Category Archives: Biblioteca

Livros que li em 2014 – parte 2

Get the Life You Want, Richard Bandler: Apesar de saber da existência da PNL (programação neuro linguistica) eu nunca tinha pesquisado sobre e sabia que era um método para desenvolvimento pessoal. Com o envolvimento do trabalho do Van Tharp eu passei a me interessar, pois ele utiliza muito em seus métodos de psicologia. Bandler foi um dos fundadores da metodologia, assim, este ano queria pesquisar um pouco mais sobre o assunto e escolhi ler um livro da pessoas que criou a metodologia e este foi o livro mais recente. Achei que o livro dá uma visão prática do que é o método e tem exemplos práticos, mas como sempre o livro acaba sendo uma “sales letter” para os seus seminários presenciais.

 The Art of Living Consciously, Nathaniel Branden: Do mesmo autor do seis pilares da auto estima. Libro na mesma linha, mas dando mais enfase na questão de viver fazendo uma analise pessoal e ter consciencia das áreas da vida que precisa melhorar. O velho princípio que tende a melhorar em áreas que coloca o foco.

 NLP: New Technology: The New Technology, Charles Faukner: Um livro complementar para entender mais a PNL escrito por alguém que trabalhou bastante com trader e o Charles Faukner foi um dos Market Wizards entrevistado no segundo livro de Jack Schwager. Livro teorico com exemplos práticos. Nada muito diferente do livro do Bandler.

Love Yourself Like Your Life Depends On It, Kamal Ravikant: Livro recomendado por James Altucher, pois Kamal sempre entrevistado por ele no seu podcast. Historia interessante de Kamal que é um empreendedor no Vale do Silicio que ficou doente e a cura que ele achou foi simples. Se amar. Sim isto mesmo. Ficava constatemente fizendo para si mesmo. Eu me amo, eu me amo. Ele conta isto neste pequeno livro. Nao precisa ler a essência do livro é esta. Recomendo a prática.

 How To Master Self-Hypnosis In A Weekend, Rick Smith: Na mesma linha da NLP queria pesquisar um pouco sobre o assunto, uma vez que tenho interesse em psicologia, subconsciente e neuro ciencia. Este livro fala um pouco disto com alguns exercício. A essência é o que esta na linha do livro do Joseph Murphy comentado no outro posto. A questão de condicionar o seu subconsciente. Vale o comentário da PNL que ela acredita que ninguém fica “hipnotizado” o que ocorre apenas é uma mudança de um estado para o outro. O cerebro já funciona o automático 95% do tempo o que a hipnose faz é mudar o programa automático para algo que você quer. O cerebro SEMPRE está funcionando 100%.

Unstoppable Referrals: 10x Referrals Half the Effort, Steve Gordon: Livro que com o interesse de criar um sistema de vendar para conseguir clientes uma vez que tenho interesse em abrir um negócio de investimento e necessitarei de clientes. Achei o livro MUITO bom. Inovador e fora da caixa. Com certeza utilizarei princípios do livro, pois utiliza de técnicas criativas para conseguir clientes de uma forma muito mais convincente, nada chata e quase automática. Altamente recomendado se tem um negócio que precisa de clientes por referência.

The Simple Strategy, Markus Heitkoetter: Já conhecia Markus logo no começo quando estava aprendendo sobre trading e pesquisa o que tinha na internet na época. Sempre gostei de seu trabalho e resolvi ler este livro pois parecia interessante. O livro tem um sisteminha simples para operar e-mini do S&P. Intessante. O sisteminha é mecânico mas operado manual. Facil e rápido e se tem interesse em saber mais sobre sistemas e metodos de trading o livro até que não é mal não.

 The Millionaire Fastlane, MJ DeMarco: Excelente livro sobre empreendedorismo. Conta a estória de um empreendedor, o próprio autor, que fez dinheiro na primeira bolha da internet no final da década de 90. Conta de forma prática os princípios de ficar rico empreendendo e o que custa em esforço e trabalho duro. Mostra que ao mesmo tempo é possível ficar milionário em cerca de 5 a 7 anos mas que exige seguir alguns princípios que o livro coloca muito bem colocado. Recomendo muito, pois apesar de otimista sobre a vida ele é um livro BEM pé no chão. É possível ficar rico “rápido” tipo 5 a 7 anos, mas tem que ralar MUITO. Fiquei sabendo dele no pod cast do Pat Flynn, que alias é o autor do próximo livro.

Let Go, Pat Flynn: Pat Flynn é um ídolo pessoal. Ele é um dos fenômenos do marketing na internet. Interessante que ele é 100% transparente com o dinheiro que ele faz na internet e todo mês, desde o começo ele publica o quanto que ganha on-line. Ele produz um detalhado relatório dizendo de onde vem todo o dinheiro. Ele tem feito cerca de 80 a 100 mil dólares por MÊS. Isto mesmo por mês. Ele começou com um site que prepara arquitetos para prestar um exame de certificação. Recomendo muito o site dele smartpassiveincome.com se quer aprender a como fazer dinheiro na internet. O livro é a sua própria história que ele conta que foi mandado embora e no mesmo mês vez cerca de 4 mil no site e já desde o começo vive da renda on line. Sua história é muito inspiradora. Ele merece, pois adiciona um tremendo valor na sua audiência.

The Modern Trader, Scott Redler: Outro livro de trading que na verdade não fala muito de trading mas de histórias de traders. São jovens que contam como que começaram operando seus aprendizados e como que venceram. Eles fazem parte de uma firma de educação de trading e que operam o próprio dinheiro. Se segue o twitter eu recomendo que ele tem boas “dicas” e uma boa visão do mercado. O livro em si é interessante por si só para aprender com  a jornada de outros operadores.

Nonviolent Communication: A Language of Life, Marshall B. Rosenberg: Mais um livro de psicologia de relacionamentos. Muito mas muito bom. Ele me ensinou muitas coisas mas acho que a lição mais importante de todas é que do contrário de algumas vezes pensamos que somos responsáveis pelos sentimentos nos outros, mas isto é uma coisa que emana internamente. O livro fala muito em como se comunicar com um processo onde não existe violência, mas apenas empatia e honra dos sentimentos alheios de uma forma que você possa entender quais as necessidades do próximo, satisfaze-la e também numa via de mão dupla expressar seus sentimentos, necessidades e requisições para o próximo.

A Complete Guide To Volume Price Analysis, Anna Coulling: Pra mim achei um livro bom para quem é discricionário. mas no final achei que teve tanta mas tanta subjetividade que acabei que não acho uma boa e não recomendo. Não é muito claro e parece um livro mais marqueteiro do que outra coisa.

A Three Dimensional Approach To Forex Trading, Anna Coulling: Livro bem extenso sobre o mercado de FX da mesma autora do livro anterior que no final achei pouco prático e mais um livro que fala como que o mercado funciona. Acho muito melhor se quiser aprender sobre FX em detalhes faça o curso do site babypips.com que por sinal tinha feito e tirei melhor proveito, mais rápido e de graça.

Dream On, John Richardson: Livro que ganhei de dia dos pais da minha esposa. O livro foi recomendado no novo livro do Chris Guilebeau que fala sobre “quests”. O livro conta a história de um cara comum que um dos seus principais passatempos era jogo de golf e foi sempre um jogador mediano com um handicap na casa dos 15-20, que não é mal. E ele faz uma promessa para baixar para ZERO em um ano. Detalhe que não largaria o emprego tempo integral e não deixaria que o tempo com a família, esposa e filhos fosse comprometido. O livro conta a história de como isto foi. Para mim que adora golf e é meu esporte predileto foi um prato cheio e inclusive no final do livro quando ele finalmente conseguiu o feito me emocionei muito. Recomendo demais se gosta de golf ou se tem um sonho de realizar algo que quer muito. Muito inspirador e altamente recomendado.

2 Comments

Filed under Biblioteca, Jornada

Livros que li em 2014 – Parte 1

Feliz 2015

Como sempre uso esta época do ano para compartilhar os livros que li durante o ano passado.

Leitura com certeza é uma das minhas atividades favoritas, pois leitura te abre a cabeça para novos mundos e novas possibilidades e sem falar que é a educação mais barata que existe.

Aqui vai a lista dos livros que li em 2015, não necessariamente na ordem de leitura ou de importância.

Jed McKeena Triologia: Spiritual Enlightenment: The Damnedest Thing (I), Spiritually Incorrect Enlightenment (II), Spiritual Warfare (III): Eu não li estes livros, mas ouvi devido a ser áudio. Acho que demoraria muito ler todos eles e não sei se teria a paciência de ler se não tivesse o áudio, uma vez que cada volume tem cerca de 400 paginas, que de passagem recomendo muito o áudio, pois muito bem gravado. Estes livros são muito profundos e sinceramente eu não recomendo para você a não ser que quer ter toda sua estrutura de crenças praticamente destruída, senão pelo menos profundamente questionadas. Praticamente a leitura da total “lavagem cerebral” e da um re-set no cérebro e tudo virar uma folha de papel branco. O que permite você escrever o que quiser. Dificil explicar, mas caso esteja completamente feliz com suas crenças e sua visão de mundo então NÃO leia, para não pirar o cabeção. Dito isto eu acho que o livro coloca uma visão bem prática e clara do que é “spiritual enlightment” e tipo mostra que muito gente entende isto errado e no final tragicamente a maioria que busca isto acaba morrendo nem chegando perto mesmo sem saber. Um outro livro que queria ler que o autor fala muito é Mobi Dick de Herman Melville que no segundo livro o o autor faz um paralelo e explica que o romance é uma alusão a busca espiritual do protagonista Capitan Ahab. Enfim o livro é controverso e polêmico para não falar perturbador, mas se quer saber quão profundo o buraco do coelho é, ou seja, a  verdade, então leia.

 Power of Now, Eckhard Tole: Foi uma releitura do livro que é um clássico da espiritualidade atual. Tinha lida há uns três anos e queria re-ler para pegar uns pontos de uma outra perspectiva. Achei que valeu a pena e o livro basicamente fala da questão de viver no presente o que ajuda muito a acalmar a mente e saber lidar bem com ansiedade e remorso e também a lidar com pensamentos e sentimentos.

