Category Archives: Uncategorized

Livros que li em 2014 – Parte 3

 

Habit Stacking, S J Scott: Ouvi a entrevista de SJ Scott no podcast do James Altucher onde o título era como fazer USD 40 mil por mês e o cara contava a historia em como conseguiu isto publicando ebooks no Kindle. Este livro é um dos ebooks que escreveu. A estratégia do cara é escrever um livro a cada 4 meses e publicar sem parar um atras do outro e somando a renda que cada livro tras da os 40 mil que consegiu no seu mes recorde. Não acontece da noite para o dia mas algo como 5 anos fazendo consistentemente com melhoria continua é um resultado possível. O livro que li não tem nada a ver com a entrevista e como escrever ebooks, mas apenas um livro sobre como mudar hábitos ou melhor criar hábitos uteis em diversas áreas como finanças, relacionamentos e etc. Queria mais conhecer o estilo do escritor. Linguagem simples e objetiva e qualquer um poderia escrever um livro assim ou até contratar alguém para isto. A profissão se chama ghost writer.

 

Hapiness Pursuit, Chris Gilebeau: Um antigo fan do Chris e um dos motivos de continuar o blog e monetizá-lo com certeza foi inspirado pelo Chris. Este livro achei bom por contar histórias de pessoas que se propuseram fazer uma “quest” ou um projeto desafiador com inicio e fim e uma meta. Um exemplo é o próprio Guilebeau que viajou o mundo e conheceu todos os países do mundo, ao todo 198. Neste livro que fala do cara do golf que falo no artigo anterior que acabei lendo o livro e achei muito bom por me interessar no esporte. Se tem um sonho de fazer algo desafiador e esta sempre adiando o sonho acredito que é um bom livro para te dar idéias e inspirações de pessoas que conseguiram grandes feitos.

 

The ONE Thing, Gary Keller: Livro altamente recomendado pelo Pat Flyn e concordo que é um livro excelente. Com certeza muito prático e inovador e tem um ótimo sistemas para FOCO e GET THINGS DONE. Até melhor que o livro do David Allen. Basicamente a teoria toda do livro gira em torno de uma pergunta que você sempre tem que estar fazendo para si mesmo com relação a algo que quer atingir. A pergunta mágica é “Qual é A COISA se eu fizer todas as demais coisas serão ou desnecessárias ou se tornarão muito mais fáceis para que atinja seu objetivo”. Se quiser uma explicação com um exemplo prático assista este vídeo.

 

Mindset, Carol Dweck: Falei já deste livro aqui no blog no seguinte artigo. Basicamente a tese do livro é que talento é supervalorizado e que é necessário dedicação e esforço e que a teoria de achar que talento é importante é a apenas uma forma de se limitar ou achar uma desculpa de ser medíocre.

 

How the World Sees You, Sally Hogshead: Se gosta de testes como Myers Briggs ou DISC e outros testes de personalidade este livro é uma forma diferente de ver a questão de testes de personalidades. Os testes de personalidade geralmente tem a perspectiva de como VOCÊ vê o mundo, mas este livro tem a perspectiva como o MUNDO vê você. A teoria é baseada no cruzamento de 7 características o que dá no total de 49 perfis. O meu deu Trust e Mystique. O livro é muito bom para fazer a marca pessoal e a partir dai mudar a forma como você se comunica para usar as suas vantagens naturais ao seu favor. No meu caso a minha linha de discurso é purposeful strategies ou eu forneço estratégias com propósito. As minhas características principais é mais ouvir do que falar, ser calmo em momentos de pressão, tenho consistência, analítico e sempre faço as coisas com propósito.

 

Benjamin Franklin, Walter Isaacson: Se fosse para pegar o melhor livro que li este ano este foi o livro. Eu já tinha ouvido falar da vida dele, mas quando li ela contada por Walter Isaacson foi outra coisa. Eu estou pegando costume de ler biografias e pra mi esta sendo um dos livros que mais me abre a cabeça. Isto por vários motivos. O principal é ver que grandes icones da história eram pessoas comuns como qualquer um, mas que fizeram alguma coisa diferente que fizeram deles pessoas diferentes. Fica uma questão que é ate discutido no livro sobre mentalidade de Carol Dweck. Enfim, o  cara não era so um gênio, mas um dos caras mais importantes da história dos EUA e mostra como uma pessoa determinada e focada pode mudar uma sociedade e vários aspectos. Benjamin Franklin decidiu logo cedo que seu ramo era escrever e logo já abriu um jornal e já se tornou o numero 1 batendo a competição. Logo no começo percebeu que o que fazia parte do jogo ser sensacionalista, uma coisa que ele era contra, mas que precisava colocar algumas fofoquinhas no jornal por vender, pois conhecia muito bem a natureza humana. Franklin era considerado o melhor jornalista e escritor e influenciador a época. Uma coisa interessante é que nasceu numa família puritana em Boston, mas com o passar dos anos negou o puritanismo, pois ia de encontro com algumas teorias sobre Deus, o universo e a própria questão de tolerância religiosa. Franklin acreditava que existia outras formas de expressar espiritualidade, moral e ética que não o cristianismo e ser puritano ia de encontro com este valor pessoal dele. Quando fez 40 anos ele já era financeiramente independente e tinha um salario de 20x o salario médio da época e poderia ser considerado rico e não precisava mais de trabalhar. Entretanto tinha uma ética bem frugal e de trabalho duro. Assim, passou a dedicar sua vida outras áreas como invenção e serviço público. Ele fundou o corpo de bombeiros, bibliotecas, hospitais, coisas que não tinham difundidas na época de uma forma estruturada e organizada. Nesta época se tornou um inventor e dai vem o famoso experimento do raio e da pipa. Mais para o final de sua vida ficou totalmente dedicado a diplomacia e o movimento de independência dos EUA. Foi morar na Inglaterra para articular os bastidores e depois antes da declaração da independência, redigida por George Washington, mas editada pelo Ben Franklin. Quando a gerra de revolução começou ele mudou para a França para buscar apoio para vencer os ingleses o que foi essencial. Enfim, um livro interessante e cativante. Pontos sobre a vida dele interessantes é que apesar de mostrar grande amor a familia e ao serviço social era um whokaholic e dedicado ao seu propósito. Ele morou 2x na Inglaterra por 10 anos cada vez e outros 10 anos na França. Ele perdeu o casamento do filho e da filha por exemplo ficou mais longe da esposa do que perto durante a vida de casado. Sua esposa dedicada a casa e a família nunca saiu da própria cidade que nasceu, Filadélfia. Outras coisas interessante é que ele teve um filho bastardo, que há controversas se o filho é dele ou não, mas resolveu adotar e criar como filho. Ele perdeu um filho que morreu de catapora e tinha uma filha legitima. Interessante que na época era raro ter poucos filhos e ele mesmo vem de uma família de mais de 10 filhos. No final ele acaba rompendo com o filho que era fiel a coroa inglesa por ser o governador de um dos estados coloniais.

