Tag Archives: Let your profits run

Trend Following – O BÁSICO

Vamos falar sobre o que interessa.

Estrategias de trading e lógico a que mais me interessa e na minha opinião a ÚNICA que funciona: Trend Following

Alias, segundo Ed Seykota não existe outra forma de fazer dinheiro no Mercado a não ser seguindo a tendência.

Por pura definição como é possível fazer dinheiro no Mercado se ele move contra sua posição?

Impossível.

Me prove o contrário.

Até mesmo a estrategia que chamam de reversão a média só é possível fazer dinheiro quando o preço retorna à media e naquele pedacinho o dinheiro é feito na tendência do preço, mesmo que vá “contra”a tendencia maior.

Tipo… parece obvio isto. Não? e é.

É só saber na direção que o Mercado esta indo e colocar o trade… ai você faz dinheiro. Simples assim? Não?

Não.

Não é simples assim e vou explicar porque.

A primeira verdade sobre trend following é a seguinte.

Só dá pra saber o tamanho de uma tendência quando ela termina.

Olhando para o gráfico depois que a tendência ocorreu fica FÁCIL de saber onde ela começa e onde ela termina. Até uma pessoa totalmente retardada mental consegue ver. Até uma ameba consegue.

Mas infelizmente ainda não inventaram a maquina do tempo.

E a pergunta que não quer calar?

Alias as perguntas.

Como eu sei que atualmente existe uma tendência?

Quando entrar e quando sair?

Han han han….

Da pra repetir? Num tava prestando atenção.

Sim isto mesmo meu caro. Como ainda não inventaram a maquina do tempo como que eu faço dinheiro com trend following?

Vamos dar um passo a trás.

A premissa de ouro do trading diz que “devemos deixar o lucro fluir e cortar as perdas rápido”

Isto eu falo no meu relatório de gerenciamento de risco. E você pode pegar um aqui, se assinar minha lista de e-mail. É grátis o.k.?

Enfim, a solução está ai. Para fazer dinheiro com trend following você precisa pegar uma tendência e deixar o lucro fluir o máximo que puder, cortando as perdas.

Mas como que faço em termos práticos?

Se quer um exemplo você pode ler aqui neste post ou…

Explicando aqui em outras palavras.

Primeiro você tem que definir, segundo o que você acha, o que é uma tendencia ou pelo menos o que parece assim parentar ser uma tendência.

Você pode usar inúmeros métodos de identificar tendencia. Por exemplo:

  •           Médias moveis
  •           Inclinação da média móvel
  •           Linhas de tendência
  •           Picos e vales crescentes (para cima) ou picos e vales decrescentes (para baixo)
  •           Suporte e Resistência
  •           Rompimento de congestão
  •           Rompimento de volatilidade

Assim, tendo claro a sua definição da existência de uma tendencia você pula nela sem exitar.

Entretanto, o problema de sistemas de tendencia é que cerca de 60 a 70% das vezes o que parece ser uma tendencia não é. A famosa tendencia Denorex. Parece mas não é. Se tem menos de 30 anos não sabe o que estou falando. 🙂 pode conferir aqui.

Então se prepara para os Whipsaw ou violinada.

Por isso, que tem que cortar as perdas LOGO, pois a maioria do que parecer ser uma tendencia não é. E como elas são poucas você precisa ficar nelas o MÁXIMO que puder.

Mas na dúvida você pula nela, coloca um stop e deixa o lucro fluir até ela entortar no final.

COMO?

Entortar no final?

Em outras palavras. Quando a tendência termina.

Sim agora você precisa definir o que você entende por entortar no final como uma regra e sai da tendência.

Como sei que ela entortou no final?

De novo você precisa definir segundo suas crenças quando que uma tendência acabou. Por exemplo

  •           Trailing stop
  •           Volatilidade
  •           Quebra de linha de tendencia
  •           Quebra de cogestão de preço na direção contrária
  •           E por ai vai (isto não é um método só pra deixar claro)

Agora um o “segredo”. Não conta pra ninguém. Psiiiiiiii.

Fazendo assim, o ganho que você faz quando entra e sai com lucro será que ser maior que as perdas quando é estopado.

Para finalizar e te ajudar com inspiração a desenvolver seu sistema as 6 coisas essenciais de fazer dinheiro com trend following que o Ed Seykota ensina.

  1. Surfe a tendência
  2. Corte as perdas
  3. Gerencie risco
  4.  Use stops
  5.  Siga seu sistema
  6. Ignore as notícias

Se tiver problema em decorar ouve esta musiquinha aqui. Ajuda na memorização

Abraço e até a próxima

Pedro A.K.A Vela.

Source: http://www.stock-trading-warrior.com/images/trend-following-01.gif

 

Leave a Comment

Filed under Psicologia de Trading, Trading Plan, Vela's Beliefs

Atualização e resultados da pesquisa

Setembro foi um mês excelente para o velaepavio.

 

Tivemos o recorde de acesso e leitores e ótimo feedback.

 

Mas para melhorar ainda mais e estimulá-lo a voltar para o site cada vez mais fizemos uma pequisa de opinião. Isto para que que o Vela seja cada vez mais útil para você. Se faz parte da lista você recebeu a pesquisa.

 

Muito obrigado para quem respondeu e para quem deu sugestões e falou o que pensa que devo fazer com o velaepavio.

 

Isto vai me dar mais direção com o que fazer daqui pra frente.

 

Continue comentando, perguntando e pedindo o que quer, isto é muito importante para me manter nos trilhos.

 

Assim, gostaria de compartilhar com vocês os resultados da pesquisa.