 How I Made Over $1 Million Using The Law of Attraction, A.K. Santo: Este livro acabei lendo por recomendação de um amigo e da um bom resumo da questão da Law of Attraction que se fala tanto no filme/livro THE SECRET. O livro da um resumão geral de várias destas teorias de desenvolvimento pessoal e da experiencia pessoal do autor que teve uma carreira como corretor de ações e trading. É como um atalho que ele recomenda e direciona o leitor no que ele acha melhor nesta área. No fim ele acaba recomendando alguns 5 a 6 livros que ela acha essencial nesta área. Alguns que estará aqui na lista. Minha opinião pessoal sobre esta questão é que a Law of Attaction dá muita margem para má interpretação que só é necessário imaginar e pensar que as coisas caem no colo, pelo contrário, se pensar assim eu acredito que estará se iludindo totalmente. Acho importante a questão de sonhar, acreditar e ter uma visão, mas a parte mais importante e cada dia estou mais convencido é o comprometimento dos os objetivos e a AÇÃO sobretudo. Acho que o perigo é que muitas pessoas viciam neste tipo de livro e acabam ficando muito na teoria e pouco na prática e passam a vida sonhando e não implementando nada.

 Einstein, Walter Isaacson: A biografia de Albert Einstein escrita por Walter Isaacson, que considero outro gênio. Muito bem escrita e considero um dos melhores livros do ano a não ser a biografia do Benjamin Franklin, escrita pelo mesmo autor. O livro vai profundo na vida de Einstein e para mim foi bom para acabar com muitos mitos que tem sobre Einstein. Pelo menos tinha. Por exemplo que ele era ruim e matemática e reprovou na escola. Muito pelo contrário ele era muito bom aluno em toda vida e basicamente teve uma vida toda acadêmica dedicada a física  matemática. Fazendo jus a esta teoria ele realmente teve alguns tópicos de matemática que teve ajuda de um amigo que o ajudou no seu curso universitário. Outra coisa interessante é que quando ganhou o premio nobel não foi devido a descoberta da teoria da relatividade, mas descobertas da lei do efeito da fotoelétrica. Sei lá o que é isto. Fala muito de suas amizades e de sua vida familiar. De sua primeira esposa problemática que ate hoje me pergunto porque casou com ela. Ela era colega do curso de mestrado que acabou não se formando por não conseguir passar na prova. Ele teve dois filhos, sendo um dos dois esquizofrênico e um normal que virou engenheiro, a profissão que o pai de Einstein queria que seguisse, que foi um empreendedor mal sucedido que não teve muita sorte. No final se separou e casou com a prima Elsa, mudou-se para os EUA com ela e la morreu em 1955 como pesquisador de Princeton. Interessante os encontros nas convenções de Solvay e as discussões com Max Planck e Niels Bohr.

 The Success Principles, Jack Canfield: Sem muitos comentários. Um livro clássico da auto ajuda. Do autor do livro Chicken Soup to my Soul. Achei o livro prático e recomendo se é um rato da auto ajuda. Li mais para carimbar na minha lista. Ainda não li o Chicken Soup, que quero ler este ano.

No more dreaded Mondays, Dan Miller: Livro muito bom e autor excelente. Se tem interesse em se tornar empreendedor recomendo muito. Trata muito da questão do medo que as pessoas tem em achar que ser empreendedor é arriscado, mas segundo o autor é justamente o contrário, pois é muito menos arriscado diversificar como empreendedor com uma variedade de cliente que não vão te demitir de uma vez. Entretanto, como empregado, o empregado é o seu único cliente e uma vez que for demitido não tem mais cliente.

 The Power of Your Subconscious Mind, Joseph Murphy: Mais um clássico da auto ajuda que fala do poder do nosso sub consciente que segundo o autor é muito eficiente. A técnica principal do livro são afirmações positivas feitas principalmente antes de dormir e mentalizar palavras. Mais uma vez acho que este livro cai muito na linha dos da  Law of Attaction. Interessante ao ponto que coloca em prática. Acredito no poder do sub consciente desde que quando ele fala com você ele é obedecido com ação prática.

Creative Visualization, Shakti Gawain‎: Idem acima

 Ask and It Is Given: Learning to Manifest Your Desires, Esther Hicks: Idem acima. Outra forma de dizer a mesma coisa. A teoria principal que vem muito do livro Think and Grow Rich do Napoleon Hill que você no final acaba sendo o que você pensa. Então, se é obsecado por algo tudo acaba conspirando a seu favor. Se é uma pessoa preponderamente positiva então vai atrais coisas positivas e saberá lidar muito melhor quando algo ruim acontece com você, por exemplo.

48 days to the work you love, Dan Miller: Este livro recomendado para fazer uma verdadeira analise e busca interna para redirecionar sua carreira e o que quer da vida. Para mim foi bem interessante que me levou ao caminho que estou buscando agora de atuar como consultor financeiro de investimentos (Financial Planner). Um dos fatores que não permitiu que lesse muito este ano devido a estar estudando para a retirada da minha certificação como Financial Advisor.

Meet and Grow Rich, Joe Vitale: Os livros de Napoleon Hill falam muito de mastermind e de sua importancia, mas nunca entra em detalhes como que funciona, os formatos e o modus operandi com exemplos. Este livro faz exatamente isto.

How to Get Control of Your Time and Your Life, Alan Lakien:  Bastante senso comum, nada muito inovador. Ficou a desejar. Outros livros que li este ano na mesma linha recemendo mais. Direi mais pra frente. E outros livros como GTD do David Allen.

The Six Pillars of Self-Esteem, Nathaniel Branden: Com certeza um dos melhores livros que já li este ano, senão na vida. Muito pé no chão, clássico, sincero e sobretudo prático. Ano passado inclusive escrevi um post especial com um resumo do livro.

E2, Pam Grout: Idem. Law of attraction. Bem controverso. Mistura com física quântica e Law or Attraction. Interessante. Como disse se gosta recomendo, mas não fica só no sonho. Coloca o negócio em prática.

Aguarde os próximos posts.

Ao todo foram 42 livros este ano. Cerca de 11,000 paginas ou cerca de 3,800,000 palavras e aproximadamente 260 horas de leitura.

Como isto é possível? Consistência. Leio todos os dias de 30 min a 1 hora. Quero aumentar minha velocidade e tempo de leitura e chegar a ler 100 livros por ano.

2 Comments

Filed under Biblioteca

Market Wizard – Marty Schwartz

“I had been a security analyst for eight years and it had become intolerable. I knew I had to do something different. I always knew I wanted to work for myself, have no clients, and answer to no one. That, to me, was the ultimate goal. I had been brooding for years, “Why wasn’t I doing well when I was groomed to be successful?” I decided it was now time to be successful” – Marty Schwartz.

A Entrevista com Marty Schwartz foi sem dúvida a que me deixou mais de queixo caído quando lí. Ele realmente é um modelo de trader bem interessante, pois ele é um trader altamente lucrativo, com baixíssimos drawdowns. Só para ter uma ideia o retorno dele mensal é de cerca de 10 a 20% com um drawdown de no máximo de 3% ao mês que ocorreu uma vez no momento da entrevista. Ele nunca teve um ano negativo.

No primeiro ano como trader ele fez $100K no segundo $600K e a partir dai nunca ficou um ano sem fazer menos do que 1 milhão por ano. Seu capital inicial era de cerca de 90 mil que emprestou do sogro. Uma coisa que ele fazia era todo ano começar a conta com algumas centenas de mil cerca de $200K a $300K e fazia este dinheiro virar 2 a 3 milhões no final do ano. Então ele comprava ouro, títulos do governo, imóveis com este dinheiro e deixava os 200 – 300 mil em cash para começar mais um ano como trader zerado. Isto porque, se ele continuasse ganhando 20% ao mês em 1o anos ele estaria controlando o PIB dos EUA :), se você entende juros compostos. Talvez fizesse isto, pois entendesse seu tamanho com trader e sentia confortável que pudesse entrar e sair rápido do mercado, pois era um day trader que opera no curto prazo. Ainda opera em 2014. Hoje é mais ativo no mercado de petróleo e FX.

Re-lendo a entrevista aqui vão os meus highlights

Sistemas de trading automatizados: No começo de sua carreira como trader teve uma péssima experiencia com sistemas, pois conheceu um programador que desenvolveu um sistema que praticamente fez ele perder todo o seu dinheiro e nunca mais acreditou em sistemas e seguiu o caminho do trading discricionário dai em diante se tornando muito cético quando a sistemas automáticos a ponto de se irritar profundamente toda vez que o Jack fazia alguma referencia a programas de trading.

Sintetizador: Ele se auto intitula um sintetizador, pois tem grande capacidade de absorver conceitos abstratos e complexos e simplificar em uma metodologia lógica e simples que faça sentido para ele. Assim que desenvolveu sua própria metodologia por estudo e observação de comportamento de preços juntamente com o desenvolvimento de sua intuição.

Ego: A única forma de ser lucrativo em trading é matar o seu ego. É primordial aceitar quando se está errado. Para ele muitas pessoas perdem no mercado pelo simples fato de preferir estar certo a ganhar dinheiro.

Pregão vs. Computador: Marty começou sua carreira operando no pregão viva voz, mas com o tempo percebeu que tinha mais clareza do que estava acontecendo no mercado quando subia no horário de almoço no seu escritório e olhava as cotações no computador. Assim passou a ser um trader que opera da própria casa como tempo.

Operar pequeno: Impressionante que está é uma características de todos os Market Wizards que já fiz um post aqui no blog. Ele também diminui o tamanho da posição quando tem uma sequencia forte de perdedores.

Lucro Consecutivo: Uma outra regra que Marty tem é quando ele ganha MUITO dinheiro ele prefere tirar uma pequena folga e curtir o dinheiro, pois perceber que se continuar operando ele fica relapso e acaba perdendo feito. Isto porque ele percebeu que sempre as perdas grande eram precedidas de períodos de grandes ganhos.

