Brandt and Covel – Review

Dando prosseguimento ao meu post sobre fechamento para balanco.

Eu terminei a leitura de dois livros dos 4 que tenha na minha fila de leitura.

Nao quero aqui fazer resenha de livros e sem maiores delongas dizer se o livro é bom ou não, porque, e se vale a pena ler.

Sobre o livro do Peter Brandt, Diary of a professional commoditie trader: Achei o livro muito bom e desde já recomendo, principalmente se voce JA tem alguma experiência operando no mercado. Quando lê o livro vai tendo uma perspectiva e confirmação de como é a realidade dos ossos do ofício e que operar não é fácil e mexe DEMAIS com as emoções e ego.

Acho que pra mim a principal lição do livro foi quando ele sinceramente diz: “There will be losing days, there will be losing months and even losing YEARS”. Acho que neste momento que vem aquele pensamento. Seia realmente que quero ser um trader?

Lógico que ele nao quer dizer que ser trader é alguem  perdedor. O livro enfatiza que o objetivo é ganhar dinheiro no longo prazo, mas que períodos de draw down existem e podem ser longos e neste momento que os que acreditam na estratégia  e tem a força interna de continuar seguindo a estrategia robusta e lucrativa de longo prazo.

Por isso, Brandt enfatiza em seu livro que a coisa mais importante em trade é gerenciamento de risco, pois isto te manterá solvente em períodos de draw down mantendo firme na rota de lucros acima da media no longo prazo.

O estilo de trade do autor é discrecionario com regras. Basicamente Bradt tem varias chart patterns que ele opera com o objetivo de surfar a tendência, mas com alvos. Nesta estratégia tem a discricao de colocar um traling stop ou ser estopado no stop colocado na estrada. Isto porque ele diz que tem o tipo trade pop corn que no inicio vai na direcao da tendencia com um lucro razoavel e depois termina em preju.

A media historica de acerto do seu trade eh de cerca de 30% e o retorno composto dos ultimos 30 anos é de 68% ao ano. O pior DD foi de 30%. Ele faz questão de dizer, e isso mostra sua honestidade, que nos ultimos anos tem usado um terco da alavancagem que usava quando comecou a operar no final dos anos 70.

Alguem ai leu o livro do Brandt? Quer ler?

Sobre o livro Trend Commandments de Michael Covel: Em suma acho que Covel fez um EXCELENTE trabalho. Pra quem ja esta convencido que trend following é a estrategia que tem a ver ou que ja leu o primeiro livro do Covel (Trend Following) o livro nao tem muito a acrescentar como novidades sobre o assunto, mas mesmo assim recomento.

Pra quem ainda nao esta convencido eu NAO recomendo o livro, pois se ainda nao se convenceu lendo o primeiro o segundo vai te deixar mais nervoso ainda.

Gosto muito a irreverencia do Covel com os “cegos” que nao conseguem enxergar o conceito e estao atras de uma receita de trend following. Que pra mim nao existe.  Geralmente sao pessoas que tem a analise fundamentalista como uma vaca sagrada ou sao aqueles que sempre estao atras de uma opiniao sobre o futuro ou estao atras de um lucro rapido ou ate mesmo qualquer combinacao das anteriores.

Eu as vezes penso sobre o Covel que possa precer um pouco arrogante e ate tenho dividas que é um trade de tendencia, pois dificil com um ego muito grante. Já dei opinião que ele é um excelente pesquisador e alias o cara que mais sabe da história de trend following, mas não considero ele trader, mesmo que ele se intitule um. Acho que ele ganha dinheiro mais com os livros e os sistemas que ele vende, mais que tradando mesmo.

Eu acho que Trend following alem de uma estrategia de trade é mais uma filosofia que cada um adapta segundo a sua lente da realidade. Ed Seykota diz que tendencia é algo subjetivo e depende de que parametros sao usados para acentuar ou amenizar a tendencia.