 

Foram 7 perguntas e os resultados foram

 

  1. Quando você acessa o velaepavio.com o que você está procurando aprender?

 

Answer Choices Responses
Metodologias de trading 65.79%
Análise técnica 31.58%
Jornada e confissões de um trader 28.95%
Trend Following 50.00%
Motivação e desenvolvimento pessoal 39.47%
Psicologia de trading 65.79%
Análise macroeonomica 13.16%
Sistemas de trading 65.79%
Gerenciamento de risco 50.00%

 

 

  1. Qual a sua principal frustração no seu desenvolvimento como trader
Answer Choices Responses
Não ser lucrativo 20.59%
Dificuldade em desenvolver um sistema e metodologia própria 52.94%
Não seguir meu sistema 11.76%
Não entender a analise técnica 0.00%
Não saber lidar com a perda de dinheiro 0.00%
Falta de dinheiro para operar 14.71%
Não entender análise fundamentalista 0.00%
Não saber gerenciar risco 0.00%
Total

 

 

  1. Gostaria de ver novos formatos de mídia no blog?

 

Answer Choices Responses
Texto somente 10.53%
Texto e video 47.37%
Texto e audio (podcast) 5.26%
Video somente 0.00%
Audio somente 0.00%
Todas as midias 36.84%

 

  1. Estou planejando desenvolver mais produtos e gostaria de saber quais assuntos abaixo tem mais urgência

 

Answer Choices Responses
Educação financeira. Como ganhar mais e guardar mais dinheiro 2.70%
Desenvolver sistemas no amibroker (programa de backtesting) 37.84%
Psicologia 13.51%
Gerencialmento de risco e tamanho da posição 8.11%
Técnicas de entrada e saída 35.14%
Análise macroeconomica 2.70%
Total

 

  1. Qual o formato que gostaria o novo produto

 

Answer Choices Responses
Texto 35.14%
Video aula 62.16%
Audio 2.70%
Total

 

  1. Gostaria de receber uma notificação quando um novo produto for lancado, seja final ou versao beta?

 

Answer Choices Responses
Sim 97.37%
Não 2.63%

 

  1. Gostaria de deixar aqui um espaço livre para alguma sugestão ou feedback para mim. Por favor seja o mais honesto possível. Pode criticar e elogiar a vontade. Pense o que eu poderia fazer mais e o que deveria parar de fazer.

 

Esta foi uma pergunta livre, então alguns responderam e outros não, e estou levando em consideração cada comentário para satisfazer a maioria.

Emfim baseado nestes resultados os proximos passos são:

 

Começar a preparação do novo e-Book que sera sobre Como usar o Amibroker para Desenvolver Sistemas de Trading e um dos sub conteúdos é ter exemplos de sistemas e técnicas de entrada e saída e como programar isto no Amibroker.

Sobre o conteúdo do blog eu quero  focar mais os assuntos nos resultados da pesquisa, assim,  balancear os posts entre Metodologias de Trading, Sistemas de Trading e Psicologia que são os assuntos mais demandados . Em segundo lugar falar também sobre gerenciamento de risco e Trend Following. Acho que isto é algo dinâmico que pode mudar a medida que vou postando e tenho comentários e feedback dos leitores.

Quero começar a fazer videos, algo que estou querendo fazer há tempo e será um desafio pra mim, pois é algo que demanda mais tempo e preparo e terei que me desenvolver na linguagem falada o que é bom para meu próprio desenvolvimento pessoal. Eu particularmente prefiro ouvir um vídeo ou podcast do que ler um artigo e acho que a maioria é assim, mais visual e principalmente com trading as vezes é melhor e mais palpável mostrar um gráfico, formula ou planilha ao invés de só escrever.

Sobre o meu progresso pessoal eu estou ainda terminando minha certificação para Financial Advisor na Austrália e fazendo alguns contatos no mercado. Desde a última atualização eu passei na última prova sobre securites e managed investments que pra mim foi a mais fácil de todas :). Agora tenho que ainda entregar dois trabalhos. Já estou na metade de um e espero que em mais um mês terminar isto tudo e assim me dedicar mais tempo para o Vela.

Se ainda não respondeu a pesquisa e gostaria de dar a sua opinião aqui esta o link.

E como sempre estou aberto para sugestões e feedback é só me mandar um email ou comentar aqui no blog

Abraço

Pedro, A.K.A. Vela.

 

2 Comments

Filed under Independencia Financeira, Jornada, Psicologia de Trading, The Big Picture, Trading Plan, Vela's Beliefs

Market Wizard – Marty Schwartz

“I had been a security analyst for eight years and it had become intolerable. I knew I had to do something different. I always knew I wanted to work for myself, have no clients, and answer to no one. That, to me, was the ultimate goal. I had been brooding for years, “Why wasn’t I doing well when I was groomed to be successful?” I decided it was now time to be successful” – Marty Schwartz.

A Entrevista com Marty Schwartz foi sem dúvida a que me deixou mais de queixo caído quando lí. Ele realmente é um modelo de trader bem interessante, pois ele é um trader altamente lucrativo, com baixíssimos drawdowns. Só para ter uma ideia o retorno dele mensal é de cerca de 10 a 20% com um drawdown de no máximo de 3% ao mês que ocorreu uma vez no momento da entrevista. Ele nunca teve um ano negativo.

No primeiro ano como trader ele fez $100K no segundo $600K e a partir dai nunca ficou um ano sem fazer menos do que 1 milhão por ano. Seu capital inicial era de cerca de 90 mil que emprestou do sogro. Uma coisa que ele fazia era todo ano começar a conta com algumas centenas de mil cerca de $200K a $300K e fazia este dinheiro virar 2 a 3 milhões no final do ano. Então ele comprava ouro, títulos do governo, imóveis com este dinheiro e deixava os 200 – 300 mil em cash para começar mais um ano como trader zerado. Isto porque, se ele continuasse ganhando 20% ao mês em 1o anos ele estaria controlando o PIB dos EUA :), se você entende juros compostos. Talvez fizesse isto, pois entendesse seu tamanho com trader e sentia confortável que pudesse entrar e sair rápido do mercado, pois era um day trader que opera no curto prazo. Ainda opera em 2014. Hoje é mais ativo no mercado de petróleo e FX.