 X de sua metodologia: Dentre outras regras ele presta muito atenção em médias móveis que para ele indica a direção que o mercado está indo e procura identificar pontos de entrada de baixo risco onde pode aumentar a sua relação risco retorno. Também olha correlações entre ativos como mercado de bonds e ações e a divergência entre os mercado de bonds como uma ferramenta de confirmação se deve entrar ou sair do mercado. Ele é adepto da crença que na dúvida ele liquida a posição, pois quando está em caixa seu pensamento é bem mais claro e que sempre tem a oportunidade de voltar para o mercado se quiser.

Deixar o lucro fluir: Segundo Marty ele considera que é muito bom em cortar as perdas, mas que ainda tem que melhorar muito em deixar o lucro fluir e reconhece que toma lucro prematuramente muitas vezes. Ele diz que toda vez que toma lucro ele sente como se a caia registradora fizesse u barulho na sua mente. CASHING!

Educação militar: Marty serviu os Mariners nos EUA e atribui ao seu treinamento capacidade de trabalhar sob pressão sem travar. Assim ele explica como que foi possível sair de uma posição comprada na segunda feira negra em 1987 quando o mercado teve sua pior queda percentual da história. No fim do dia ele acabou perdendo somente 300 mil ao invés de 5 milhões que seria a ruína para ele.

Diversificação: Apesar de ser um trader agressivo Marty é super cauteloso e averso a risco pensando que o sistema pode entrar em colapso a qualquer momento. devido a isto ele diversifica seu dinheiro em vários bancos, depósitos de ouro e títulos do governo. Isto porque se alguma coisa ruim acontecer ele tem sempre de onde começar novamente.

Trainees: Ele tentou emular o seu trading e ensinou a metodologia a vários estagiários, mas sem sucesso. Ele disse que não pode transferir o seu estômago para seus funcionários uma vez que é um trader discricionário.

Gerenciar dinheiro dos outros: A entrevista foi feita no final da década de 80 e até então Marty somente estava administrando seu próprio patrimônio e estava somente pensando em abrir um fundo com dinheiro dos outros. A entrevista não fala isto, mas não sua auto biografia Marty conta que foi um TOTAL desastre e ele quase perdeu a vida apos ir parar no hospital de tanto estresse. Existem pessoas que nasceram para administrar dinheiro dos outros e algumas, como ele, não.

Sucesso: Depende apenas de uma mudança de atitude que foi que ele fez. Não importava o quão inteligente ele fosse ele não foi bem sucedido a não ser a partir do dia que tomou uma decisão drástica em sua vida.

Se quer mesmo se aprofundar no estudo de Marty recomendo ler sua auto biografia que conta em detalhes sua trajetória e processo de se tornar um trader campeão.

Recentemente deu uma palestra que está no YouTube que vale ouro

 

 

 

 

 

 

6 Comments

Filed under Biblioteca, Reflexão, Uncategorized

Livros que li em 2013 – PARTE III

 “Become a producer and not a prisoner of society. Don’t hide your light under a bushel” Joseph Murphy.

Agora a parte final dos 50 livros lidos em 2013.

33. The Trend Following Bible: How Professional Traders Compound Wealth and Manage Risk by Andrew Abraham: Mais um livro de trading que li. O Título é bem marqueteiro e o livro é bom. O autor compartilha bem a sua própria experiencia e mostra bastante a parte técnica do Trend Following e algumas de suas estratégias. O trader também é um grande investidor em Hedge Funds de trading following e uma das estratégias mais interessantes do livro é comprar draw down de fundos de trend following o que se assemelha a comprar dips em um bull market. Recomendo se é do ramo de trend following. Andrew tem um site com bastante recursos e videos que ajudam na educação.

34. The Trading Tribe by Ed Seykota:  Livro que já comentei aqui no site, mas eu re-li, pois estava indo para o seminário do Ed em Austin. Li o livro no avião. Recomendadíssimo.

35. Govopoly by Ed Seykota: Novo livro do Ed que falei nele aqui no Blog. Tive o prazer de participar do grupo de revisores e até fui mencionado na aba e nos reconhecimentos do livro. O livro é uma MASTER CLASS de economia. Se gosta de entender como que a economia funciona eu recomendo demais.

36. 50 Prosperity Classics by Tom Butler-Bowdon: Considerando que eu li este livro entao eu li na verdade 99 livros este ano, pois este vale por 50. Gostei da ideia RESUMÃO. Isto me faz lembrar a época do vestibular quando tinha um livro com o resumo dos trocentos livros de literatura na lista da FUVEST. Como tinha muitos livros que queria ler que estavam neste resumão eu preferi dar uma palhinha em cada para depois comprar somente aqueles que tocarem mais o meu coração. O que estou já fazendo este ano. Achei uma excelente ideia. Recomendo se quer matar 50 coelhos com uma paulada.

37. Trading With The Odds: Using the Power of Probability to Profit in the Futures Market  by Cynthia A. Kase: Este livro é um antigo que estava na minha lista de espera. Acredito que enrolei um pouco devido o livro estar fora de edição e era difícil encontrar e caro. Entretanto achei um vendedor na Amazon com um preço razoável para um novinho encalhado na prateleira. Cheguei ao conhecimento deste livro pela lista de recomendação do TYWTFF do Van Tharp. O livro tem muito a parte matemática preditiva e ele tenta colocar uma estrutura na parte da Elliot Wave e deixar mais objetiva e menos subjetiva. Recomendo se é um trader com um viés mais discricionário.

38. You can heal your life by Luise Hay: Um CLÁSSICO da auto ajuda da década de 80. O livro praticamente tem meio que a solução e a causa para todos os problemas pessoais, físicos, de relacionamento e financeiros. Na linha da auto ajuda WoWo, mas pro incrível que pareça faz total sentido e tem funcionado na minha vida algumas técnicas aplicadas na parte psicológica. No final das contas conta muito a questão de crença, ou seja, quando mais acredita no que parece “loucura” no livro, suas teorias fazem mais sentido e funcionam melhor. Recomendo se acredita nestas coisas paranormais e se quer ter mudanças mágicas na sua vida.

39. Happy Minimalist by Peter Lawrence: Conheci pessoalmente o autor que acabou virando um amigo. Eu queria conhecer um pouco do que seria ser um minimalista. Eu acredito em minimalismo no sentido de simplificar a vida e eliminar o excesso, mas tenho minhas reservas de como o Peter coloca seu estilo de vida minimalista que é um estilo bem radical. Como exemplo dormir em saco de dormir e ter uma panela em casa. Ok Ok super ecológico mas ZERO conforto. Recomendo se quer ter uma visão geral sobre minimalismo ou se quiser um resumão assista a este documentário.

40. Predictably Irrational, Revised and Expanded Edition: The Hidden Forces That Shape Our Decisions by Dan Ariely: Livro que quem me recomendou foi o Michael Covel. Interessante o livro que junta um pouco de economia, marketing e probabilidade. E o título explica bem o que é o livro. Ele mostra como somos irracionais e como as empresas e os marqueteiros se aproveitam para capitalizar em nossa irracionalidade. Best Seller recomendadíssimo. Dan não só é bom escritor, mas um excelente palestrante e pode ser encontrado em vários videos do YouTube. Ele é professor do MIT.

41. The Power of Awareness by Neville Goudart: Este livro é o que falei que o Wayne Dyer praticamente plagiou quando escreveu o livro Wishes Fulfilled, o numero 14 da lista. Um outro clássico da auto ajuda escrito na década de 50. Basicamente a principal teoria do livro é que se quer que algo aconteça na sua vida o melhor método é viver como que aquila já fosse uma realidade. Alguns autores dizem que é uma forma de dar uma tapeada no subconsciente, pois fazendo isto a nossa mente trabalha automaticamente para concretizar a nossa fé. Altamente recomendado. Muito boa leitura. Eu adoro os clássicos

42. Critical Path by Buckminster Fuller: Este livro é uma obra prima. Eu comecei a pesquisar sobre Bucky, como é carinhosamente conhecido, quando o Van Tharp mencionou ele em algum de seus materiais no Workshop que participei em Março de 2013. Bucky é considerado o Leonardo da Vinci do século 20. O livro é um mix da explicação do sentido da vida e como criar um sistema interno de viver uma vida totalmente baseada em um guia interno que todos temos dentro da gente e que como qualquer indivíduo normal pode se tornar um gênio. O livro é cheio de ciência, geografia, navegação, história, química e uma visão holística do mundo. Uma coisa que fiz em paralelo a leitura do livro foi assistir aos vídeos onde Bucky explica em cerca de 16 horas tudo que ele sabe. A frase mais impactante é “Todos nós devemos esquecer a ideia de viver para nos sustentar, mas simplesmente estar comprometido em focar no que o universo está querendo fazer”. Altamente recomendado se quer entender melhor o que é o nosso universo.

43. Seven Habits of highly effective people by Stephen Covey: Outro clássico que estava na minha lista há um tempo. O  que me levou a ler este livro foi o Ed Seykota fazer algumas menções do livro no seu seminário que participei em Setembro de 2013. O livro é altamente estruturado e dá um processo de como fazer uma transformação pessoal e relacional para o sucesso pessoal. No final do livro me deu vários AHAs! com relação a nossa responsabilidade em atingirmos os nossos próprios resultados e como que somos responsáveis com o sucesso no relacionamento alheio e que no final das contas temos o poder de ter total controle sobre a nossa mente e resultados.

44. Use Your Head: How to unleash the power of your mind by Tony Buzan: Livro recomendado pelo Trader Senna. Outro clássico da auto ajuda. Muito bom as técnicas do livro que envolvem uso da memória, leitura dinâmica e mind maps que foi algo desenvolvido por Tony. Altamente recomendado.