Ja nao querendo decepcionar leitores Covel fala que o objetivo do Trend Commandments foi “re-escrever” trend following de uma forma mais digestivel, mais divertida e acessivel que seu primeiro livro. Nao tenho duvida que o objetivo foi atingido.

O livro é bem profundo no sentido que passa a essencia de trend following, mas é bem leve e fluido na leitura. Uma leitura facil e de uma sentada para aqueles que leem rapido. Eu li em tres sentadas neste final de semana. Apesar de 240 paginas acho que tirando os espacos em branco da umas 120 paginas. Poderia gastar menos papel se a formatação fosse menos espaçada.

Pra mim os MELHORES capitulos sao os 3 ultimos, principalmente o ORIGINS que conta a historia do trend following. Uma riqueza na narrative e uma BELA pesquisa realizada. O capitulo me inclina a ler alguns livros de analises tecnica classica que estao na minha lista e que tambem foi largamente citado no livro do Peter Brandt como as BIBLIAS da analise tecnica. Livros escritos nas decadas de 30 e 40.

Enfim, eu acho que os dois livros valem cada centavo que paguei e com certeza estara na minha lista de Biblioteca de trading que recomendo como leitura.

Eu tenho sim livros de trade que li e que nao gostei e inclusive parei no meio e dei pra alguem e alguns estao em uma caixa na minha garagem. Com certeza nao é o caso dos livros acima.

You Shall Follow Thy System

“All I can say is if Paul Tudor Jones, Louis Bacon, and John Paulson can’t make money in this market, I bet you can’t either. Better to watch in awe from the sidelines and until the dust settles and let others do the bleeding.”

— Hedge fund trader John Thomas – Julho 2011

“Every trading system has two part: 1) The maths of the system 2) Your willingness to follow the maths” Ed Seykota

Estive ocupado bastante com outras prioridades e acabei que não escrevo no blog a tempo. Embora sempre entro aqui pra checar se tem algum comentário e monitorar o trafego. Ate tive uns papos com o Otavio nos comentários que sempre participa aqui.

Então, estou eu novamente escrevendo um post sobre o projeto desafio de seguir um sistema de trend following simples com regras sans que funcinam ao longo de décadas como:

–          Seguir o sistema

–          Cortar as perdas

–          Surfar os vencedores

–          Gerenciar risco

–          Arquivar a noticia (ignorar as noticias)

Posso dizer que o sistema em si tem gerado resultados como o esperado pelo Backtest (BT), mas nestas condições de mercado não tem sido fácil seguir e gerado algumas frustrações, mas estou aqui pra testemunhar que segui as regras quase 100% e compartilhar como tem sido a experiência e o que estou sentindo em implementar o projeto desafio.

Parentese que no momento que escrevo o DOW cai 500 pontos. E o meu sistema desde que comecou o colapso a uma semana diz pra eu ficar fora do mercado.

Quero deixar claro aqui que tradar não eh facil e demanda calma, vontade e controle emocional. E o um sistema simplesmente ajuda a colocar este objetivo em um processo. Digo que se sabe o que se deve fazer em momentos de tensao no mercado como esta semana.

Antes queria postar o gráfico de histograma das distribuições R do sistema.

Se nao gostar de histograma ou nao entender aqui segue a tabela que alimenta o grafico

Acho o post importante pra você que testa ou esta testando o seu sistema e esta feliz com os resultados do BT e quer implementar o sistema.  Talvez tenha o que compartilhar sobre suas experiências ou somente comentar e trocar ideias.

Um fato que tem sido um desafio em operar este sistema, como havia comentado nos posts anteriores, que seria um pouco mais difícil, é o fato de estar operando o indice cash futuro que é negociado 24h e o índice, do qual fiz o BT é negociado somente das 10h as 14h horario de Sydney. Eu não tenho a base de dados do indice operado 24h. 🙁

Este problema me causou perder alguns breaks por questão de 15 a 20 pontos, pelo fato de que grande parte do movimento no indice australiano ocorre durante a noite devidos a influencias dos mercados da Europa e dos EUA que ocorre quando o mercado aqui esta fechado. Devido a isto tinha uma dilema que era:

  • Ou colocar ordens somente de manha antes da abertura, mas o risco eh acabar entrando no trade “atrasado”, perdendo o GAP;
  • Ou colocar orderns depois do fechamento, correndo o risco de entrar em trades que nunca ocorreram na realidade ou feak out trades.