Re-lendo a entrevista aqui vão os meus highlights

Sistemas de trading automatizados: No começo de sua carreira como trader teve uma péssima experiencia com sistemas, pois conheceu um programador que desenvolveu um sistema que praticamente fez ele perder todo o seu dinheiro e nunca mais acreditou em sistemas e seguiu o caminho do trading discricionário dai em diante se tornando muito cético quando a sistemas automáticos a ponto de se irritar profundamente toda vez que o Jack fazia alguma referencia a programas de trading.

Sintetizador: Ele se auto intitula um sintetizador, pois tem grande capacidade de absorver conceitos abstratos e complexos e simplificar em uma metodologia lógica e simples que faça sentido para ele. Assim que desenvolveu sua própria metodologia por estudo e observação de comportamento de preços juntamente com o desenvolvimento de sua intuição.

Ego: A única forma de ser lucrativo em trading é matar o seu ego. É primordial aceitar quando se está errado. Para ele muitas pessoas perdem no mercado pelo simples fato de preferir estar certo a ganhar dinheiro.

Pregão vs. Computador: Marty começou sua carreira operando no pregão viva voz, mas com o tempo percebeu que tinha mais clareza do que estava acontecendo no mercado quando subia no horário de almoço no seu escritório e olhava as cotações no computador. Assim passou a ser um trader que opera da própria casa como tempo.

Operar pequeno: Impressionante que está é uma características de todos os Market Wizards que já fiz um post aqui no blog. Ele também diminui o tamanho da posição quando tem uma sequencia forte de perdedores.

Lucro Consecutivo: Uma outra regra que Marty tem é quando ele ganha MUITO dinheiro ele prefere tirar uma pequena folga e curtir o dinheiro, pois perceber que se continuar operando ele fica relapso e acaba perdendo feito. Isto porque ele percebeu que sempre as perdas grande eram precedidas de períodos de grandes ganhos.

 X de sua metodologia: Dentre outras regras ele presta muito atenção em médias móveis que para ele indica a direção que o mercado está indo e procura identificar pontos de entrada de baixo risco onde pode aumentar a sua relação risco retorno. Também olha correlações entre ativos como mercado de bonds e ações e a divergência entre os mercado de bonds como uma ferramenta de confirmação se deve entrar ou sair do mercado. Ele é adepto da crença que na dúvida ele liquida a posição, pois quando está em caixa seu pensamento é bem mais claro e que sempre tem a oportunidade de voltar para o mercado se quiser.

Deixar o lucro fluir: Segundo Marty ele considera que é muito bom em cortar as perdas, mas que ainda tem que melhorar muito em deixar o lucro fluir e reconhece que toma lucro prematuramente muitas vezes. Ele diz que toda vez que toma lucro ele sente como se a caia registradora fizesse u barulho na sua mente. CASHING!

Educação militar: Marty serviu os Mariners nos EUA e atribui ao seu treinamento capacidade de trabalhar sob pressão sem travar. Assim ele explica como que foi possível sair de uma posição comprada na segunda feira negra em 1987 quando o mercado teve sua pior queda percentual da história. No fim do dia ele acabou perdendo somente 300 mil ao invés de 5 milhões que seria a ruína para ele.

Diversificação: Apesar de ser um trader agressivo Marty é super cauteloso e averso a risco pensando que o sistema pode entrar em colapso a qualquer momento. devido a isto ele diversifica seu dinheiro em vários bancos, depósitos de ouro e títulos do governo. Isto porque se alguma coisa ruim acontecer ele tem sempre de onde começar novamente.

Trainees: Ele tentou emular o seu trading e ensinou a metodologia a vários estagiários, mas sem sucesso. Ele disse que não pode transferir o seu estômago para seus funcionários uma vez que é um trader discricionário.

Gerenciar dinheiro dos outros: A entrevista foi feita no final da década de 80 e até então Marty somente estava administrando seu próprio patrimônio e estava somente pensando em abrir um fundo com dinheiro dos outros. A entrevista não fala isto, mas não sua auto biografia Marty conta que foi um TOTAL desastre e ele quase perdeu a vida apos ir parar no hospital de tanto estresse. Existem pessoas que nasceram para administrar dinheiro dos outros e algumas, como ele, não.

Sucesso: Depende apenas de uma mudança de atitude que foi que ele fez. Não importava o quão inteligente ele fosse ele não foi bem sucedido a não ser a partir do dia que tomou uma decisão drástica em sua vida.

Se quer mesmo se aprofundar no estudo de Marty recomendo ler sua auto biografia que conta em detalhes sua trajetória e processo de se tornar um trader campeão.

Recentemente deu uma palestra que está no YouTube que vale ouro

 

 

 

 

 

 

6 Comments

Filed under Biblioteca, Reflexão, Uncategorized

Market Wizard – Bruce Kovner

“Nowadays, everybody is a chartist, and there are a huge number of technical trading
systems. I think that change has made it much harder for the technical trader” Bruce Kovner

 Estas entrevistas com os Market Wizards é uma melhor do que a outra. Caso você já leu o livro eu recomendo re-ler. Eu por exemplo estou re-lendo pela terceira vez. 

O que estou percebendo é que cada vez que leio mais coisa NOVAS absorvo. Lembro que da primeira vez que li o meu queixo caiu com alguns aspectos como os resultados absurdos que os Market Wizards conseguiam. Para mim foi uma total mudança de paradigma.

Este livro foi o que mais me despertou interesse em pesquisar mais sobre trading. O que ocorre é que depois de anos de pesquisa e entender mais o mercado agora estou entendendo melhor o que os traders querem dizer nas entrevistas e estou tendo novas sacadas e novas idéias para melhorar o meu trading.

Bruce Kovner foi discipulo de Michael Marcus. Marcus de cara ele já percebeu que Kovner seria um sucesso. Para começar na entrevista onde Marcus estava a procura de um assistente. Entretanto, depois de entrevista-lo Marcus gostou tanto que quando ligou para oferecer a vaga disse que tinha duas noticias. Uma ruim e uma boa.

A ruim é que ele não seria mais contratado como assistente e a boa é que seria contratado como trader pleno!

Bruce Kovner trabalhou na Commodities Corporation, assim como Ed Seykota, Paul Tudor Jones, Marty Schwartz e Louis Bacon.