 

Super Rich, Russel Simmons: Livro sobre o empreendedor e produtor de musica Rip Rop  nos EUA. O resumo da opera. Medite pra caramba, defina o que quer e trabalhe duro como se não houvesse o amanhã e ficará rico. Isto que consigo lembrar do livro.

 

The Tools, Phil Stulz: Livro muito bom sobre psicologia e ferramentas úteis para controlar as emoções e sobrepor barreiras emocionais. As ferramentas são. 1. Usar resistência como norte, ou seja fazer a tarefa mais árdua e que menos quer indica o seu norte e o livro fala literalmente PUSH THROUGH. 2. Amor e perdão, enfim não guarde rancor vai e perdoa e resolve a situação e mova com sua vida. O maior beneficiado é você e sentir rancor não faz a outra pessoa sentir nada, só você. 3. Buscar autoridade e motivação dentro de si mesmo. OU voce faz as coisas acontecerem ou vai ficar a vendo navio. Todo seu estado emocional e de felicidade vem de dentro. 4. Seja grato. 5. Pense na morte todo dia. Parece loucura mas isto te da um senso de urgência. Como o Steve Jobs fala via como se fosse o seu ultimo dia de vida. Um dia você vai estar certo.

 

The Big Leap, Gay Hendricks: Mais um livro sobre psicologia. Basicamente o livro tem um processo de encontrar limitação mentais que voce mesmo coloca na sua vida devido a crenças o que é a raiz da AUTO SABOTAGEM. Por exemplo, se acreditar que não pode ser um casamento feliz, sempre quando acontece alguma coisa boa no casamento logo depois disto vem uma briga para confirmar aquela crença. Isto se aplica a trading.

 

The Seven Principles for Making Marriage Work, John Gottman: Dizem que é o cara que mais entende de relacionamentos e tem uma taxa de 90% de acerto (ou algo bem grande) se um casal vai se separar conversando com eles 15 min. Também comentado por muita gente e já vi o livro citado em vários lugares. Enfim o resumo da ópera, como em tudo, tem que trabalhar duro para ter um casamento feliz e um trabalho das duas partes. Não tem casamento de conto de fadas de brigas, desentendimentos e etc. O livro coloca princípios e ferramentas em como navegar pelas dificuldades e ter um casamento “feliz”. Se é casado recomendo.

 

A Brief History of Everything, Kim Wilber: Estava com uma outra expectativa quando comecei o livro que achei que ia dar uma perspectiva mais histórica, mas no final acho que foi um balanço entre uma teoria da razão da vida e mais um livro de até onde que vai o buraco do coelho. Gostei muito da integração dos planos físico e espiritual e a evolução da consciência do ser humano ao longo da história. Livro longo e cansativo e bem denso.

 

The motivation Manifesto, Brendon Burchard: Um livro sobre desenvolvimento pessoal muito bom pois ele foca muito no aspecto pratico e tem um bom balanço com a parte psicologia e de auto confiança. No final a motivação é algo intrínseco que vem de dentro e não externamente. E também é crucial, como Napolleon Hill fala, ter um objeto um sonho e buscar aquilo que quer. O livro é baseado nos princípios da declaração de independência e cada capitulo é uma das declarações.

 

Sonho grande, Cristiane Correa: Comprei o livro e li enquanto passava minhas férias no Brasil. Acabei comprando quando fui ao shopping comprar o presente para o meu amigo secreto que por sinal dei o livro. Conta a historia dos 3 homens mais ricos do Brasil. No anos 90, quando estava na faculdade só se falavam nos feitos destes caras e das suas empresas como o Banco Garantia, Bhrama, ALL, Americanas. O resumo é que os caras usam o mesmo método do Warren Buffet. Eles compram a empresa e fazem uma reviravolta. Manda um monte de gente embora, trabalha o tripo, corta todas as gorduras e ineficiências, alavancam e são altamente agressivos. Tipo os caras acabam com a mamata e valorizam a meritocracia, ou seja, nada para os incompetentes e tudo para os competentes. Eles criam um ambiente altamente competitivo e quem ralar mais leva o premio. Quem está a fim de ralar e persistir leva o premio e os trio, Paulo Lehman, Beto Sucupira e Marcel Tellez são bilhonários e fizerem outras centenas de outros milionários. Pra mim foi um prato cheio e conhecia alguma das histórias, mas o livro coloca tudo bonitinho numa sequência lógica. Se gosta de histórias de negócios eu recomendo. Excelente e tem em português :).

 

6 Comments

Filed under Uncategorized

20 regras de Donchian para operar commodities

Richard Donchian é famoso por inspirar traders como Ed Seykota e Richard Denis a desenvolverem sistemas seguidores de tendencia, entretanto Donchian também chegou a publicar material que da margem a interpretar que não era um trader sistemático 100% e também tinha um grande elemento subjetivo. Segue a minha tradução de suas regras para operar commodities. São 20, sento 11 gerais e 9 técnicas.

Regras Gerais

1.       Esteja atento ao querer agir em opinião alheia. Mesmo que correto geralmente vai chegar atrasado

2.       Em períodos de calma e inatividade, se prepare e siga o movimento de preço na direção que o volume está aumentando.

3.       Limite suas perdas, surfe no lucro, independente de qualquer outra regra.

4.       Entrar de leve numa posição é recomendável quando não se tem muita convicção na posição. Sinais claros são frequentes suficientes para tornar a vida de operador valer a pena e o foco nestes movimentos e a eliminação de todos os outros nos guardara de tomar violinadas desnecessárias.

5.       Raramente se posicione na direção de uma tendencia de curto prazo de três dias de alta. Espere o reversão de 1 dia.