No inicio comecei a colocar orderns depois do fechamento, pois nao queria perder os breaks e estava sendo preenchido e saindo dos trades bem parecidos do que se pudesse operar o indice a vista em horario de pregao, mas tomei a decisao de no meio do caminho mudar esta regra e entrar somente de manha e por incrivel que pareca nos 2 trades vencedores e acabei entrando atrasado. 🙁

Antes de continuar escrevendo aqui, o motivo que fiz esta mudança é que comecei ao mesmo tempo operar um sistema short com um stop muito curto (25 pontos) e colocando os trades depois do fechamento eu estava sendo stopado por movimentos bruscos durante a noite que considero noise (barulho). Assim esta regra de colocar orderns antes da abertura faz sentido para o stops curtos, mas o meu sistema longo tinha um stop mais amplo de cerca de 90 a 100 pontos o que dificilmente ocorre durante a noite. Atualmente o ATR gira em torno de 50 pontos.

Mesmo assim confesso que fiquei com “medo” que isto ocorresse com o sistema longo e comecei a entrar ordens somente antes da abertura e acabei me dando “mal” como explicado acima.

Neste post quero focar na analise dos resultados do sistema longo, pois o short fica pra outro post.

Para entender melhor veja na tabela abaixo os trades out-of-sample gerados pela minha plataforma de back test e os trades executados por mim (REAL) que leva em conta splipage e problemas de execução como explicado acima.

Estou colocando estes dados para medir a minha disposicao de seguir realmente o sistema. Veja que estou medindo na ultima columa e minha eficiencia em seguir o sistema. A meta é atingir pelo menos 95% e no momento estou em 70%.

Acho que depois de 7 trades realizados da pra fazer uma analise se devo continuar operando o sistema ou parar. A analise que quero fazer é a seguinte segundo a matrix de decisao sobre continuar seguindo sistema.

Caso estiver seguindo o sistema e os resultados estao dentro dos parametros do BT eu nao preciso mudar nada e devo continuar seguindo, mesmo que o sistema esteja em um drawdown como esta atualmente.

Caso nao estiver seguindo as regras e o sistema esta aderante eu devo:

– trabalhar meu psicologico pra seguir a p… do sistema e aceitar os sentimentos que vem junto com o sistema

ou

– Mudar algum paramentro do sistema como por exemplo o tamanho da posicao para continuar a seguir o sistema

Somente devo parar completamente de tradar se os resultados estiverem fora do BT com uma significancia estatistica. Ai é um indicativo que o sistema esta quebrado. Ainda acho que o sistema esta robusto. Um questao é que as condicoes de mercado nao estao ideiais pra operar o sistema.

Dado que desde que comecei a operar o sistema a bolsa caiu -13.8% e o meu sistema estou perdendo apenas -2.6% eu operando e -2.0% o BT, sendo que no caso estou apenas arriscando 1% do meu capital ja é um bom indicativo da robusteza do sistema e dado a condicao atual que é um mercado bem volatil numa down trend como sugere a citacao acima. Sendo um sistema longo tendo trades vencedores em um mercado caindo isso me da confianca a continuar tradando o sistema. O meu intuito era um sistema de curto prazo de swing trade que ganhasse no mercado de lado ou subindo e ficasse fora em caidas bruscas como a que esta ocorrendo. Por enquanto estou cumprindo meus objetivos.

Dito isto acredito que tenho que ter um bom sistema short pra aproveitar mercados caindo, pois nao sabemos se o mercado caira mais ou subira daqui pra frente. Quero comentar ainda a pesquisa que fiz com relacao a sistemas short e os problemas que atualmente estou tendo em executar o sistema. Apesar do BT ser bom estou tendo dificuldades e algumas delas comentadas acima.