45. The Compound Effect by Darren Hardy: Este foi um dos livros mais importantes que li o ano passado. Este está na lista de livros de auto ajuda pé no chão e prático. A parte mais importante do livro é um questionário de avaliação pessoal das principais áreas da vida (Saúde, Relacionamento, Negócios, Carreira, Espiritual, Finanças Pessoais, Mental e Estilo de vida). Isto ajudou muito a identificar minhas fraquezas e áreas que preciso melhorar e foi base para eu criar um sistema de objetivos e metas para o ano de 2014. Altamente recomendado. Esta na lista dos TOP 5 do ano.

46. The Bible for Compounding Money by Andrew Abraham: Livro na linha do 33, não muito diferente e bem repetitivo. Melhor ler o 33 e não este.

47. Tomorrow’s Gold: Asia’s age of discovery by Marc Faber: Um prato cheio para que gosta de economia e entender como que os ciclos econômicos e o fluxo global de capital funciona. Excelente pesquisa feita por Marc. Recomendo se é tarado por cenários econômicos e macroeconomia com eu.

48. Breaking the Habit of Being Yourself: How to Lose Your Mind and Create a New One by Joe Dispenza: O que me chamou a atenção a este livro e motivou a leitura foi quando eu re-assisti ao documentário “What the Bleep do we know?”. Joe foi o participante que mais me chamou a atenção quando assisti o documentário. O livro é muito bem escrito e dá uma perspectiva da ligação da espiritualidade com a ciência.  Ele liga física quântica com química biológica. Fascinante e um bom instrumento para crescimento pessoal se você tem um viés mais científico.

49. Made in Japan: Akio Morita and Sony by Akio Morita: Acho que o livro que ficou na minha fila de leitura por mais tempo. A mais de 10 anos que quero lê-lo. Outro livro que já saiu de impressão. É a auto biografia do Akio Morita, fundador da Sony. Interessante aula de história e de Business. Pra mim tem um valor especial, pois trabalhei muito em empresas japonesas e conheço bem a cultura, mas queria entender as motivações e os princípios por detrás desta linda cultura que admiro muito. Altamente recomendado.

50. New Concepts in Technical Trading Systems by Welles Wilder: Finalmente o último livro para completar o numero 50. Welles Wilder realmente uma pessoa a frente do seu tempo e ele é o inventor dos indicadores técnicos mais utilizados como o ATR, ADX e RSI. Impressionante aula de trading e de gerenciamento de risco, pra mim as duas paginas mais importantes do livro que coloquei no meu relatório de gerenciamento de risco.

Agora para finalizar aqui vai a lista dos TOP 10 que realmente abriram minha mente para novas possibilidades e me acrescentou algo inovador. Não necessariamente na ordem, pois todos são tão bom quanto em suas respectivas área de conhecimento.

The Science of Getting Rich
Cashflow Quadrand
The Life Plan: How Any Man Can Achieve Lasting Health, Great Sex, and a Stronger, Leaner Body 
The Dynamic Law of Prosperity
The Adventure of Self Discovery
The Power of Awareness
Critical Path
Seven Habits of Highly Effective People
Breaking the Habit of Being Yourself: How to Lose Your Mind and Create a New One
Personal Development for Smart People

 

2 Comments

Filed under Biblioteca, Jornada, Reflexão

Livros que li em 2013 – PARTE II

Só uma notinha. Este é o post numero 100. Um marco aqui.

Continuando a lista do livros que li em 2013.

17. The Dynamic Law of Prosperity by Catherine Ponder: Interessante livro para quem tem muitas crenças sobre dinheiro e Deus. O livro ajuda bem na questão de trabalhar o estado mental sobre criar riquezas e como que isto tem a ver com crenças religiosas e espirituais. O livro é basicamente mais indicados para cristãos que a linguagem é mais bíblica. Para mim funcionou bem. A autora é da linha da Unity Church que foi fundado por Charles Fillmore.  Basicamente a crença é que Deus quer que sejamos prósperos e que dinheiro é bom e que depende da gente querer ou não para Deus não faz diferença a quantidade. O livro é bem extenso, com uma visão bem positiva de Deus e sua bondade e o relacionamento com o dinheiro. Também fala sobre alguns aspectos importantes de pessoas prósperas que também tem fé, são generosas, não tem inveja, são positivas, criativas e ao longo do livro muita base e interpretação bíblica é usada. Recomendo se é cristão e tem alguns bloqueios com dinheiro como sendo algo mau. 

18. The Science of Success: How Market-Based Management Built the World’s Largest Private Company by Charles G. Koch: Este livro foi aquele que me comprou pelo título que estava na linha do livro do Wallace Wattle, mas na verdade  o livro é sobre negócios e a metodologia que este cara que é dono da maior empresa fechada do mundo. Deve estar junto com a Cargill entre as maiores. Uma empresa familiar que é um monstro e nunca abriu capital. O livro fala destes princípios. Recomendo se quer inovar sua empresa para algo mais criativo e participativo.

19. Personal Development for Smart People by Steve Pavlina: Steve Pavlina é um excelente blogger na área de personal development. Eu li muito o seu blog que recomendo muito. Ele foi um cara que me inspirou muito e estava a tempo na minha lista ler seu livro. Muitos dos conceitos já estavam no seu blog e de graça, mas o interessante do livro é que ele é bem estruturado e coloca toda sua filosofia em um só lugar. Muito bom e tem um bom equilíbrio entre a parte mais WoWo da auto ajuda e a parte realista e prática. Altamente recomendado para você que esta buscando crescer em qualquer área, incluindo trading. Recomendo também muito ouvir os seus podcast, principalmente o 16 e o 23, se prepara para a viagem :).

20. Mastering the Australian Housing Market by John Lindenman: Interessante livro sobre o mercado de imóveis na Austrália e como que ele se comporta ao longo de décadas. Mostra as principais estratégias de investimento aqui. Excelente livro para se educar nesta área. Bem voltado para o mercado Australiano, mas tem estratégias genéricas de investimento que podem ser adotadas em qualquer pais. Gostei muito da parte de cenários econômicos e como o mercado se comporta em ciclos. Recomendo a leitura se mora na Austrália.

21. The First 20 Hours by Josh Kaufman: Este foi um dos livros que o título e o marketing é muito bem feito, mas o conteúdo em si fica a desejar. A parte teórica faz todo sentido, mas a prática não muito. Ficou abaixo da expectativa. Pra mim não funcionou muito. Não recomendo.

22. Thou Shall Prosper by Daniel Lapin: Na mesma linha do 17 acima, mas mais voltado para a cultura judaica. O livro explica muito porque os judeus são prósperos e quais são os princípios baseados em crenças religiosas. Recomendo se tem um viés religioso, mesmo que seja cristão.

23. Break Through Rapid Reading by Peter Kump: Este ano uma coisa que me ajudou muito em ler mais rápido foi este livro. Eu sempre achei que lesse mais lento do que a média, mas descobri que não estou tão mal assim e com este livro eu dobrei minha velocidade de leitura. Confesso que não melhorei mais por pura indisciplina de não fazer todos os exercícios de melhoria no livro. Eu lia cerca de 180 palavras por minuto antes e agora leio em torno de 280 a 320 dependendo do livro. A minha meta é ler cerca de  600 a 700, assim, estou satisfeito e atinjo a leitura de 100 livros em um ano sem aumentar o meu tempo de leitura que dedico atualmente. Cerca de 6 a 7 horas por semana. Recomendo se quer ler mais rápido e ser mais produtivo.

24. The adventure of self discovery by Stanislav Grof: Este livro chegou a meu conhecimento através do Ed Seykota, pois um dos capítulos do livros que fala sobre respiração Holotropic (não sei a tradução disto em português). O livro é bem psico-loco. O autor é um psiquiatra que na década de 60 estudou os efeitos do LSD clinico no tratamento de pacientes. Uma coisa que o LSD causa são estados não ordinários de consciência onde existe um encontro consigo mesmo e seu mundo interno. A grande vantagem deste tratamento, quando feito com um propósito, é o grande potencial de criatividade e conhecimento interno que o tratamento causa. O autor condena o uso indiscriminado da droga como é usado em viciados, mas reconhece seus benefícios. Hoje ele não usa mais o LSD clinico, mas através desta respiração (holotropic)  é possível atingir os mesmos estados não ordinários de consciência e é uma ótima ferramenta para crescimento pessoal. O Ed faz retiros para graduados em seus workshops onde a respiração é praticada. Se curte o assunto e já leu o My Child Problem by Albert Hofmann este livro será interessante e recomendado.

25. Ctrl Alt Delete: Reboot Your Business. Reboot Your Life. Your Future Depends on It by Mitch Joel: Livro ficou abaixo das expectativas como o numero 21 acima. Pra quem é do ramo de marketing e curte o BLA do marketing recomendo caso contrário não. Nem sei porque acabei comprando e lendo o livro. Cai mesmo no marketing do título e da propaganda. :).

26. How to be a Super Reader by Ron Cole: Este livro é na mesma linha do 23 entretanto achai mais atual e prático. Recomendo.

27. Think and Groth Rich 21st Edition by Napoleon Hil: Este livro dispensa comentários. Já falei tanto dele aqui no blog. Eu achei esta versão áudio na internet e ouço algumas passagens quando tenho um tempo aqui e ali. Eu não gosto de perder tempo. Altamente recomendado ter ele no seu Smartphone.

28. Success Secrets of the Bible by Edmund Haggai: Este livro eu ganhei do presidente do Instituto Haggai daqui da Austrália do qual sou contribuidor e voluntário. Como sou um self development junkie foi um prato cheio. Não é a toa que admiro o Dr. Haggai, que tive o prazer de conhecer o ano passado quando esteve em Sydney em um congresso. O livro fala de princípios de sucesso na linha do livro de Napoleon Hill, mas com um viés mais cristão. Interessante que o Dr. Haggai conheceu o Napoleon Hill pessoalmente e foi convidado para trabalhar com ele, mas Dr. Haggai recusou para cumprir sua missão com o instituto que pra mim é a mais eficiente instituição missionária. Taí o motivo que doo para esta obra. Recomendo demais.