6.       Prudentemente use ordens STOP, esta é um valioso auxilio ao trading lucrativo. Stop podem ser usados para proteger o lucro, limitar perdas e entrar em posições onde o preço esta prestes a explodir. Ordens de stop são mais valiosas se colocadas propriamente de acordo com a formação do gráfico

7.       Sempre é melhor se posicionar comprado num movimento do mesmo tamanho. Uma posição que varia de 50 a 25 equivale a 50% e um de 25 a 50 equivale a 100%.

8.       Para entrar numa posição usar ordens limite é aceitável, mas para sair sempre saia a mercado.

9.       Compre commodities que estão se mostrando fortes e venda as fracas desde que esteja sujeito a todas as outras regras

10.   Movimentos que o mercado de transporte lidera é melhor seguir do que movimentos que o índice de transporte fica pra trás

11.   O estudo dos fundamentos de uma empresa é tao importante quanto o estudo dos relatórios estatísticos.

Regras técnicas

1. Um movimento com uma consolidação lateral geralmente é precedido por um movimento de mesmo tamanho na mesma direção, seguido de um outra consolidação lateral.

2.   Reversão ou Resistência em um movimento é mais provável de ser encontrado em (a) quando o preço atinge uma banda de preço onde flutuou por algum tempo ou (b) quando aproxima picogs e vales anteriores

3.   Olhe por oportunidades de compra ou venda quando o preço se aproxima da linha de tendência, especialmente quando o volume é médio ou baixo. Esteja atento se o preço não tocou a linha de tendencia já varias vezes.

4.   Olhe quando o preço se arrastar na linha de tendencia e esteja preparado caso a linha seja quebrada.

5.   A quebra de uma linha de tendência intermediaria na direção contraria linha de tendencia principal é um dos sinais MAIS importantes para tomar uma posição no Mercado. Posições podem ser tomadas ou revertidas com stop em tais pontos. (esta é provavelmente a regra mais importante).

6.   Triângulos de qualquer inclinação pode significar ou acumulação ou distribuição, dependendo de outras considerações, embora geralmente triângulos quebram no lado plano.

7.   Preste atenção em climax de volume, especialmente  em movimento que longa duração

8.   Não espere que Gaps sejam preenchidos a nao ser que saiba distinguir entre gaps de rompimento, gaps normais e gaps de exaustao

9.   Durante um movimento, tome uma posição crescente na direção do movimento a Mercado na manha de qualquer reversão de 1 dia, mesmo que a reversão seja sutil, especialmente se o volume cai na reversão. (este prova ser uma regra de grande valor)

Regras gerais 3 e as técnicas 4, 5 e 9 são as mais importantes segundo Donchian.

donchian-20-guides

1 Comment

Filed under Uncategorized

10 coisas que o trader iniciante deve saber

” You can learn new things at any time in your life if you’re willing to be a beginner. If you actually learn to like being a beginner, the whole world opens up to you.” Barbara Sher

A melhor forma do aprendizado com certeza é a experiência, mas sempre é bom pegar o atalho de quem já quebrou a cara.

Assim aqui vão 10 coisas que gostaria de ter aprendido mais cedo.

  1. Cortar as perdas rápido
  2. Deixar o lucro fluir
  3. Tenha uma estratégia clara de entrada e saída
  4. Defina o seu risco ANTES de entrar em qualquer operação
  5. Nem sempre a estratégia que tem o maior percentual de acerto é a melhor, pelo contrário
  6. Consistência é o segredo, ou seja, seguir sua estratégia sempre
  7. Use stop loss
  8. Analise técnica é a parte menos importante, depois de gerenciamento e psicologia
  9. Não existe um sistema ou estratégia perfeita, mas tem uma ideal para cada um, então concentre em achar a sua
  10. Apenas 5% dos traders faz dinheiro consistentemente no longo prazo.

Se é iniciante leia com atenção e pesquise sobre o tópico. Se tiver algum duvida de algum ponto comente.

Abraço

Vela

Source: http://www.blogcdn.com

 

 

 

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Como testar os ativos do Bovespa no Amibroker

Agora o negócio está ficando sério e estou esquentando os motores para preparar o produto mais esperado dos seguidores do Velaepavio.com

O curso de como programar sistemas de trading utilizando o Amibroker.

Este produto será totalmente visual e mão na massa, passo a passo. Para que todos possam aprender a como testar suas próprias idéias de trading no Amiroker.

Para isto, estou configurando o meu Amibroker. Assim, eu gravei um videozinho para ensaiar o que será o produto com material em vídeo.

O vídeo é a instrução em como importar a base de dados do GrapherOC para o Amibroker que acredito ser o primeiro passo para começar esta grande jornada de sucesso.

Para quem não conhece o GrapherOC é um software oferecido gratuitamente pela empresa Quantis que pode ser baixado aqui.

 

Como sempre, qualquer comentário ou sugestão favor não hesitar em se manifestar.

7 Comments

Filed under Uncategorized

Como mudar sua mentalidade

Nos últimos dois posts eu falo sobre as questões de como conseguir o que quiser na vida e também explico como que mente funciona.

Agora quero falar em como usar a sua mente como um instrumento para sua mudança de comportamento que fara você ser uma pessoa muito mais eficaz, sagaz, feliz e dona do seu próprio destino.

A grande questão que deixei não respondida é a seguinte.

Como que eu mudo minha mentalidade? i.e. aquele programinha automático que roda todo dia na minha cabeça e cria a minha realidade. Assim, vivo de frustração em frustração de forma totalmente insana?

Se você está lendo este post já é um excelente começo, pois indica que tem interesse em mudar.  Caso estivesse como um zumbi vivendo uma vida a deriva você passaria batido quando  leu o título do blog post.

Esta capacidade de perceber a necessidade da mudança que é exatamente o primeiro passo para a mudança de mentalidade.

Mais especificamente eu chamo isto de elevar o seu NÍVEL de CONSCIÊNCIA i.e. o primeiro passo para a mudança é ter a consciência de que alguma coisa tem que mudar.

A pessoa que acha que não tem que mudar ela ou não tem nenhum padrão mínimo decente de vida, ou não tem nenhum processo e plano pra atingir nada na vida e constantemente está apenas a deriva da vida deixando qualquer ideologia dominar sua mente. Esta pessoa não tem nenhuma clareza do que é importante e o que não é importante pra ela.