Kovner se aposentou do trading em 2011, mas a empresa que fundou em 1983, Caxton Associates, ainda administra cerca de 8 Bilhões de dólares.

Hoje Kovner se ocupa mais com atividades filantrópicas e vive nesta pequena casa na 5a avenida em Nova Iorque. Atualmente está na em #95 na lista dos caras mais ricos dos EUA.

1130 Fifth Avenue, Bruce Kovner Residence. Fonte: Wikipedia

Aqui então vai as minhas sacadas da entrevista que falaram muito ao meu coração.

Intuição e emoções: Quando ele percebe que o mercado está fazendo alguma coisa que está perturbando emocionalmente e não entende o que está ocorrendo no mundo, então, a melhor coisa que faz é fechar todas as posições. Segundo ele, não vale a pena ser pego em uma situação onde se perde dinheiro por não entender o que ocorre no mercado. É importante ter extremo equilíbrio emocional para ser trader, pois os níveis emocionais podem ser fortes demais. Isto porque perder milhões no mercado é algo corriqueiro quando vira um trader grande. Caso tenha problema em perder uma quantia assim, melhor não ser trader.

 Trabalho duro: Uma coisa que aprendeu com Michael Marcus que um dia disse que se ele se “aplicasse nos mercado poderia fazer milhões”. Kovner acredita que se você não trabalhar duro dificilmente será um  trader competente.

Erros: Traders tem que estar dispostos a cometer erros. Não tem nada de errado em cometer erros.

Imaginação e cenários: Traders tem que ter a mente criativa de imaginar possíveis rumos que o mercado pode tomar e ter isto planejado em cada operação.

Treinar traders: Kovner acredita que é possível treinar traders a serem bem sucedidos, mas ele não obteve muito sucesso nesta área. Ele chegou a treinar vários traders e somente alguns poucos acabaram ficando muito bons. Os pontos chaves, segundo ele, foram força [mental], disciplina e disposição de entrar em uma posição que ninguém está confortável em tomar.

Analise técnica vs. Analise fundamentalista: Sem dúvida alguma Kovner é um cara fundamentalista que olhava para o gráfico confirmar o cenários que estava esperando. Kovner faz a analogia do médico com o termômetro. Assim como o termômetro ajuda o médico a diagnosticar a doença a analise técnica ajuda ao trader diagnosticar o mercado, mas os fundamentos são mais importantes, pois são eles que definirão a visão macro e as possíveis direções do mercado. Segundo ele, o trader deve olhar todos os aspectos do mercado que dão uma vantagem competitiva.

Análise técnica é uma boa ferramenta para explicar o passado e não o futuro.

Surpresa: Quando um movimento de mercado ocorre de forma forte e de surpresa, ou seja, ninguém está esperando, então mais provável que o movimento continue numa tendencia. Principalmente vindo de uma congestão. Kovner da exemplos de governos que podem estar atuando no mercado de commodities e ninguém está sabendo, somente os insider. Kovner da o exemplo do governo Russo operando no mercado de grãos.

A mesma lógica vale para o contrário. Quando todo mundo esta esperando algo e algo ocorre, grande chances do mercado reverter. 

Cortar as perdas: Assim como Marcus ele diminui o tamanho das apostas quando está numa sequencia de perdedores.

Sistemas automáticos: Não acredita em sistemas automáticos, pois os mercados estão em constante mudanças. Confirmando seu viés discricionário.

Stops: Antes de entrar em qualquer posição ele já sabe onde vai sair caso as coisas não ocorram como o esperado. O tamanho da posição é calculado baseado em onde está o stop e o stop é colocado de acordo com a analise técnica. O Stop é sempre colocado em um lugar não tão perto da entrada para deixar o trader mais folgado para trabalhar e nem num lugar muito obvio que fará o stop ser executado facilmente. 

Preocupações: A ÚNICA coisa que preocupa ele é mau gerenciamento de risco, de resto NADA preocupa ele.

Forex e 24/7: No momento da entrevista Kovner tinha monitores e telas espalhadas por suas casas. Inclusive a de campo. E durante a noite tinha assistentes monitorando o mercado 24 horas. O assistente pessoal dele era autorizado a acorda-lo somente duas noites por ano. Somente em casos de guerra ou se algum primeiro ministro renunciasse, por exemplo. Isto porque, estes eventos podem causar grandes movimentos no mercado de Forex. Do contrário o assistente tomava decisões nos cenários que eram atualizados semanalmente. Na época da entrevista, cerca de 1990, Forex correspondia 60% do volume operado por ele. O fato de operar 24 horas por dia não incomodava ele, pois estava “no sangue” e ele curtia demais.

Trend Following: Tem a mesma opinião que o Michael Marcus. Trend Folowing foi muito bom nos anos 70 e depois só tomou porrada. Principalmente no mercado de commodities. Vale lembrar que a entrevista foi em 1990 e na época Richard Denis, um grande trend follower estava tomando tanta porrada que resolveu se aposentar depois de perder 50%. Ele acredita que devido a muitos traders usarem sistemas parecidos o mercado está mais vulnerável a falsos break outs.

Conselho para os iniciantes: A coisa mais IMPORTANTE é gerenciamento de risco.

Bruce Kovner. Fonte: Forbes

6 Comments

Filed under Biblioteca, Fundamentos, Psicologia de Trading, Reflexão, Trading Plan

Lançamento do “Guia Completo de Backtest”

Olá leitores,

Já comentei aqui que estava escrevendo o meu primeiro e-book.

Então, finalmente ele está pronto para o lançamento!

O e-book é: Guia Completo de Backtest: tudo sobre o processo de teste validação e otimização de estratégias de trading

O que me motivou a escrever é ajudar quem tem interesse em sistemas de trading e sabe da sua importância, mas não tem a segurança de que o processo de backtest é feito de forma correta.

Então, coloquei neste e-book todo o meu conhecimento e experiência em backtest, fornecendo todos os passos do processo de backtest como feito pelos Hedge Funds e os traders profissionais.