IMG_0086

Dr. Edmund Haggai e Pedro Junqueira

 29. Uncertainty: Turning Fear and Doubt into Fuel for Brilliance by Jonathan Fields:  Livro interessante na linha motivacional para os empreendedores on-line atuais que ganham dinheiro fazendo o que amam. Na linha dos livros do Chris Guilebeau que está na lista de outros anos aqui. Recomendo o livro e recomendo muito as suas entrevistas no YouTube. Pode ser achado no seu blog The Good Life Projet.

30. A Passion for the Edge: Living Your Dreams Now by Tim Tyler: Interessante o livro onde o autor conta sua aventura e sonho de dirigir de moto do Alasca até Seattle sozinho. Era o seu sonho assim como se aposentar cedo. Não recomendo, pois não achei muito útil e ficou um pouco abaixo da expectativa pois estava mais interessado mais na trajetória de alguém se aposentar cedo do que na aventura da viagem em si.

31. What Time Is It? You Mean Now?: Advice for Life from the Zennest Master of Them All by Yogi Berra: Yogi Berra é um ídolo do basebol americano. Altamente bem sucedido como jogador e como técnico. Ganhou inúmeros títulos jogando e treinando o NY Yankees. A melhor descrição dele é que ele seria a versão americana do Vicente Mateus. Para quem não sabe o presidente do Corinthians das décadas de 70 e 80 que soltava algumas frases do tipo “O Socrates é invendável e imprestável” ou “quem sai na chuva é pra se queimar” ahahahahaha. O livro é cheio de sabedorias e cada capitulo é baseado em uma frase de efeito. É um livro de inspiração e de motivação. Recomendo.

32. Tradind like a Casino by Richard Wheisman: YAY!!! Finalmente um livrinho de trading. Este livro quem acabou trazendo ao meu conhecimento foi o trader Senna. Acho um excelente livro para dar uma visão geral do que é o trading da parte, técnica, sistemas e psicologia. Muito bem escrito e bem ponderado e equilibrado e ao mesmo tempo realista. Tem outro livro dele que está na minha lista deste ano. Este é o segundo livro dele. Altamente recomendado.

Ok esta é a parte II. Aguarde em breve a parte III.

 

 

6 Comments

Filed under Biblioteca, Fundamentos, Jornada

Livros que li em 2013 – PARTE I

“I find television very educational. Every time someone switches it on I go into another room and read a good book.” Groucho Marx 

Agora já virou tradição em todo começo de ano. Eu publico um post com os livros que li no ano anterior.

Você pode checar aqui os livros que li em 2011, 2012 e minha biblioteca essencial de trading.

2013 sem dúvida foi o ano que mais li livros em toda minha vida. Ler foi algo que sempre gostei, mas a cada dia mais gosto mais. Antes lia cerca de 4 a 5 livros por ano, mas agora com disciplina e foco e lógico muita curiosidade e vontade de aprender eu li 50 lívros em 2013. Isto meso cinquenta. Praticamente um livro por semana e algumas semanas li mais do que um. Foram estimadas 12,300 paginas e cerca de 200 a 300 horas de leitura.

Então para não ficar longo o post vou quebrar este blog post em 3. Parte I, II e III.

Vou colocar em ordem cronológica de leitura e, como sempre, vou colocar um pequeno comentário sobre o ponto principal que aprendi e se recomendo a ler ou não.

1. The Science of Getting Rich by Wallace Wattle: Um clássico do desenvolvimento pessoal que inclusive foi o livro que inspirou Rhonda Byrn a escrever e filmar o documentário The Secret. O livro passa a lição principal que o Napoleao Hill e o Earl Nightingale sempre fala. E a lição é “Nós nos tornamos o que pensamos”. Então, o processo de prosperar é um trabalho mental e não puramente físico. O físico é apenas uma manifestação do mental. Altamente recomendado. O livro é um clássico e foi escrito Circa 1910. Está no domínio público e tem vários PDFs por ai na net. Recomendo.

2. Trading Beyond the Matrix by Van Tharp: O melhor livro do Van Tharp depois, lógico do clássico Trade Your Way to Financial Freedom. Este é o livro que Van é o mais generoso possível revelando o maior conteúdo de seus seminários de psicologia que eu tive o privilégio de participar em Marco de 2013. A parte mais valiosa do livro é a estrutura para se desenvolver um business plan de trading que acho que vale a compra. O livro é bem interessante, pois conta a jornada de transformação de vários traders e quais são os pontos chaves desta transformação. Para mim foi especial, pois eu li o livro enquanto fazia os seminários. Recomendo muito.

3. Finding your North Star by Martha Beck: Excelente livro para quem está procurando sua vocação e não entende porque você ODEIA o seu trabalho e isto muitas vezes te faz mal fisicamente. O livro explica como encontrar o nosso EU essencial. segundo a autora todos nos temos dois EUs. O social e o essencial. O social é a aquele que atende as expectativas da sociedade, incluindo, família, pais e colegas. O essencial, por outro lado, é aquele que conecta com as paixões de infância, que te deixa mais forte, inspirado e conectado com Deus. O livro é longo e com muitos exercícios e exemplos. Altamente recomendado.

4. The Laws of Success by Napoleon Hill: Foi uma maratona. Um livro de 1000 paginas que não li mais ouvi. Este é o livro mais completo de Napoleão Hill que publicou em 1927 depois de uma pesquisa que levou 20 anos para completar. Explico mais sobre isto neste post aqui. Altamente recomendado.

5. Loving What Is: Four Questions That Can Change Your Life by Byron Katie: Interessante livro que cheguei ao conhecimento por indicação do Van Tharp. Byron Katie tem um interessante método de resolver qualquer bloqueios mental que nos fazem sofrer sem necessidade. O método se chama The Work. O princípio é que nos projetamos aquilo que damos atenção nos outros e isto nos faz irritar e sofrer e no final das contas tudo não basta de uma criação mental. Recomendo se quer quebrar algumas noias que tem na cabeça e quer melhorar em geral seus relacionamentos, perdoar e ter mais paz. No final das contas o maior problema, se existe algum, está dentro da gente e quando queremos mudar basta somente analisar a nossa mente e mudar, então, o mundo a nossa volta muda.

6.The Magic by Rhonda Byrne: Da mesta criadora do The Secret. O livro basicamente é um exercício de gratidão onde ele leva ao extremo ser uma pessoa grata. Segundo a autora a gratidão é o ponto da grande virada na vida de um indivíduo da pobreza para a prosperidade. Então se está desesperado e não sabe por onde começar comece a agradecer que as coisas começam a mudar. Eu achei meio chato a leitura. Os primeiros capítulos são interessantes e depois fica chato, mas é um bom começo para entender o quão ao extremo uma pessoa pode ser grata. Com certeza cada dia mais eu sou mais grato e por incrível que pareca te da um grande senso de segurança e paz. Não recomendo a leitura.

7. The Secret of Quantum Living by Frank Kinslow: Interessante este livro que pela primeira vez me deu uma noção de física quântica e qual a sua relação com o plano psicológico e espiritual. O que me irritou um pouco no livro é que ele vem com uma pequena solução para todos os nossos problemas (de saúde, mentais, financeiros de relacionamento e etc.) e talvez para mim que sou uma pessoa muito lógica e estrategista me deixou um pouco cético e meio que abandonei a possibilidade de acreditar no método 100% a ponto de usar na minha vida, mas eu tive algumas experienciarias interessantes aplicando o seu método. Pode funcionar para você, mas para mim foi interessante aprender. Recomendo com reservas se quiser explorar este plano de possibilidade.

8. The Disapearance of the universe by Gary Renard: Me interessei por este livro quanto fiquei curioso para estudar o livro A course in miracles (ACIM) que é bem recomendado por Van Tharp no processo de transformação. Este livro é meio que um resumão do conteúdo e aplicações das teorias do ACIM. O livro foi canalizado por duas entidades que Gary supostamente encontra e dita as teorias. Interessante até certo ponto, mas chegou um ponto que ficou meio ridículo e acho que ai o ego do autor cresceu como um balalão e começou a colocar algumas crenças politicas, fazer previsões sobre o futuro e colocar alguns juízos de valor que vai contra alguns conceitos colocados no livro o que pra mim tirou total algum crédito que o autor ainda tinha. Eu NÃO recomendo a leitura. O livro é extenso, mais de 400 paginas.

9. The Richest man in Babylon by George S. Clason: Livro que foi recomendado por Jim Rohn e muitos autores em desenvolvimento pessoal usam suas teorias como exemplo. O principal princípio deste livro é “pay yourself first” que consiste em separar 30% da renda ganha em três partes. 1) 10% Dizimo (doar para uma caridade que esteja ligada a uma crença espiritual)  2) 10% para uma conta de poupança que rende um jurinho 3) 10% em capital de risco aplicado em uma empresa ou negócio que gerará lucro. Recomendo.

10. A Thousand Names for Joy: Living in Harmony with the Way Things Are by Byron Katie: Livro na mesma linha do # 5 acima.

11. Cashflow Quadrand by Robert Kyosaki: Pra mim um dos melhores livros que já lí. Particularmente este livro o que eu sentia quando lia era que era um livro que EU gostaria de um dia escrever, pois me identifico muito com a teoria. Genial. Basicamente o livro fala sobre 4 formas de ganhar a vida. E (Empregado), S (Self Employed ou Prestador de Serviço), B (Business ou Negócios) e I (Investidor). O livro explica como que funciona cada um e quais a limitação de um e do outro. Dos 4 tipos o que recomenda é uma mistura de Business e Investimentos que é onde as pessoas ais ricas do mundo flutuam. Altamente recomendado.

12: Rich Dad Poor Dad by Robert Kyosaki: O livro muita coisa vai na linha do 11 e foi o primeiro livro da série e explica os mesmos conceitos. Todos os livros do Kyosaki depois ficam repetitivos, mas a coisa principal é a mudança de mentalidade. Ajuda muito a entender como é possível um mendigo ficar milionário. Altamente recomendado.