Ela vive reclamando que não tem tempo, que a vida é difícil, culpa tudo e a todos, a politica, o PT, a Dilma, a mãe, o pai, a falta de dinheiro, ter muito dinheiro, o carro velho, o carro novo, o gato o cachorro… ou seja a pessoa sempre esta insatisfeita e infeliz com a vida.

Assim, ao invés de encarar a realidade esta pessoa não honra a própria depressão e seus sentimentos, suprimindo eles com vícios. Só para citar alguns exemplor: Sexo, drogas, calmantes, anti-depressivos, álcool, remédio pra dormir, trading, jogos de azar, psicanalise, comida, doces, religião, vídeo games, televisão e por ai vai. Não que coisas que citei aqui não tenham bom uso, muito pelo contrário, mas o problema é usar tudo isto como um escape e NÃO encarar a realidade.

Enfim, o primeiro passo para mudar a mentalidade é ENCARAR A REALIDADE. Tentar escapar só vai aumentar a dose do remédio para suprimir sua crescente depressão.

Entretanto a pessoa que quer mudar analise como que vai sua vida com relação a por exemplo:

–          Dinheiro

–          Relacionamento com os filhos

–          Relacionamentos com a esposa

–          Saúde

–          Relacionamento espiritual com o divino

Se não sabe onde começar faça uma AUTO ANÁLISE ampla para aumentar a consciência sobre sua atual situação.

A constatação pode ser não muito boa ou totalmente desastrosa.

Recomendo que não seja duro consigo mesmo, entretanto tenha amor próprio e compaixão consigo mesmo, não tente culpar ninguém, senão cairá no mesmo ciclo e padrão de comportamento que está tentando sair.

Tome TOTAL responsabilidade de sua situação, sabendo que você criou e perpetua as condições do seu programa mental. Então esqueça qualquer desculpa esfarrapada.

Uma vez feita a constatação, você pode priorizar por onde quer começar a arrumação da casa.

Não tente melhorar mais do que 2 áreas de uma vez. Se possível vai uma de cada vez e uma ação positivamente influenciando a outra e você sai de um espiral descendente para um espiral ascendente.

Uma vez definido onde quer mudar a sua mentalidade você pode recorrer a aquele processo onde discuti como conseguir o que quer da vida e começa já a traçar um plano e processo para atingir a sua meta.

É total responsabilidade sua buscar ajuda pra mudar. Leia sobre a área, pesquise, confesse para um amigo que confie, ore a Deus pra este plano vir pra você.

Porque do contrário estará CONDENADO a viver um plano que alguém escolheu pra você seja quem for…seus pais, seu chefe, sua esposa/marido, seus filhos…

“If you don’t design your own life plan, chances are you’ll fall into someone else’s plan. And guess what they have planned for you? Not much.” Jim Rohn

Resumindo: Olhar profundamente dentro de si e identifique a realidade, ame a si mesmo e defina o que quer da vida nesta área.

Então o próximo passo é se comprometer de corpo e alma com todas suas forcas a implementar o plano e faça isto sua promessa.

Viva este plano como seja seu mais alto padrão e o mais importante. AJA!!!! E a evidência que tomou alguma decisão é sua AÇÃO.

 

Se é desenvolver seu sistema, desenvolva.

Se é ir na academia 3 vezes por semana… cara faça chuva ou faça sol vá… e siga seu plano

Se é gastar x horas de qualidade de tempo com seu filho faça isto LEI, se entregue de coração

Se é orar pra Deus x minutos por dia NÃO DESVIE do seu plano!!!!

E lembre DESCULPAS só vai fazer você voltar no antigo ciclo vicioso e destrutivo

Faça do seu plano um sacramento e que seja um modelo para as pessoas ao seu redor

AJA com TENACIDADE!!!

Te garanto que o que te fará feliz é este processo de crescimento em se tornar uma pessoa melhor. 

Nesta jornada você vai descobrir a razão de porque está aqui na terra.

Não desperdice o seu talento e honre o dom que Deus te deu e se comprometa a desenvolver o seu dom.

Até mais

Vela

 

source: http://4.bp.blogspot.com/-b1ZxeifBbvE/T7gshGOxFmI/AAAAAAAABT8/pMj-R9-x-jY/s1600/Everest-784273.jpg

7 Comments

Filed under Psicologia de Trading, Reflexão, Uncategorized

15 coisas que minha mãe me ensinou

“There are many ways to enlarge your child world. Love of books is the best of all” Jacqueline Kennedy Onassis

Esta semana é dia das mães no mundo todo, pelo menos na maioria dos países, pois isto varia de pais para pais.  🙂

Ano passado eu escrevi um blog post nos dias dos pais e isto me inspirou para escrever um blog post sobre as coisas que minha mãe me ensinou.

Acho que este é um exercício que todos nos devemos fazer como parte da sabedoria da cultura judaico-crista “Honra o teu pai e tua mãe”, que eu explico no post sobre o meu pai.

Sem maiores delongas aqui vai a lista das coisas que  minha mãe me ensinou.

1.       Higiene: Sim foi ela que me ensinou a tomar banho. Não aquele banho de gato onde saímos molhados e cheios de cascão. NÃO! Aquele banho que temos que limpar cada pedacinho do corpo principalmente onde o cascão se forma como canela, atrás da orelha e etc. Assim como escovar os dentes fazendo os movimentos circulares e etc. Hoje sou grato que minha conta de dentista é bem baixa já que nunca tive uma carie na vida e eu posso pegar o ônibus as 6 da tarde lotado sem que as pessoas precisar usar mascara de gás.

2.       Alimentação saudável: Minha mãe sempre me preocupou com a boa alimentação e lia todo livro e revista e novidade sobre o assunto, pois naquela época não tinha internet. E não tinha acordo em casa. Ou comia a salada ou depois tomava um suco de clorofila batido com suco de laranja natural espremido na hora. Em casa não tinha refrigerante na dispensa e era só no domingo a noite com uma pizza. É ISTO. De segunda a sábado era arroz, feijão, verdura, salada e suco e fruta de sobremesa. Quando comprava chocolate a oferta era minuciosamente controlada. Ela conseguia esconder, não sei onde, o saco de 1kg de Sonho de Valsa e dar gradualmente um para cada filho comer quando conveniente. Lógico depois de ter tomado o suco de clorofila

3.       Personalidade agradável: Uma coisa que minha mãe pegava no pé eram boas maneiras como cumprimentar na chegada e na saída TODAS as visitas UMA POR UMA em casa e quando íamos na casa de alguém. E importante que o detalhe que tinha que ser de mão firme e olhando no olho. Outros tratos de personalidade agradável como ouvir quando alguém esta falando e NUNCA!!!!!! Cortar alguém na conversa interrompendo. Bom isto deve ter me salvado em entrevistas de emprego. Obrigado mãe.