O meu objetivo é que ao ler o e-book no final esteja apto para desenvolver um sistema de trading seguindo um processo rigoroso. Ali dou todas as ferramentas que os profissionais usam.

Sei que muita gente fala de backtest, mas difícil achar alguém que explique o processo passo a passo com exemplos práticos.

No e-book eu uso um sistema de verdade e vou passo a passo como o sistema foi testado , com as regras, gráficos, parâmetros e resultados.

Se quiser saber mais acesse a página de vendas clicando no e-book abaixo.

 Capa Guia de Backtest

Espero que gostem e aproveitem

Abraço

Vela

 

34 Comments

Filed under Biblioteca, Trading Plan

Contribuindo para a sociedade

“Self-interest and society’s interests are generally symbiotic” Ray Dalio

 

No ano passado quando estava lendo o livro de entrevista do Market Wizards do Jack Schwager eu me deparei com o Ray Dalio e resolvi pesquisar mais sobre ele, pois logo na sequencia eu ouvi uma entrevista em um podcast do Michael Covel e ele foi citado novamente.

Dai percebi como que podemos ser pessoas alienadas e não sabemos da existência de certas pessoas. Eu que vinha pesquisando e lendo sobre trading já a alguns anos não tinha ouvido falar desde cara.

A razão que fiquei abobado que não sabia da existência dele é porque ele é o gestor do maior Hedge Fund do mundo. Isto mesmo ele gerencia 150 bilhões de dólares. Assim, como venho pesquisando traders bem sucedidos e pessoas bem sucedidas e como parte do meu desenvolvimento pessoal eu resolvi pesquisar mais. Alem disto, outro motivo que me interessou nele foi um documento que ele escreveu onde descreve quais são os princípios que ele utiliza na sua vida e também na sua empresa. Este documento pode ser encontrado aqui.

Eu já falei sobre como ficar rico honestamente neste blog e também em outro blog, mas nada se compara ao que li no documento da Bridgewater.

Recomendo MUITO ler o documento não só por ter sido escrito por alguém que venceu na vida e ficou rico, mas na riqueza dos princípios e como que eles podem ser aplicados na sua vida e no seu trading. Vindo, então, de um trader bem sucedido vale ainda mais a dica.

A parte que me tocou e que tem a ver com este post foi a seguinte parte que vou colar aqui

Self-interest and society’s interests are generally symbiotic: more tha anything else, it is pursuit of self-interest that motivates people to push themselves to do the difficult things that benefit them and that contribute to society. In return, society rewards those who give it what it wants. That is why how much money people have earned is a rough measure of how much they gave society what it wanted—NOT how much they desired to make money. Look at what caused people to make a lot of money and you will see that usually it is in proportion to their production of what the society wanted and largely unrelated to their desire to make money. There are many people who have made a lot of money who never made making a lot of money their primary goal. Instead, they simply engaged in the work that they were doing, produced what society wanted, and got rich doing it. And there are many people who really wanted to make a lot of money but never produced what the society wanted and they didn’t make a lot of money. 

Acho que já passei a mensagem e fica ai a dica.

Quer ficar rico?

Então de para a sociedade o que ela quer.

Não precisa ir longe para constatar esta verdade. Todos os homens de negócio bem sucedido fizeram isto ao longo da história. 

Henry Ford deu para a sociedade meio de transporte e ficou rico em proporção ao número de pessoas que queriam aquilo, mesmo que a maioria nem imaginava que seria possível ter uma carruagem sem cavalos. Quem precisa de petróleo? Gasolina, comida, entretenimento, redes sociais?

Agora pensa mais macro. Sobre os mercados financeiros. Qual a contribuição do mercado financeiro que a mídia adora meter o pau e criticar Wall Street e a “manipulação” e os males que ele causa.

Neste contexto pensa o papel de um trader na sociedade? O trader que é visto como o mal da sociedade pela mídia.

O trader é que da liquidez para o mercado. Ele proporciona ao fazendeiro quer fazer um hedge de uma posição e segurar sua produção. O especulador é aquele que toma a outra ponta do trader, que o investidor não toma, ficando vendido no trade.

O trader contribui viabilizar o mercado financeiro e mostra sinais para os mercados quando uma empresa está com problemas financeiros ou quando uma empresa está dando lucro. O trader contribui para mandar sinais da oferta e de demanda de quando está interessante aumentar ou diminuir a produção de certas commodities.

Assim que procuro ver o mundo e o papel da contribuição do trader na sociedade.

 Assim como o HFT trader também tem seu papel em injetar liquidez no mercado. Hoje é possível ter baixas corretagens e baixos spreads devido ao HFT.

Lógico que a mídia e quem é manobrado por ela adora usar isto como uma desculpa para não assumir responsabilidade.

Reponsabilidade

Sempre tem uma desculpa que quem causou a bolha foram os especuladores e os crashs foram causados pelo HFT e que os pais de família e os aposentados foram vítimas e todos os males causados pelo mercado, os traders e o HFT.

Enfim, a escolha é de cada um de ver o mundo de uma diferente. Você pode escolher ser vitima ou assumir a responsabilidade.

Quem ficou ou quer ficar rico assume a responsabilidade por seus resultados e procura formas de contribuir o máximo para a sociedade e como consequência acabam recebendo a sua recompensa da própria sociedade, na proporção de ter atingido o seu desejo.

Falando em contribuir para a sociedade aguarde em breve o lançamento do e-book do Vela.