13: The Life Plan: How Any Man Can Achieve Lasting Health, Great Sex, and a Stronger, Leaner Body by Jeffry S. Life: Queria um livro completo sobre saúde, alimentação, exercício e como ficar sarado. O que me atraiu neste livro foi a impressionante foto do cara que escreveu. Um velhinho de 72 anos que é SARADASSO. Foi muito bom, pois ele fala cientificamente e desvendando os segredos de como ter uma vida mais saudável e como a alimentação e o exercício é importante. Isto me fez mudar totalmente minha dieta e a começar a ir a academia e levantar peso. Se quer melhorar seu trading, o foco, o libido, a energia, a saúde eu recomendo muito.

14: Wishes Fulfiled by Wayne Dyer: O Wayne também foi mais uma recomendação do Van e já conhecia alguns YouTubes muito bons dele. Este livro praticamente é um cópia de um clássico do Neville Gouddard  (The power of awareness) que foi escrito na década de 30. Enfim, o livro fala da parte mais espiritual e mistica do desenvolvimento pessoal que é explorado no livro #1 acima. Basicamente a ideia principal é que para mudar de situação seja qual for a sua é viver como se já tivesse realizado o seu sonho. Exemplo se quer ser um trader o segredo é acordar e já agradecer que é um trader bem sucedido, sentir como já fosse uma realidade. Isto é um processo que ajuda o subconsciente que não consegue diferenciar o que é um centavo e o que é um milhão, mas o que você coloca na cabeça ele aceita. Mais uma vez um livro que ajuda no processo de transformação, pois sempre digo que tudo é psicológico e começa na mente. Recomendado.

15. The Creature from Jekyll Island : A Second Look at the Federal Reserve by G. Edward Griffin: Este foi mais um audio livro que ouvi, não li. O livro conta a história da criação do FED (Banco Central Americano). Muito interessante a trama que foi arquitetada como um forma de favorecer o setor financeiro e o status quo, danificando as liberdades individuais. O livro conta a orquestração politica e as manobras de mídia que os criadores do banco fizeram para implementar o seu plano astuto. Ano passado o banco central fez 100 anos. Na minha opinião, assim como do autor, ele deve ser fechado. Recomendo se gosta de história e quer entender mais sobre economia.

16: Choose Yourself by James Altucher: James, como já disse mil vezes aqui, é o meu blogger favorito. Ele me inspira muito e este livro eu li mais pelo interesse nas histórias sobre empreendedorismo que ele conta no livro. Bem divertida e inspiradora a leitura. Altamente recomendado.

2013 eu não li muito livros sobre trading e resolvi focar quase que totalmente na parte psicológica e em desenvolvimento pessoal, pois estou disposto a atingir outros patamares pessoais e sei que a única forma é através da psicologia. 

Continuo nos próximos posts as leituras restantes.

Li PRA CARAMBA em 2013

4 Comments

Filed under Biblioteca, Jornada, Psicologia de Trading, Reflexão

Market Wizard – Bruce Kovner

“Nowadays, everybody is a chartist, and there are a huge number of technical trading
systems. I think that change has made it much harder for the technical trader” Bruce Kovner

 Estas entrevistas com os Market Wizards é uma melhor do que a outra. Caso você já leu o livro eu recomendo re-ler. Eu por exemplo estou re-lendo pela terceira vez. 

O que estou percebendo é que cada vez que leio mais coisa NOVAS absorvo. Lembro que da primeira vez que li o meu queixo caiu com alguns aspectos como os resultados absurdos que os Market Wizards conseguiam. Para mim foi uma total mudança de paradigma.

Este livro foi o que mais me despertou interesse em pesquisar mais sobre trading. O que ocorre é que depois de anos de pesquisa e entender mais o mercado agora estou entendendo melhor o que os traders querem dizer nas entrevistas e estou tendo novas sacadas e novas idéias para melhorar o meu trading.

Bruce Kovner foi discipulo de Michael Marcus. Marcus de cara ele já percebeu que Kovner seria um sucesso. Para começar na entrevista onde Marcus estava a procura de um assistente. Entretanto, depois de entrevista-lo Marcus gostou tanto que quando ligou para oferecer a vaga disse que tinha duas noticias. Uma ruim e uma boa.

A ruim é que ele não seria mais contratado como assistente e a boa é que seria contratado como trader pleno!

Bruce Kovner trabalhou na Commodities Corporation, assim como Ed Seykota, Paul Tudor Jones, Marty Schwartz e Louis Bacon.

Kovner se aposentou do trading em 2011, mas a empresa que fundou em 1983, Caxton Associates, ainda administra cerca de 8 Bilhões de dólares.

Hoje Kovner se ocupa mais com atividades filantrópicas e vive nesta pequena casa na 5a avenida em Nova Iorque. Atualmente está na em #95 na lista dos caras mais ricos dos EUA.

1130 Fifth Avenue, Bruce Kovner Residence. Fonte: Wikipedia

Aqui então vai as minhas sacadas da entrevista que falaram muito ao meu coração.

Intuição e emoções: Quando ele percebe que o mercado está fazendo alguma coisa que está perturbando emocionalmente e não entende o que está ocorrendo no mundo, então, a melhor coisa que faz é fechar todas as posições. Segundo ele, não vale a pena ser pego em uma situação onde se perde dinheiro por não entender o que ocorre no mercado. É importante ter extremo equilíbrio emocional para ser trader, pois os níveis emocionais podem ser fortes demais. Isto porque perder milhões no mercado é algo corriqueiro quando vira um trader grande. Caso tenha problema em perder uma quantia assim, melhor não ser trader.

 Trabalho duro: Uma coisa que aprendeu com Michael Marcus que um dia disse que se ele se “aplicasse nos mercado poderia fazer milhões”. Kovner acredita que se você não trabalhar duro dificilmente será um  trader competente.

Erros: Traders tem que estar dispostos a cometer erros. Não tem nada de errado em cometer erros.

Imaginação e cenários: Traders tem que ter a mente criativa de imaginar possíveis rumos que o mercado pode tomar e ter isto planejado em cada operação.

Treinar traders: Kovner acredita que é possível treinar traders a serem bem sucedidos, mas ele não obteve muito sucesso nesta área. Ele chegou a treinar vários traders e somente alguns poucos acabaram ficando muito bons. Os pontos chaves, segundo ele, foram força [mental], disciplina e disposição de entrar em uma posição que ninguém está confortável em tomar.

Analise técnica vs. Analise fundamentalista: Sem dúvida alguma Kovner é um cara fundamentalista que olhava para o gráfico confirmar o cenários que estava esperando. Kovner faz a analogia do médico com o termômetro. Assim como o termômetro ajuda o médico a diagnosticar a doença a analise técnica ajuda ao trader diagnosticar o mercado, mas os fundamentos são mais importantes, pois são eles que definirão a visão macro e as possíveis direções do mercado. Segundo ele, o trader deve olhar todos os aspectos do mercado que dão uma vantagem competitiva.

Análise técnica é uma boa ferramenta para explicar o passado e não o futuro.

Surpresa: Quando um movimento de mercado ocorre de forma forte e de surpresa, ou seja, ninguém está esperando, então mais provável que o movimento continue numa tendencia. Principalmente vindo de uma congestão. Kovner da exemplos de governos que podem estar atuando no mercado de commodities e ninguém está sabendo, somente os insider. Kovner da o exemplo do governo Russo operando no mercado de grãos.

A mesma lógica vale para o contrário. Quando todo mundo esta esperando algo e algo ocorre, grande chances do mercado reverter. 

Cortar as perdas: Assim como Marcus ele diminui o tamanho das apostas quando está numa sequencia de perdedores.

Sistemas automáticos: Não acredita em sistemas automáticos, pois os mercados estão em constante mudanças. Confirmando seu viés discricionário.

Stops: Antes de entrar em qualquer posição ele já sabe onde vai sair caso as coisas não ocorram como o esperado. O tamanho da posição é calculado baseado em onde está o stop e o stop é colocado de acordo com a analise técnica. O Stop é sempre colocado em um lugar não tão perto da entrada para deixar o trader mais folgado para trabalhar e nem num lugar muito obvio que fará o stop ser executado facilmente. 

Preocupações: A ÚNICA coisa que preocupa ele é mau gerenciamento de risco, de resto NADA preocupa ele.

Forex e 24/7: No momento da entrevista Kovner tinha monitores e telas espalhadas por suas casas. Inclusive a de campo. E durante a noite tinha assistentes monitorando o mercado 24 horas. O assistente pessoal dele era autorizado a acorda-lo somente duas noites por ano. Somente em casos de guerra ou se algum primeiro ministro renunciasse, por exemplo. Isto porque, estes eventos podem causar grandes movimentos no mercado de Forex. Do contrário o assistente tomava decisões nos cenários que eram atualizados semanalmente. Na época da entrevista, cerca de 1990, Forex correspondia 60% do volume operado por ele. O fato de operar 24 horas por dia não incomodava ele, pois estava “no sangue” e ele curtia demais.

Trend Following: Tem a mesma opinião que o Michael Marcus. Trend Folowing foi muito bom nos anos 70 e depois só tomou porrada. Principalmente no mercado de commodities. Vale lembrar que a entrevista foi em 1990 e na época Richard Denis, um grande trend follower estava tomando tanta porrada que resolveu se aposentar depois de perder 50%. Ele acredita que devido a muitos traders usarem sistemas parecidos o mercado está mais vulnerável a falsos break outs.

Conselho para os iniciantes: A coisa mais IMPORTANTE é gerenciamento de risco.

Bruce Kovner. Fonte: Forbes

6 Comments

Filed under Biblioteca, Fundamentos, Psicologia de Trading, Reflexão, Trading Plan

Market Wizard – Michael Marcus

“The most important question a person can ask is, “Is the Universe a friendly place?” – Albert Einstein

Sem sombra de dúvida o livro que me deixou paralisado foi Market Wizard de Jack Schwager.

Livro recomendado na lista do Trade Your Way to Financial Freedom do Van Tharp.

O livro é uma coletanea de entrevista dos melhores traders do mundo. Pessoas reais que são considerado magos do mercado devido aos ganhos percentuais absurdos.

Até então eu só acreditava que seria possível atingir retornos de 10 a 12% ao ano consistentemente com uma estrategia buy and hold, comprando ações e se descontar a inflação este ganho chega a ser de apenas um digito.