4.      Oração e Coração Grato: Importante que sempre enfatizou ser eternamente gratos por tudo que temos, mesmo que sempre em casa teve tudo em abundancia e nunca faltou nada, mas mesmo assim ATE HOJE ela enfatiza isto que oração e gratitude é primordial emu ma vida de paz consigo mesmo e com Deus.

5.       Abundancia: A palavra aqui seria ter sempre fartura de tudo, mas ao mesmo tempo ter uma intolerância contra desperdício. Aprendi com ela este equilíbrio e não ser mesquinho em nada e dar para os outros, divider que no fim Deus multiplica o pao.

6.       Respeito aos mais velhos: Aprendi sempre a ser cortês com os mais velhos, abrir a porta, oferecer para carregar a sacola da feira e sempre se colocar a disposição dos mais velhos.

7.       Igualdade: Outra coisa que dou credito a minha mãe é que todos são iguais e merecem tratamento igual não importa o grau de instrução ou a classe social que a pessoa é. Sempre tratar com respeito do mais pobre simples ao mais rico e importante indiferente do seu interesse pessoal

8.       Generosidade: Aprendi a ser generoso através dela sendo generosa com os filhos sempre buscando um equilíbrio do mimo e querer o melhor para os filhos. Assim como ser generoso e abundante que complementa o ponto sobre abundancia (5).

9.       Bom gosto: Esta não é uma coisa que não só aprendi como admiro da minha mãe que ela tem excelente bom gosto ao se vestir, na decoração e na escolha das cores. Gracas a Deus minha mãe não é BREGA e isto eu aprendi com ela. Ela tem uma finesse de sangue.

10.   Etiqueta: O livro da Danusa Leao em casa tinha orelha e todos sabíamos todas as regras de trás para frente e a última coisa que minha mãe queria que a família fosse mal educada e tachada como  “sem modos”. Aqui uma complementação do ponto 3.

11.   Fazer listas: Não tem nada mais satisfatório do que uma “to do list”. Ter aquela sensação de dever cumprido e certamente minha mãe me inspirou em ler livros como o clássico How to Get Things Done de David Alen. Nada mais nada menos do que método avançado de como fazer e executar uma lista de afazeres.

12.   Persistência e buscar os sonhos: Eu tive alguns sonhos na vida e quis buscar e confesso que minha mãe sempre me incentivou a ser o melhor em qualquer área que escolhesse custo o que custasse e tudo que estivesse ao seu alcance ela fez para me apoiar. Lembro isto na época de vestibular e todas as conquistas relacionadas a profissão e educação.

13.   Atenção a detalhes: Ligado ao ponto 3 reconheço a insistência da minha mãe em prestarmos 100% de atenção quando alguém pedisse ou desse alguma instrução. Cada vez que esquecia alguma coisa era um sermão. Valeu a pena mamãe aprendi a lição. Tarefa dada e tarefa executada nos mínimos detalhes.

14.   Humildade: Isto não tem nada a ver com baixa estima, mas uma coisa que aprendi foi sempre nunca achar ser melhor do que alguém, entretanto manter a confiança interna e a auto estima e o valor próprio, sabendo que a sabedoria vem de Deus.

15.   Leitura: Sempre minha mãe manteve a biblioteca da casa cheia de livros desde que somos pequenos, não só em português, mas em francês, na sua tentativa que aprendêssemos por osmose :). Eu gostava das figures dos livros franceses e até que um dia me matriculei na aliança francesa e hoje arranho o idioma. Quem sabe tudo começou com aquele livrinho de pássaros em francês? Eu sabia que minha mãe tinha a sensibilidade das família Kennedy e Onassis.

No final consegui achar pelo menos 15 coisas positivas que minha mãe me ensinou e assim como com o meu pai eu sou muito sortudo pelos pais que tenho.

scan0008

minha mãe, meu irmão e eu (o mais novo)

Feliz dia das mães

Abraco

Pedro, A.K.A. Vela.

 

Leave a Comment

Filed under Jornada, Reflexão, Uncategorized, Vela's Beliefs

Market Wizard – Marty Schwartz

“I had been a security analyst for eight years and it had become intolerable. I knew I had to do something different. I always knew I wanted to work for myself, have no clients, and answer to no one. That, to me, was the ultimate goal. I had been brooding for years, “Why wasn’t I doing well when I was groomed to be successful?” I decided it was now time to be successful” – Marty Schwartz.

A Entrevista com Marty Schwartz foi sem dúvida a que me deixou mais de queixo caído quando lí. Ele realmente é um modelo de trader bem interessante, pois ele é um trader altamente lucrativo, com baixíssimos drawdowns. Só para ter uma ideia o retorno dele mensal é de cerca de 10 a 20% com um drawdown de no máximo de 3% ao mês que ocorreu uma vez no momento da entrevista. Ele nunca teve um ano negativo.

No primeiro ano como trader ele fez $100K no segundo $600K e a partir dai nunca ficou um ano sem fazer menos do que 1 milhão por ano. Seu capital inicial era de cerca de 90 mil que emprestou do sogro. Uma coisa que ele fazia era todo ano começar a conta com algumas centenas de mil cerca de $200K a $300K e fazia este dinheiro virar 2 a 3 milhões no final do ano. Então ele comprava ouro, títulos do governo, imóveis com este dinheiro e deixava os 200 – 300 mil em cash para começar mais um ano como trader zerado. Isto porque, se ele continuasse ganhando 20% ao mês em 1o anos ele estaria controlando o PIB dos EUA :), se você entende juros compostos. Talvez fizesse isto, pois entendesse seu tamanho com trader e sentia confortável que pudesse entrar e sair rápido do mercado, pois era um day trader que opera no curto prazo. Ainda opera em 2014. Hoje é mais ativo no mercado de petróleo e FX.