 

6 Comments

Filed under Independencia Financeira, Jornada, Vela's Beliefs

Vantagens de ser um Trend Follower

“Ride the tide of falsehood and get out before the truth is known” George Soros

Retirado do meu diário de trade:

As grandes vantagens de ser um trend trader

1- Só um há trade lucrativo e ele é na direção da tendencia

2- É o único método de trading onde money management faz sentido em aplicar o axioma: Cut your losses short and let your profits run

3- É um sistema adaptativo e não está preso a nenhum vies, bull ou bear, mas apenas na direção da tendência

4- A única coisa importante a observar é o preço, pois somente preço paga

5- Olhar os fundamentos, apesar de importante, é opcional

6- Não existe bolha enquanto tiver momentum no mercado

7- O lucro acaba quando a tendência acaba. “The trend bends at the end”

8- Trend Following é flexivel a preferências pessoais, pois tendência é algo subjetivo e depende de métodos de amenização e.g. time frame

9- Te mantém humilde e respeitando o mercado, sabendo que aceitar perdas faz parte do processo de ganhar

10- Não exige saber o que vai acontecer no futuro para ser lucrativo no longo prazo

Abaixo a tendência de ouro no últimos 11 anos

11 Comments

Filed under Reflexão

Uma revelacao surpreendente

Investi tempo depois do período fechado para balanço para re-testar meu sistema short e fazer uma analise caso operar long e short.

No começo fiquei bem empolgado com meu sistema long, mas logo que comecei a operar eu passei uma pessima sequência de perdedores (whipsaw) o que me tirou um pouco dos trilhos e resolvi dar uma re-analisada no Back Test, principalmente a parte de Drawdown (DD).

E ai que foi a minha revelação surpreendente. Mesmo que o sistema apresentasse uma relação CAR/MaxDD que me deixasse feliz eu cometi um erro de não dar uma olhada em quanto tempo o DD iria demorar caso entrasse em um e quantos trades demoraria pra sair do DD.

Apesar do DD maximo ser de apenas 5.66% com um position sizing de 1% do equity o pior DD demorou 443 dias corridos ou aproximadamente 14 meses. Sendo um sistema longo os piores DD ocorreram em bear markets. Sendo eles

13/03/2002 a 20/02/2003 – 352 dias

20/06/2008 a 2/07/2009- 442 dias

O primeiro DD durou 17 trades e o segundo 19. Sendo que o sistema Longo da em media 15 trades por ano ou um pouco mais de um trade por mes.

Entao depois de ter revisao o sistema short que estava com um problema de execução devido aos stops curtos que eram stopados no after market agora estou mais satisfeito com as regras ajustadas. O sistema “piorou” os resultados, mas a ideia aqui é usar o sistema em conjunto com o longo por dois motivos. Ter um colchão de hedge em bear markets para diminuir DD e duracao de DD e aumentar a frequência de trading para aumentar os juros compostos.

então aqui vai a analise de ter os sistemas sozinho ou combinado:

Agora para visualizar a curva de equity com um investimento hipotético de 10,000 como seria a curva.

Veja que os maximos DD em duração estão dentro dos retângulos.

Veja que o sistema short se comportou “bem” nos bear markets de 2001-2002 e de 2007-2008 e em periodos Bull ficou flat a caindo um pouco. Isto o porque do sistema operar um índice de ação (S&P 200 Australia) o que tem um “vies” Bull.

Lembro do Roberto ter comentado de ter um sistema short junto com o longo pra melhorar a performance total e é o que acontece no Back test.

Voltei a tradar com mais confiança os dois sistema com um controle de risco bem apertado (1% do equity) só pra voltar a ter confiança em no sistema e me conhecer melhor o quão aderente estou ao sistema.

Lógico que o intuito é ganhar dinheiro, mas quero focar muito mais no processo no momento de descoberta e auto-conhecimento, pois só serei um trader de sucesso o dia que descobrir o sistema que tem dentro de mim e se estou dispostos a sentir os sentimentos que vem com meu sistema que no fundo no fundo esta no meu DNA.

Neste intuito eu lanço o desafio de seguir 30 sinais de forma mecânica e vou postar no Twitter as ordens de entrada e ajustes diarios de trailing e profit target.

No momento estou em um trade longo que esta ganhando 1.2R e que teve uma MAE (Maximum Adverse Excursion) de 1.74R. Faz parte de ser trend following devolver pro mercado para deixar o lucro fluir.

Espero que me sigam no Twitter se querem saber meu trading journal enquanto ele acontece.

Ajusto minhas ordens e stop quando o mercado fecha por volta de 17h horario de Adelaide, Australia.

7 Comments

Filed under Psicologia de Trading, Trading Plan

Em busca de auto conhecimento

Terminei hoje a leitura do quarto e final livro que escolhi para ler no meu período “sabatico” de trading.

The Inner voice of Trading, Michael Martin.

Clip: http://martinkronicle.com/wp-content/uploads/2011/08/frontIVT.jpg

O que me interessou pelo autor foi o fato dele ser um discípulo de Ed Seykota e ter um blog que discute trading e commodities. Como tenho interesse nas duas coisas eu comecei a segui-lo no Twitter e ler o seu blog que tem um excelente conteúdo, principalmente as entrevistas de podcast, que alias ouvi todas e recomendo.

Falando em Twitter POR FAVOR me sigam no Twitter. Tenho somente dois seguidores sendo que um é picareta.

Achei que o livro do  Martin fechou este meu momento de reflexão com chave de ouro.

O livro em si não acrescentou nada que ja não soubesse, mas o mais importante de tudo é entender a jornada de um trader no contexto do que se passa pela minha cabeca. E também é importante a leitura do livro dentro de um contexto. As vezes o momento que voce passa o livro não seja adequado, mas pra mim caiu como uma luva e o momento nao poderia ser mais oportuno.

Novamente são conceitos simples e que acredite se quiser só funcionam se são seguidos com disciplina.

O resumao do livro pra mim foi o autor bater na tecla de MANTER SUAS PERDAS pequenas e isto se traduz em GERENCIAMENTO de RISCO.

Mas mais do que manter as perdas pequenas é entender as implicações e impacto emocional de tomar VARIAS e ABUNDANTES perdas. E neste ponto o autor dedica um capitulo que fala em se render para o mercado e admitir que tem um ponto em que temos que transferir o risco para outros traders, caso contrario iremos destruir nosso capital enquanto mantemos nosso ego intacto.

Na ultima pagina do livro tem uma paragrafo que explica bem o que o autor fala exaustivamente. CUT YOUR LOSSES, CUT YOUR LOSSES. Sem brincadeira das 166 paginas acho que deve ter a palavra CUT YOU LOSSES ou MANTAIN YOUR LOSSES SMALL uma vez a cada duas paginas.