Então quando leio Market Wizard percebe-se que existem traders, pessoas reais, que transformaram quantias como $400 em $200,000,000 ou $5,000 em $12,000,000. Ganhos consistentes de mais de 100% ao ano em um período de mais de 10 anos. Pessoas que fizeram fortunas e perderam fortunar no mercado.

Se ainda não leu o livro. POR FAVOR LEIA. É o livro mais importante para formar o seu estilo de trading.

Neste tom que queria lançar uma série de posts sobre os Markets Wizards para revisitar os meus Market Wizards preferidos. São traders que procuro adotar um pequeno aspecto deles que sintonizam com minha personalidade.

Hoje começo por Michael Marcus e coloco aqui os meus insights ao re-ler sua entrevista esta semana.

 Michael Marcus começou sua carreira com uma analista de commodities numa corretora de valores e já desenvolveu aquele gosto pelo mercado, entretanto nos primeiros anos como trader so tomou porrada. Perdeu muito dinheiro e quebrou umas 3 vezes, emprestou dinheiro da vó, da mãe e a herança do pai… TORROU TUDO operando no mercado.

Michael Marcus. Fonte: Wikipedia

O problema de Marcus no começo não era acertar o trade, mas na execução e no gerenciamento de risco. Ele tinha um bom tino para o negócio e conseguia operar $2,000 e fazer virar $30,000 ou $50,000 com boas chamadas de mercado, mas depois o dinheiro evaporava na fumaça com cagadas homéricas.

Até que um dia encontrou um cara chamado Ed Seykota que deu umas “dicas”sobre gerenciamento de risco.

A vida de Michael Marcus começou a mudar pra melhor e ele começou a perder menos.

Mas o ponto baixo da carreira de Marcus foi quando ele estava operando soja na década de 70 e resolveu sair da posição, tomando o lucro muito cedo.

Entretanto, o seu amigo, Ed Seykota, que era um trend follower continuou no trade. Cada dia que passava o preço da soja indo pro espaço. Michael Marcus começou a querer literalmente se matar. A cada dia que chegava no trabalho a primeira coisa era entrar no escritório do Ed… O que? Ed estava firme na posição, pois o mercado estava subindo.

Acabou que Marcus ficou TÃO mal que acabou tomando um remédio “tarja preta” que nem foi trabalhar um dia. Até que finalmente a soja parou de subir e a tendencia reverteu e o Ed tomou o lucro absurdamente grande no trade.

A partir deste dia Marcus nunca mais foi o mesmo até hoje é considerado um dos traders mais bem sucedidos da Commodities Corporation que acabou sendo comprado pelo Goldman Sachs em 1997.

Chegou um ponto que os lucros de Michael Marcus era maior que a soma de todos os outros traders somados. Ele competia com caras como Ed Seykota, Paul Tudor Jones, Bruce Kovner, dentre outros. Não necessariamente todos contemporâneos, mas esta era o calibre dos traders da Commodities Corporation.

Agora queria colocar aqui os meus highlights da entrevista que toca fundo no meu coração.

Alinhamento de Fundamentos, Analise Técnica e Sentimento: O estilo de Marcus consistia em encher a mão de ganhar dinheiro quando conseguia alinhar estes três aspectos. Isto indica que Marcus era um trader rules based discretionary. Segundo ele, se ele operasse somente estes poucos trades ULTRA selecionados ele teria feito muito mais dinheiro. Entretanto, como ele gostava de operar ele acabava perdendo dinheiro nos trader em geral, pois ele sabia que não dava em nada e que nem precisava operar e só fazia pelo vício mesmo.

Tamanho da posição: Sabendo da vulnerabilidade e da importância do gerenciamento de risco Marcus apostava bem pouco em trades corriqueiros de vício, mas nos que tudo alinhava ele enchia a mão e colocava uma posição GIGANTE, mas nunca ultrapassava a quantia de 5% do capital total.

Sempre alerta para o inesperado: Marcus desenvolveu um senso muito preciso com relação ao mercado e muitas vezes quando o mercado mexia de uma forma estranha ele preferia sair da posição e depois tentar entender o porque.

Conhecimento de si mesmo: Michael era um excelente trader, mas não tão bom investidor. Ganhou milhões operando, mas perdeu muito investindo em imóveis, comprando aviões particulares e negócios que quebraram. Com o tempo ele reconheceu isto e focou no trading e parou de investir em ativos que não entendia. Acho isto um importante aspecto de conhecer a si mesmo.

Intuição: Um aspecto que se desenvolveu depois de muito tempo operando. Acredita ser bem importante e que todo trader profissional tem. Além disto não só intuição, mas coragem, vontade de vencer, falhar, tentar e continuar tentando quando a coisa está apertada.

Usar STOPS: ESSENCIAL. Se não tem stop ele nem coloca o trade.

Melhor conselho que pode dar a um iniciante: Deixar o lucro fluir e cortar as perdas, pois a única forma de pagar pelo prejuízo que faz no mercado é deixando o lucro fluir.

Hobby: Apesar de trading exigir extrema dedicação, paixão, tempo e concentração, para ser bem sucedido, é necessário se divertir fora do mercado também. Ter um hobby e se divertir com outros aspectos da vida.

Perdas consecutivas: Quando ocorrer a melhor coisa a fazer é diminuir o tamanho da posição e em alguns casos extremos dar um tempo no mercado. Ele mesmo já chegou a ficar 3 a 4 semanas sem operar depois de grandes porradas que levou no mercado.

FX: Operou FX no início da carreira, mas hoje o mercado, segundo ele, está muito manipulado por banco centrais. Deve levar-se em consideração que o livro foi publicado em 1992.

Trend Following: Acredita que apesar de ter sido ÓTIMO ser um trend follower de longo prazo em commodities na década de 1970 acredita que a estratégia esta fadada a tomar muita violinada e só funciona em casos extremos de desbalanceamento de oferta e de demanda. Mesmo ponto a considerar que o mercado sempre muda. Acredito ainda ser válido este comentário, pois trend following tem tomado muita porrada ultimamente. Digo nos últimos 3 anos. Tem sido MUITO difícil e muitos operadores estão esperando um novo período inflacionário para voltar a fazer fortunas nos mercados, como foi “fácil” em 1970.

Small Caps: No momento da entrevista Marcus tem operado mais ações de empresas de pequeno e médio porte, pois segundo ele não são operadas pelos grandes fundos e não recebem muita atenção da mídia, fazendo mais “fácil” operar o comportamento do preço.

Espiritualidade: Pelo menos minha interpretação foi que Marcus passava por um momento mais ZEN e que tem buscado estudar mais sobre espiritualidade e até citou Einstein sobre questionar se o Universo é um lugar amigável.

Enfim, fica aqui minha impressão e as lições deixadas por Michael Marcus. O próximo post será de Bruce Kovner que hoje é um cara que vale mais de 4.3 Bi de dólares e era pupilo de Marcus no início de carreira.

10 Comments

Filed under Biblioteca, Jornada, Psicologia de Trading, Vela's Beliefs

Guia Completo de Backtest segunda edição

PLATINUM

É com muito orgulho que lanço a segunda edição do Guia completo de Backtest.

 Uma revisão completa do estilo de português feita com o auxílio do meu amigo e trader Thomaz Senna, ficando ainda mais clara a linguagem. Moro na Austrália já há mais de sete anos e com minha leitura toda em inglês preciso de alguém para adaptar a linguagem para o português de mercado atual.

Ele também escreveu uma apresentação para o livro que eu vou publicar aqui como um blog post convidado, abaixo.

Para saber sobre o lançamento aqui vai o link para a nova pagina de vendas e analise os pacotes especiais que preparei para quem ainda não comprou.

Inclui novidades como o código do sistema que testei no Amibroker e a planilha de gerenciamento de risco.

Sem mais aqui vai a apresentação da segunda edição do Guia Completo de Backtest.

 

É natural falar em bolsa de valores e logo pensar em muito dinheiro e em ficar milionário, só que não é comum ficar milionário da noite para o dia operando na bolsa, é possível sim prosperar, e prosperar é um processo cuidadoso, que requer disciplina e tempo. Os profissionais que operam ações e derivativos entendem que esse é apenas um ofício, não um bilhete de loteria, mas é muito comum aqui no Brasil as pessoas “investirem em ações” esperando um retorno de grandes quantias, e raramente pensam na hipótese das ações irem no sentido contrário do seu investimento. Normalmente investimos em algo a longo prazo que tem grandes chances de aumentar de valor, tradicionalmente imóveis são bons investimentos de longo prazo, pois não é comum ver oscilações que reduzem o preço de um imóvel a 50% do seu valor e depois elevam apenas 10% e assim permanecem por um longo período; já as ações tem esse comportamento com muita frequência, entre períodos de semanas até poucos meses, oscilando até mais da metade do seu valor em determinado instante. Esse é apenas um dos diversos argumentos que demonstram os motivos de não se investir em ações a longo prazo sem uma gestão de risco e regras de quando se deve entrar e sair do mercado, pois assim como suas ações podem subir 80% elas podem descer 90%, com as mesmas chances, e com muita rapidez. Por isso, operar ações é uma opção mais lúcida, porém requer muito estudo e disciplina, já que não existe ninguém que vá te impedir de montar um trade absurdo, como comprar no topo de uma forte alta com vários indícios técnicos de que esse ativo deve começar a se desvalorizar.