Re-lendo a entrevista aqui vão os meus highlights

Sistemas de trading automatizados: No começo de sua carreira como trader teve uma péssima experiencia com sistemas, pois conheceu um programador que desenvolveu um sistema que praticamente fez ele perder todo o seu dinheiro e nunca mais acreditou em sistemas e seguiu o caminho do trading discricionário dai em diante se tornando muito cético quando a sistemas automáticos a ponto de se irritar profundamente toda vez que o Jack fazia alguma referencia a programas de trading.

Sintetizador: Ele se auto intitula um sintetizador, pois tem grande capacidade de absorver conceitos abstratos e complexos e simplificar em uma metodologia lógica e simples que faça sentido para ele. Assim que desenvolveu sua própria metodologia por estudo e observação de comportamento de preços juntamente com o desenvolvimento de sua intuição.

Ego: A única forma de ser lucrativo em trading é matar o seu ego. É primordial aceitar quando se está errado. Para ele muitas pessoas perdem no mercado pelo simples fato de preferir estar certo a ganhar dinheiro.

Pregão vs. Computador: Marty começou sua carreira operando no pregão viva voz, mas com o tempo percebeu que tinha mais clareza do que estava acontecendo no mercado quando subia no horário de almoço no seu escritório e olhava as cotações no computador. Assim passou a ser um trader que opera da própria casa como tempo.

Operar pequeno: Impressionante que está é uma características de todos os Market Wizards que já fiz um post aqui no blog. Ele também diminui o tamanho da posição quando tem uma sequencia forte de perdedores.

Lucro Consecutivo: Uma outra regra que Marty tem é quando ele ganha MUITO dinheiro ele prefere tirar uma pequena folga e curtir o dinheiro, pois perceber que se continuar operando ele fica relapso e acaba perdendo feito. Isto porque ele percebeu que sempre as perdas grande eram precedidas de períodos de grandes ganhos.

 X de sua metodologia: Dentre outras regras ele presta muito atenção em médias móveis que para ele indica a direção que o mercado está indo e procura identificar pontos de entrada de baixo risco onde pode aumentar a sua relação risco retorno. Também olha correlações entre ativos como mercado de bonds e ações e a divergência entre os mercado de bonds como uma ferramenta de confirmação se deve entrar ou sair do mercado. Ele é adepto da crença que na dúvida ele liquida a posição, pois quando está em caixa seu pensamento é bem mais claro e que sempre tem a oportunidade de voltar para o mercado se quiser.

Deixar o lucro fluir: Segundo Marty ele considera que é muito bom em cortar as perdas, mas que ainda tem que melhorar muito em deixar o lucro fluir e reconhece que toma lucro prematuramente muitas vezes. Ele diz que toda vez que toma lucro ele sente como se a caia registradora fizesse u barulho na sua mente. CASHING!

Educação militar: Marty serviu os Mariners nos EUA e atribui ao seu treinamento capacidade de trabalhar sob pressão sem travar. Assim ele explica como que foi possível sair de uma posição comprada na segunda feira negra em 1987 quando o mercado teve sua pior queda percentual da história. No fim do dia ele acabou perdendo somente 300 mil ao invés de 5 milhões que seria a ruína para ele.

Diversificação: Apesar de ser um trader agressivo Marty é super cauteloso e averso a risco pensando que o sistema pode entrar em colapso a qualquer momento. devido a isto ele diversifica seu dinheiro em vários bancos, depósitos de ouro e títulos do governo. Isto porque se alguma coisa ruim acontecer ele tem sempre de onde começar novamente.

Trainees: Ele tentou emular o seu trading e ensinou a metodologia a vários estagiários, mas sem sucesso. Ele disse que não pode transferir o seu estômago para seus funcionários uma vez que é um trader discricionário.

Gerenciar dinheiro dos outros: A entrevista foi feita no final da década de 80 e até então Marty somente estava administrando seu próprio patrimônio e estava somente pensando em abrir um fundo com dinheiro dos outros. A entrevista não fala isto, mas não sua auto biografia Marty conta que foi um TOTAL desastre e ele quase perdeu a vida apos ir parar no hospital de tanto estresse. Existem pessoas que nasceram para administrar dinheiro dos outros e algumas, como ele, não.

Sucesso: Depende apenas de uma mudança de atitude que foi que ele fez. Não importava o quão inteligente ele fosse ele não foi bem sucedido a não ser a partir do dia que tomou uma decisão drástica em sua vida.

Se quer mesmo se aprofundar no estudo de Marty recomendo ler sua auto biografia que conta em detalhes sua trajetória e processo de se tornar um trader campeão.

Recentemente deu uma palestra que está no YouTube que vale ouro

 

 

 

 

 

 

6 Comments

Filed under Biblioteca, Reflexão, Uncategorized

Quando saber se está muito ambicioso?

 “At the age of six I wanted to be a cook. At seven I wanted to be Napoleon. And my ambition has been growing steadily ever since.” ― Salvador Dalí

James Altucher, o meu blogger favorito  e um cara que me inspira muito, pois ele incorpora vários aspectos que gosto e quero sempre desenvolver em mim que é especulação financeira, investimento, empreendedorismo e desenvolvimento pessoal.

Um dos blog posts que achei mais interessante foi quando falou sobre “Quando saber se a ideia que almeja atingir é muito alta ou até mesmo impossível de atingir?

Quero que todo o crédito da ideia seja dada ao James, mas achei interessante passar este conceito para os leitores do velaepavio.com

A resposta para a pergunta é muito simples.

Se você sabe qual o próximo passo a ser tomado nada é muito ambicioso.

Pronto! Isto é tudo que precisa saber para atingir qualquer coisa na sua vida, não importa o quão absurdo ou alto seja o seu alvo ou objetivo.

Um exemplo simples é se está com sede e quer um copo d’água.

É um objetivo muito alto?

Logico que não, porque é algo que sabe qual o próximo passo a tomar. Você pode ir a cozinha e pegar você mesmo ou aproveitar a carona de alguém que está indo em direção a cozinha e delegar a tarefa.

Agora pensando outros objetivos um pouco mais altos. 🙂

Por exemplo.

O Richard Branson quando pensou em entrar no mercado de aviação comercial.

Isto era muito alto pra ele? Não. Porquê?

Por que ele sabia qual o próximo passo a ser dado.

O que ele fez?

