.2% pra fazer os 1,000. Entretanto, neste primeiro trade a sorte não esta do seu lado e o trade move 2% contra o Zezinho e nesta hora meu amigo ele tem que admitir que ele estava errado, pois os 10,000 foi pro espaço quando a posição for fechada por uma chamada de margem.

Pra finalizar eu quero deixar claro que não sou contra tomar risco. Inclusive acho que o maior risco de todos é não tomar NENHUM risco. Entretanto, o risco é algo a ser dado mais foco que o retorno, inclusive isto ajuda do ponto de vista psicológico.

Acho que o trabalho na pesquisa de um sistema de trading esta em achar estas relações de risco retorno maximizadas e ver se elas adaptam ao seu perfil de aceitação de perda a medida da sua capacidade psicológica de lidar com elas.

10 Comments

Filed under Psicologia de Trading, Reflexão, Trading Plan, Vela's Beliefs