Conheci o Pedro, ou melhor, o “Vela” fazendo buscas no google sobre psicologia de trader e gestão financeira, entre outros assuntos de traders bastante negligenciados pela maioria dos brasileiros. Vi no seu blog uma oportunidade de aprimorar os meus conhecimentos sobre essa profissão tão complexa que é ser trader. Como não temos aqui no Brasil muitos livros sérios sobre o assunto, me senti muito feliz quando tomei conhecimento de livros excelentes de autores “gringos” através do blog do “Vela”, além de formidáveis posts que me pouparam horas de leitura de alguns livros, outros posts me fizeram querer devorar certos livros. Uma vez li em um livro sobre trading que um bom autor de livro sempre coloca a bibliografia usada para criar o seu próprio livro, isso porque ninguém consegue formular uma ideia totalmente sua, sem aproveitar nenhuma ideia de terceiros, e aqui nesse e-book tivemos no final dele a recomendação de alguns dos principais livros que fizeram do Vela quem ele é hoje.  Quando ele me falou por e-mail que ia lançar um e-book queria ter o prazer de comprá-lo, hoje tive o prazer e a confiança de revisar o seu e-book, afinal quem acompanha o blog do Vela sabe que ele mora na Austrália a muitos anos e já leu os melhores livros sobre trading além de participar de palestras de autores geniais. Nesse e-book o “Vela” conseguiu sintetizar de forma muito prática seus principais conhecimentos sobre um trade system, longe daquela ideia de seguir regras sugeridas por outros sem qualquer teste robusto que atesta qualquer confiabilidade matemática ao sistema. Os traders profissionais não usam de achismo, ou porque hoje choveu ou fez sol, usam de psicologia para se controlar, gestão financeira para controlar seu dinheiro e um bom trade system para colocar em prática a única coisa que é possível de se controlar no mercado: VOCÊ PRÓPRIO.

 

Thomaz S. Senna

 

12 Comments

Filed under Biblioteca, Psicologia de Trading, Trading Plan, Vela's Beliefs

15 coisas que meu pai me ensinou

“Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá.” Êxodos 20:12

 

Este domingo dia primeiro de Setembro é dias dos pais aqui na Austrália e confesso que fiquei um pouco confuso quando mudei para cá em 2006 com esta data.

O dias das mães no Brasil, EUA e na Austrália é sempre no Segundo domingo de maio. 

Entretanto, o dia dos pais é diferente para cada um destes países. No Brasil é no Segundo domingo de agosto, nos EUA o terceiro de Junho e aqui na Austrália o primeiro domingo de Setembro. Vai saber…

Enfim tenho chance de comemorar pelo menos duas vezes por ano.

Há algumas semanas ouvi um sermão que me inspirou muito. O pregador era Allan Meyer. e ele falou sobre um versículo que tinha deveras dificuldade de entender êxodo 20:12 (acima). O negócio era sério, pois está nos 10 mandamentos e sempre me perguntei. Tudo bem meus pais são super legais, mas nem todos são e ai como é que fica, pois mandamento é um principio universal que deve funcionar para todo mundo. Pelo menos para mim que acredito na lei Mosaica com sendo algo inspirado por Deus.

 Bom a questão é simples, primeiro precisamos entender a palavra Honra.

Em hebraico a palavra é Kabad.

Não quero complicar o post, mas um dos mil significados além do respeito e grande estima no Hebraico também significa pesar ou balancear. Imagina uma balança antiga com pesos do dois lados. Acho que este é um dos significados da palavra, ou melhor, levar em consideração os pais e pesar as coisas.

 Ai fica mais fácil de separar as coisas “positivas” e “negativas” dos nossos pais e fazer algo com isto que seja benéfico. 

Assim o filho pode aprender com as duas situações, ou seja, as negativas devemos perdoar, amar e ter compaixão e não repetir o ciclo. Pelo contrário melhorar adotando outros comportamentos como amor, por exemplo. 

Então este sermão que resumi acima em 5 min que me motivou a escrever este post. 

Aqui vão as coisas que meu pai me ensinou:

 1.       Pontualidade: Sempre quando precisava de uma carona ou que alguém me buscasse, seja na escola, no clube ou no shopping gostava que meu pai viesse, pois sei que não importa que ele estava fazendo ele sairia imediatamente de casa e viria me buscar. Então daria não mais do que 10 minutos para ele aparecer. Ou se marcasse um encontro ele sempre chegava antes do horário.

2.       Simplicidade: Meu pai sempre foi uma pessoa simples com relação a posses. Sempre quando viajávamos em família a sua mala era a menor, ele era o que menos gastava e comprava bugiganga e nunca vi ele desperdiçar ou consumir nada desenfreadamente. Também ele tem a capacidade de se relacionar com todas as pessoas de forma simples e inocente sem nenhuma barreira seja com seus empregados, pares, autoridades ou superiores.

3.       Dormir e Acordar cedo: Sempre era o primeiro a dormir e o primeiro a acordar em casa e graças a isto quando morei com ele nunca precisei de preocupar com o despertador para ir para a escola, pois pontualmente era acordado por ele a tempo de me arrumar e tomar café da manhã.

4.       Capitalismo e Liberdade: Meu pai, como empresário, sempre defendeu o capitalismo e o liberalismo e o progresso, da liberdade, do empreendedorismo e lógico contra o retrogrado da mentalidade socialista e comunista que reprime a iniciativa privada e o tratamento igual dos seres humanos.

5.       Que judeus sabem ficar rico: Sempre que mencionei a questão de que quero ser um trader, investir e especular ele acha que estou querendo ser como os Judeus ou que quero virar um. Eu sinceramente acho isto um tremendo elogio, pois os judeus sabem como prosperar e isto ficou mais claro depois que li o livro do Daniel Lapin, Thou Shall Prosper que colocarei a critica sobre os livros que li em 2013. Faço isto todo mês de Janeiro.

6.       O milagre do fruto da terra: Que a lei da semeadura é verdadeira, ou seja, quem planta colhe. Não só na vida, mas em tudo na vida. Sua formação é em engenharia agronômica e sempre cultivou o fruto da terra e da dadiva de Deus que isto representa. Hoje curte sua aposentadoria dos frutos que plantou na terra que colhe. A terra que da 1 pra 100. Um trade muito bom inclusive.

7.       Amor pelo meio ambiente e a natureza: Sempre protegeu os animais e sempre que encontrávamos algum bicho selvagem andando a cavalo na invernada garantia que o animal saisse livre caso algum cachorro acompanhando atacasse o animal. Plantou muitas arvores e buscava equilíbrio ecológico em suas propriedades.

8.       Abundancia e generosidade: Se tem uma área que quero ser igual a meu pai é nesta. Na minha carteira se um dia eu tiver mais do que uma nota de 50 vai estranhar. Estou trabalhando para mudar isto. Agora quando pego sua carteira parece que tem dinheiro transbordando e ele gosta de pagar muita coisa em cash. Pra mim isto reflete sua generosidade e mentalidade de abundância. Na minha opinião sua carteira representa uma cornucópia de prosperidade. Acredito que Deus continua abençoando sua prosperidade a medida que ele é generoso ao gastar o dinheiro e também por ter uma mentalidade de abundância.

9.       Paixão por conhecimento geral: Meu interesse por historia e geografia e por conhecimento geral certamente vem dai. Ele sempre teve um excelente conhecimento e uma boa visão de mundo.

10.   Otimismo: Sempre pensou positivo e achava que as coisas sempre iam dar certo, mesmo que as vezes não davam e independente de quantas vezes tivesse falhado ou errado no passado.

11.   Ceticismo: Meu pai  nunca acreditou em nada de bate pronto. Sempre que algo parecia meio estranho e não tinha como se provar ele dizia “Não acredito” e isto dava para ele capacidade de pensar de forma precisa.

12.   Exercício: Esta e a característica mais marcante observando ele. Realmente uma assinatura de sua personalidade. Na escola os meus amigos apelidava ele de Arnold Schwarzenegger ou “Arnaldo e suas Negas” para os piadistas. Eu tinha na minha casa o ídolo da minha infância (Arnold).  Eu e meu irmão assistimos o filme Commando para matar umas 20 vezes, acho que até o VHS fazer um furo. Ate hoje, meu pai, mesmo com 66 anos o braco dele é pelo menos 2x mais grosso que o meu mesmo sendo 30 anos mais velho e uns 5 cm menor. Ainda levanta seus pesos e faz algum tipo de exercício diariamente.

Schwarzenegger

Meu pai Circa 1965

13.   Modelagem e Programação Neuro Lingüística:  Talvez ele nem saiba que isto significa, mas depois de ter estudado um pouco do assunto entendo como meu pai aplicou isto para ser tornar a montanha de músculo que é até hoje. Sempre gostei de livros e mexer nas coisas do meu pai em seu escritório era um hobby de infância  Um dia achei um livro de exercício do Hércules (acredito que seu ídolo na década de 50-60) nas suas coisas. Então  caiu a ficha da seriedade que ele tinha como exercício  A capacidade de visualizar o corpo que ele queria e mandar esta mensagem pro seu subconsciente e fazer o treino necessário para atingir o seu objetivo. Esta é a mesma técnica que tenho utilizado nos meus negócios e no meu trading e tem surtido bons efeitos. Enfim, se quiser ser bem sucedido em qualquer are deve procurar inspiração e orientação nos melhores no ramo.

steve-reeves

Steve Reeves – Inspiração para meu pai

 14.   Ouvir é melhor do que falar: Meu pai é uma pessoa de poucas palavras e dai vem minha natureza de manter minha boca fechada a maior parte do tempo e falo somente quando acredito que tenho algum valor para agregar.

15.   Paixão por carros: Ultimo, mas não o menos importante. Admiro o conhecimento e dedicação que tem por este hobby. Quantas revistas quatro rodas que li e graças a isto podia acompanhar o calendário da formula 1 e o Ayrton Senna e colocar os posters de Ferrari e de Moto GP no meu quarto. Obrigado pai.

O numero 15 não tem nada de cabalístico, mas foi quando esgotou as coisas que pude lembrar de cabeça que tenho orgulho e honro meu pai por ter me ensinado.

 E aproveito para mais uma vez deseja-lo Feliz dias dos Pais aqui na Austrália case esteja lendo este post.

 E dizer que não consigo lembrar nada negativo dele e que ele é um excelente pai que só me ensina coisas sabias.

Não só sou um otimista, mas também sou uma pessoa com muita sorte.

 Forte Abraço

 Pedro, A.K.A. Vela.

4 Comments

Filed under Biblioteca, Independencia Financeira, Jornada, Psicologia de Trading, Reflexão