Simples. Ele ligou para a sede da Boeing em Seattle e marcou uma reunião para saber quanto custava fazer um leasing de uma aeronave para fazer um teste e certificar se o negócio dava liga.

Pronto o cara fundou a Virgin Atlantic.

As vezes uma pessoa pra chegar neste nível precisa de um pouco de experiencia e persistência, e ter fundado uma das gravadoras mais bem sucedidas do mundo, mas de qualquer forma este nível é atingido dando pequenos passos.

Outro exemplo.

Se quer ser um trader lucrativo.

Qual o próximo passo?

NÃO SEI… hummm Daaaaannnn

Então é um objetivo muito difícil, pensa em outra coisa.

Alternativamente, você pode pensar em qual o próximo passo. Simples assim.

Ler um livro por exemplo?

Sempre pense no passo mais fácil primeiro e depois no próximo mais difícil.

Por exemplo, quero ser presidente do Brasil.

hummm hummm próximo passo.

Abrir um partido político…?

Se afiliar a um partido?

Me candidatar a vereador?

Me candidatar a prefeito?

Me candidatar a Presidente? YAY !

Meu conselho é sempre começar com o passo mais próximo e mais fácil e depois pensar no próximo passo, e depois no próximo e depois…

Os passos são muito importantes, mas a coisa mais importante é definir o que quer da vida e começar a DAR os passos.

É igual na academia. Você não vai levantar 100 quilos no supino no primeiro dia.

Começa com o mais fácil e ai com o tempo e persistência chega nos 100 quilos e ai vai parecer que esta levantando papel.

Cada passo que dá em direção a sua ambição você chega mais perto do seu sonho entende mais do assunto, faz networking com pessoas que já fazem o que quer fazer, testa conceitos novos, erra e aprende sempre.

 David and Goliath

 

 

 

2 Comments

Filed under Jornada, Reflexão, Uncategorized, Vela's Beliefs

A saida é muito mais importante que a entrada

Whenever I enter a position, I have a predetermined stop. That is the only way I can
sleep. I know where I’m getting out before I get in. The position size on a trade is
determined by the stop, and the stop is determined on a technical basis. – BRUCE KOVNER

No meu eBook sobre backtest eu bato na tecla que a saída é mais importante que a entrada, mas eu nunca escrevi um post sobre isto.

Agora queria comprovar estatisticamente com um backtest que isto, que sempre falo, não é ilusão ou coisa da minha cabeça.

Então aqui vai a prova.

Eu tenho um sistema, alias dois, de trend following que tem EXATAMENTE a mesma entrada só que a saída é diferente.

Mais uma vez, isto so para comprovar que a entrada é menos importante do que a entrada.

Por incrível que pareça todo mundo que ensina analise técnica, que na minha opinião é a parte menos importante, focam nas técnicas de entrada ou nos set ups de trading.

As regras destes sistemas de trading following são bem simples e é como deve ser.

O sistema compra break out de 3 dias em ativos que já estão em uma tendência e estão congestionado em um nível de preço.

A saída é um trailing stop ATR do ponto de entrada.

Um sistema mais de curto prazo utiliza um parâmetro de 2.5 ATR e o outro 4.5 ATR para o stop. Todo o resto do sistema é exatamente igual.

Da pra perceber que o de 2.5 tem um stop mais curto e acaba sendo stopado mais frequentemente e o 4.5 deixa o mercado trabalhar um pouco mais e é stopado menos frequentemente, entretanto o de 4.5 acaba sendo mais de longo prazo e os trades duram mais tempo. Cerca de 64 barras.

Veja os resultados do back test na mesma carteira de ativos dos dois sistemas de trading

ATR STOP2

O que é mais importante no sistema é a Expectancy ou expectativa do sistema. Eu discuti aqui neste post se tem interesse em saber mais sobre o assunto. Neste quesito o sistema de 4.5 ATR é melhor.

Veja um exemplo de um trade do sistema ATR de 4.5

ATR45 Sugar

 O Stop 4.5  ATR da muito mais espaço para o trade trabalhar e acaba pegando grandes tendencias com esta.

Agora olha só um tipico trade do sistema com um stop mais curto

ATR25 Wheat

 

Entretanto será stopado mais frequentemente

No próximo gráfico mostrarei um trade do sistema 4.5 ATR, mas com uma sobreposição da mesma entrada só que usando a saída 2.5 ATR

ATR25 and 45 Soybean

 

Veja com o Stop 4.5 aproveitou bem melhor o movimento. 

Segundo alguns traders profissionais a maior parte do dinheiro é feito sentado não fazendo nada. Por isso eu não sou adepto do day trading, que pra mim abre grande espaço para usar o trading com uma forma de medicar seus problemas psicológicos seja qual ele for.

 Para finalizar. Qual sistema utilizar?

Do ponto de vista de expectancy e pagar menos comissão o sistema 4.5 ATR é melhor, entretanto o sistema 2.5 ATR da mais oportunidade de operar e ajuda a crescer o capital mais rápido, mas é stopado mais frequente. Como a regra de entrada é no break de 3 dias, naturalmente o sistema pula no mercado rápido se leva uma violinada. (whipsaw)

Na minha opinião eu prefiro diversificar entre os dois. 

Em mercados que estão em tendencias mais fortes o sistema 4.5 performa melhor, mas em mercado meio de lado com tendencias de médio prazo o sistema de 2.5 acaba sendo melhor.

Enfim vai da preferencia de cada um. A coisa mais importante é gerenciar risco e desenhar um sistema que adapte a sua personalidade.

 

12 Comments

Filed under Uncategorized

Porque sou um Otimista?

“How wonderful it is that nobody need wait a single moment before starting to improve the world.” Anne Frank

“A pessimist sees the difficulty in every opportunity; an optimist sees the opportunity in every difficulty.”  Winston Churchill

 

O copo está meio cheio ou meio vazio?

Com certeza você deve ter ouvido esta pergunta e, como eu, pela primeira vez que ouviu deve ter ficado um pouco confuso com a pergunta. Eu pensei pelo menos por cinco segundos. “O que esta pessoa esta querendo dizer?”

Mas a grande sacada da pergunta é que a realidade que vemos depende de como a interpretamos e devido a interpretação da realidade tomamos atitude diferentes com relação a vida.

Falando de outra forma a realidade é EXATAMENTE a mesma só a interpretação muda.

Por exemplo.