Parafraseando o paragrafo em português ele é assim: “se voce quer ter a chance de tentar crescer consistentemente o seu capital no longo prazo voce tem que aceitar os sentimentos que vem com a inevitável queda do seu capital no processo”

Sem bichisse aqui, como diz o Hugo, o X da questão aqui é que tradar é PHODA por causa das perdas. Se nao fosse por causa das perdas seria FACIL tradar.

Desde que comecei a estudar o assunto e depois quando comecei a desenvolver sistemas e colocar dinheiro real na reta a parte mais difícil é aceitar as perdas e o fato de admitir estar errado em suas analises e que o trade que achou que fosse dar certo deu errado. E dizer que trade sistemático elimina o emocional. BULL SHIT. Vai tradar voce pra ver.

Nesta hora que vem a grande verdade sobre trade: CUT YOUR LOSSES. Essa é a parte mais importante. Neste ponto o livro fez bem pra mim por ter insistido muito.

A única coisa comum a todos os trades independente do método, time frame, instrumento etc… é GERENCIAMENTO de RISCO.

Como falar em EXAUSTAO é necessario para entender um conceito vou lembrar do Paul Tudor Jones que quando entrevistado no documentario Trader de 1987 ele diz que acoisa que mais o preocupa é em não perder dinheiro. E isso quem esta falando é alguem que teve múltiplos anos de 100%+ de rendimento na época.

Ed Seykota em sua entrevista em Market Wizard diz que as tres coisas mais importantes é Cut your losses, Cut your losses and Cut your losses.

Se pegar TODOS os Market Wizards ele falam que honrar stops e cortar as perdas é a parte mais importante que TODOS tem em comum.

É altamente anti natural admitir que se esta errado. Por isso muitos de voces estao aqui lendo o meu blog pra ver se tem alguma dica de qual é o melhor momento de entrar na bolsa e o que fazer agora que o mercado esta caindo, mas a melhor “dica” que eu posso te dar é: CUT YOUR LOSSES, admita o seu erro e nao tente ser um heroi, como diz Tudor Jones.

Nao comentei aqui no blog, mas li um livro do Larry Willians ha uns meses atras. O Long Term Secrets of Short Term Trading. Recomendo a leitura. Bons insights tecnicos na parte grafica, sistemas e tambem a parte psicologica.

Uma das coisas que me marcou no livro foi quando Larry falou sobre perdas e como ele encara a questao.

Larry Willians diz que toda vez que ele coloca um trade e estabelece um stop ele JA CONSIDERA aquele dinheiro como um dinheiro que SE FOI. Tipo se arriscou 1% ele ja esta 1% down quando coloca o trade. Assim ele sabe que o trade dali em diante so tem up side. Eu achei que foi e MELHOR parte do livro. Um verdeiro AHA!

Confesso que a parte mais importante em adquirir a habilidade de tomar as perdas é nao tentar lutar com os sentimentos que vem com a perda, pois como Ed Seykota diz em sua metodologian de psicologica Trading Tribe Process® que os sentimentos tem intencoes positivas e  uma das intencoes positivas do medo é o gerenciamento de risco. Caso voce tentar ser heroi e dizer que nao tem medo o seu sub consciente vai fazer seu sistema ter uma perda GIGANTE para que seu consciente entenda a necessidade de ter gerenciamento de risco. E citanto a frase mais famosa de Seykota em Market Wizards “Everyone get what they want from the market… some wants to lose”

Neste sentido do livro do Martin tem me colocado no caminho certo para ser bem sucedido como trader e focar no que é importante acho que foi um dos melhores livros que ja li na minha jornada e busca por clareza e conhecimento interior.

Em suma conhecimento tecnico, apesar de importante, não vai te fazer bem sucedido, mas sim o quanto voce conhece de si mesmo.

Outro ponto que o livro bate bastante na tecla que voce somente sera bem sucedido como trader quando conseguir alinhar conhecimento interior e seu sistema de trading. Quando isto acontecer a parte de execucao sera sem esforco e hesitação.

Isto me fez re-ler um capitulo do livro Trading Tribe de Seykota quando ele fala do modelo de trading que usa para os membros das tribos. La ele diz que “ O trader que quer ser bem sucedido deve ter a curiosidade intelectual e a honestidade de desenvolver um sistema de trading lucrativo e ter a disciplina e vontade interior de segui-lo”.

Logico que isto nao é um processo simples, mas uma jornada que ele coloca em 5 passos. Como se fosse um processo continuo de descoberta interior, sendo

1-      Definição: Parte de trabalho de conhecimento interno e definição de qual é o seu provavel sistema baseado em seu feeling. Esta é a parte “discrecionaria” do seu sistema onde vai escolher suas preferencias como, time frame, frequencia, mercado, volatilidade, apetite por risco e etc. Isto depende da personalidade de cada um

2-      Teste: A parte onde vai testar se a sua intuição seria lucrativa na pratica. Neste ponto voce tem que ser honesto com voce mesmo e verificar se seu feeling é lucrativo ou é uma bosta. Neste caso precisa mais trabalho de pesquisa e trabalho interior para achar algo que esteja satisfeito e que tenha a ver com sua personalidade

3-      Trade: Esta parte é a parte de implementação onde o que tem que fazer é puxar a p… do gatinho e STICK to the System.

4-      Variation Report: Esta parte é quando tem que avaliar sua stick-to-itiviness, ou seja, o quao esta seguindo as suas regras.

5-      Reavaliação:  Este é um processo de onde tem que ter uma possivel correção de curso. Se a variacao de reporte é  menor do que 95% voce deve buscar dois caminhos

  1. Revisitar o sistema e ajustar parametros a fim de criar algo seguivel segundo sua personalidade
  2. Trabalhar o psicologico e começar a seguir o sistema. Ai ele recomenda fazer uma “ terapia” em grupo e levar o assunto a sua trading tribe local.