  • Você interpreta que a taxa de desemprego é de 6% ou que 94% das pessoas que querem trabalhar estão empregadas?
  • Você interpreta a quebra da bolsa como uma catástrofe ou como uma oportunidade de vender a descoberto e deixar o sistema expurgar a ineficiência no mundo dos negócios?
  • Você interpreta ser demitido como uma forma de ficar deprimido, reclamar da sua vida e culpar o sistema ou como uma oportunidade de procurar uma melhor carreira?
  • Você interpreta derrota como um fracasso ou como uma fase corriqueira que faz parte do processo aprender algo e fazer melhor da próxima vez?
  • Você  sempre acha que vai dar errado ou sempre acha que vai dar certo não importando quantas vezes tenha errado no passado?

Voltando a pergunta inicial.

Poque eu seu um otimista?

Nem sempre eu fui um otimista e acho que isto é algo que aprendemos ao longo da vida por observação ate o ponto que faz parte da sua própria natureza.

A minha jornada envolveu minha paixão pelas três matérias que mais gostava na escola. Isto me fez ter esta visão otimista de mundo. As matérias são Historia, Geografia e Biologia.

Historia porque me ajuda a entender as dinâmicas sociais e e princípios éticos e sociais que perduram ao longo do tempo.

Geografia por me dar uma perspectiva econômica das leis de mercado e suas flutuações em busca de um equilíbrio.

Biologia por me ajudar a entender como que sistemas funcionam, pois a própria natureza e o universo é um grande sistema interligado com mecanismos de feedback.

A principio Historia, que e o meu assunto preferido, me mostra que as coisas se colocadas em perspectiva não são tão ruins assim.

Se gosta de estudar história pode perceber atualmente vivemos na melhor época que consigo pensar. Nunca a sociedade foi tão próspera e viveu em tanto conforto como hoje. Nunca tivemos tantas oportunidades de negócios e nunca fomos tão produtivos, conectados e conscientes.

As vezes vejo gente reclamando da vida e de sua “miséria” e o que vejo é que reclamam de barriga cheia ou apenas não conseguem interpretar de uma perspectiva otimista.

Não precisa ir muito atrás na historia.

Imagina como que a vida foi “difícil” na primeira metade do século 20 (1900 a 1950). Foram 50 anos onde tiveram 3 quebras da bolsa (1907, 1910, 1922 e 1929) e neste período a bolsa ficou fechada em 1914 primeira guerra mundial e só abriu para operar bonds de guerra, pois ações somente em 1918. Neste período tivemos a pior recessão da historia na década de 30 e duas guerras mundiais.

PUTZ que droga? Eu que não queria viver nesta época, mas mesmo assim tiveram homens de visão e otimistas que fizeram fortunas na época.

Foi nesta época que Jesse Livermore ficou milhardário. Apenas em 1929 ele fez mais de 100 milhões. Em dinheiros de hoje, descontando a inflação equivale a mais de $1Bi. Somente George Soros bateu o recorde em 1992 quando fez quase 2bi em um trade e John Paulson fez 15 bi em 2007/08.

O fato de gostar e estudar a historia me mantem calmo em momentos de quebra da bolsa e mudanças de paradigmas na sociedade, pois sei que no final isto se mostra como uma oportunidade e que ciclos econômicos são leis naturais do universo, assim como as leis biológicas e físicas. Na própria natureza vemos estes ciclos. Por exemplo, se comer muita porcaria pode ser que acabe vomitando, pois o próprio organismo vai se auto regular tentando se livrar dos excessos.

Estes dias conversando com um amigo em uma volta no parque estávamos discutindo sobre o preço do ouro e o que pode acontecer. Ele virou pra mim e disse. “VAI TER UMA CATÁSTROFE E TUDO VAI DESPENCAR?”.

Via a cara de PÂNICO dele e a palidez e imagino que seus batimentos cardíacos estavam a mais de 120 bpm e meio que perdendo os sentidos. O que percebi que o problema dele era simplesmente a forma que estava interpretando a realidade. Na minha opinião a psicicologia é tudo e nosso estado mental é chave para o sucesso em trading, pois isto é o filtro de como lemos a realidade a nossa volta.

Parei por 10 segundos depois que ele disse isto e respondi. “Eu não acredito que tudo vai despencar como está dizendo. Não estou querendo dizer que não é provavel que a bolsa caia mais do que 50% em 2014. Entretanto, para mim eu só acredito numa catástrofe se um dia um meteoro atingir a terra, então vira o fim. Do contrario tudo vai ficar numa boa. Eu já vivi o suficiente e passei crises econômicas, já fui demitido duas vezes e minha vida sempre esteve melhor a cada vez que teve uma crise e oportunidades apareceram milagrosamente. Conclusão é se o dia do Armagedom não acontecer, tudo vai melhorar, não importa o quão ruim esteja.”

A grande questão para mim aqui é que saber história, geografia e biologia, pois isto me ajuda a ser uma pessoa otimista a conseguir enxergar um mundo melhor, mais prospero e mais eficiente a cada instante.

Isto me faz acreditar que somos criadores e podemos imaginar o impossível.

“Se podes?”, disse Jesus. ‘Tudo é possível àquele que crê’” Marcos 9:23

 Na virada do seculo 19 para o 20 o mundo era agrário e bem ineficiente e se concentrava em uma encruzilhada ecológica, algo parecido hoje?. Tinha uma grande preocupação que as florestas iriam acabar de tanto desmatamento para manter as lareiras queimando, que não haveria como produzir comida para uma população de 1 bilhão na época. Hoje somos 7 Bilhões em o cafe hoje é 5 vezes mais barato que era na década de 70 se descontarmos a inflação. E os cafeicultores ainda fazem lucro. Para mim isto se chama: MILAGRE.

Enfim, o mundo na virada do seculo 19 para o 20 foi de uma encruzilhada para uma transformação radical com a invenção de três industria: As ferrovias, o petróleo e do aço. Agora que você acha que criaram estas industrias?

Os otimistas ou os pessimistas?

A escolha é sua.

Você pode continuar a ver o copo meio vazio, mas sempre terá espaço para vê-lo como meio cheio. Assim, verá um  mundo melhor e dar asas a sua imaginação.

Desejo sucesso e muito otimismo.

Abraco

Vela.

 

Seja otimista

 

8 Comments

Filed under Jornada, Psicologia de Trading, Reflexão, Uncategorized