Enfim quem quer ser um trader sistematico de sucesso tem que ter a intenção de passar por este processo. Esta é a licao de casa que tem que ser feita.

Passado então meu período de fechamento para balanço e busca interior vou me concentrar em teste de sistemas, estudar mais programação, re-ver os testes que ja fiz para voltar a tradar meus sistemas com mais conviccao, pois serão sistemas mais alinhados a minha personalidade.

Assim que sentir no coração eu posto aqui pra compartilhar minha jornada.

Mãos a obra.

Nota Importante: Este não é um site comercial e não tem o intuito de lucrar per se. Dou credito a Ed Seykota todo conteúdo citado do seu website  (http://www.seykota.com). The Trading Tribe FAQ site is copyright (c) Ed Seykota, 2003 – 2011. O artigo acima não pode ser em hipótese alguma considerado como uma recomendação de investimento. Velaepavio é apenas um blog de trading que me permite  compartilhar meus pensamentos e opiniões pessoais com o intuito de desenvolvimento pessoal e de quem estiver interessado a ler meus pensamentos que são opiniões pessoais. Velaepavio não é um agente de investimento registrado e autorizado a dar conselhos sobre investimento. O artigo não leva em consideração circunstancias financeiras pessoais dos leitores. Lembre-se que investir e operar no mercado é arriscado, podendo ocorrer perda significativa de capital num montante igual ou maior que o investimento inicial, caso instrumentos de alavancagem sejam usados. O artigo é propriedade intelectual de velaepavio e apesar de poder ser compartilhada livremente caso o uso for não comercial e com o consentimento do autor caso tenha interesse comercial, estando sujeita a leis de direitos autorais internacionais e locais.

9 Comments

Filed under Biblioteca, Jornada, Psicologia de Trading, Reflexão, Trading Plan

Covel parte II

Terminei hoje a leitura do Little Book of Trading: Trend Following Strategy for Big Winnings by Michael Covel. Simplesmente o tipo do livro que nao conseguia parar de ler. Se tivesse menos ocupado teria literalmente lido de uma sentada.  Então, aproveitei qualquer janela de oportunidade pra ler nem que for uma pagina do livro.

Sou bem suspeito pra falar devido ao fato de ser fa de trend following e tambem porque Covel ao mesmo tempo que é um cara muito amado, tambem muito odiado. Nao é o concur generalizado.

Pode parecer o jeito que ele escreve é meio esnobe. Lembro que quando li o Complete Turtle Trader eu não gostei muito quando ele desceu a lenha no Curtis Faith, que foi um dos Trutles. Achei o comentário desnecessário, por mais que a argumentação faça sentido da parte do Covel. Nao achei construtivo o comentário que Faith é o Turtle mais fracassado de todos.

Eu li o livro The Way of the Turtle, incluído na minha biblioteca de trading, e o livro é excelente. Apesar de ter lido o trading from the gut, outro livro de Faith, e não achei bom.

Voltando ao livro do Covel, novamente, são 208 paginas, mas como o livro é bem pequeno e a leitura fluida da pra degustar muito rápido.

Sem maiores delongas o livro anterior que li dele, Trend Commandments, comentado no blog, é mais sobre o que é trend  trading. Diria é mais o WHAT (O que)

O Little Book of Trading diria que é mais o HOW (como).

O formato é como se fosse de entrevista, mas não no estilo do Market Wizard com perguntas e respostas, mas o Covel passa em sua narrativa a experiência  sobre o como de trend following na opinião de vários traders.

Interessante que o nome de Ed Seykota aparece por todo o livro como mentor e quem inspirou muitos traders ali.

Depois de ler o livro fico mais convencido sobre ser um trend follower e fazer o preparativo psicológico para atingir este objetivo, pois geralmente sao sistema que exige tremenda paciência e resistência emocional. Isto devido a media de acerto girar em torno de somente 30% e exige paciência de surfar os vencedores, pois tem que ser bem grandes em relação aos perdedores para compensar as pequenas perdas. Tomar pequenas perdas sempre te coloca na posição de humildade de assumir que não é sua tarefa prever o mercado. Isto deve ser deixado para as pessoas inteligentes, os economistas e comentaristas financeiros.

So fazendo um pequeno calculo de probabilidades em um sistema de acerto de 30% para ficar no break even a media dos vencedores tem que ser 2.33 x maiores que as perdas medias. Para o sistema valer mesmo a pena, na minha opiniao os vencedores medios devem ser pelo menos 4x maiores que os perdedores o que geraria uma expectative media de 0.5R. Pra gerar ganhos medios de 4R tem que ter mega paciência e aguentar a coceira de nao tomar os lucros.

Um sistema neste parâmetro de ganhos de somente 30% é tao comum ter 10 perdedores em seguida como ter 3 vencedores em seguida. Ambos acontecimentos tem a probabilidade de ocorrer de aproximadamente 2.8%.

Se não entendeu este paragrafo visite os posts.

R multiplos

Expectativa

O livro deixa bem claro sobre a simplicidade e essencia  de trend following que se resume em:

-Cortar as perdas, cordar as perdas e cortar as perdas

-Surfar os vencedores ATE o FINAL quando a tendência muda. E isto significa volatilidade, drawdown e devolver lucros para o mercado.

-GERENCIAR RISCO.  Acho que NOVAMENTE, estou batendo nesta tecla que é a parte mais importante de trading depois de psicologia, é claro. O gerenciamento de risco que faz voce continuar seguindo o sistema e ainda dormir a noite.

– e é LOGICO por ultimo: Ignorar completamente as noticias.

Uma vez Ed Seykota disse que o sistema ideal para cada pessoa é aquele que as perdas sao pequenas suficientes para nao ter importancia a ponto do trader sempre executar as regras do sistemas e os ganhos tem que ser grandes suficientes para valer a pena continuar a operar. Assim, o sistema ideal tem que ser a intercessão deste universo.

Clip: http://cdn1.fishpond.co.nz/9781118063507-crop-325×325.jpg

19 Comments

Filed under Biblioteca, Jornada, Reflexão