Voltando a falar do sistema longo, pelo BT o sistema longo que estou tradando sobreviveu bem bear markets ficando a curva de equity flat ou caindo bem pouco e fazendo grana em mercados de lado com swings consistentes, e em condicoes atuais chopy o sistema esta sobrevivendo e performando melhor que o mercado (buy and hold). Em mercados bull a performance foi muito boa.

Veja aqui a curva de equity do BT.

E tambem comparando com o XJO (instrumento operado) no eixo direito.

Veja que a bolsa subiu 3.7% ao ano e o sistema 20%.

O que esta me ajudando muito são as regras de gerenciamento de risco de estar tomando perdas RAPIDO e arriscando bem pouco por trade. Fazendo assim, a chance de quebrar, nula. E no negocio de trade sem dinheiro na conta… no trade.

A parte do sistema que fico mais p da vida é quando o trade chega a ganhar 1R+ e acaba saindo com um lucrinho magro que foi o caso dos dois ultimos trades. Parecia que o trade estava embalando e chegou a estar um deles 1,25R up e acabou com um magro 0.3R. Este é uma caracteristica de sistemas de trend following tem que a aprender a conviver com isto.

Veja um snapshot do indice que estou operando com os trades do BT. VEja que o mercado esta muito chopy (picado).

Terei o gosto de postar aqui quando conseguir pegar uma tendencia de jeito e surfar nela.

Segundo o mestre: “One good trend, stuck with, is worth more than a thousand optimal signals, missed.” Ed Seykota

 

Nota Importante: Este não é um site comercial e não tem o intuito de lucrar per se. Dou credito a Ed Seykota todo conteúdo citado do seu website  (http://www.seykota.com). The Trading Tribe FAQ site is copyright (c) Ed Seykota, 2003 – 2011. O artigo acima não pode ser em hipótese alguma considerado como uma recomendação de investimento. Velaepavio é apenas um blog de trading que me permite  compartilhar meus pensamentos e opiniões pessoais com o intuito de desenvolvimento pessoal e de quem estiver interessado a ler meus pensamentos que são opiniões pessoais. Velaepavio não é um agente de investimento registrado e autorizado a dar conselhos sobre investimento. O artigo não leva em consideração circunstancias financeiras pessoais dos leitores. Lembre-se que investir e operar no mercado é arriscado, podendo ocorrer perda significativa de capital num montante igual ou maior que o investimento inicial, caso instrumentos de alavancagem sejam usados. O artigo é propriedade intelectual de velaepavio e apesar de poder ser compartilhada livremente caso o uso for não comercial e com o consentimento do autor caso tenha interesse comercial, estando sujeita a leis de direitos autorais internacionais e locais.

Um Trade Um Perdedor

“ Life is a process. There is no success or failure—only feedback “ Van K. Tharp

” To avoid whipsaw losses, stop trading.” Ed Seykota

Dando prosseguimento em reportar sobre o meu projeto desafio e analisar os meus sentimentos com relação a seguir meu sistema.

Hoje fui Stopado do meu primeiro trade. YES !!!! Segui as minhas regras e CORTEI MINHAS PERDAS RAPIDO.

Comecei a operar dia 3 de maio. Este trade foi um sobe e desce e a maior parte do tempo o trade ficou no negativo. Confesso que durante o trade tive sentimentos de irritação pela posição mover contra mim, mas esperei pelo melhor sabendo que a pior das hipóteses era o meu STOP e a melhor delas era desconhecida ou até a tendencia terminar.

Falando um pouco do sistema e sobre o trade no meu backtest eu percebi que cometi um erro de vazamento de futuro (future leak), que significa que estava entrando trades com beneficio da percepção tardia (hindsight). No post sobre o sistema a regra diz que entraria no break out de 3 dias caso o fechamento cruzasse o breakout. O problema é que existem dias que o breakout ocorre, entretanto o fechamento fica abaixo do break.

Então, fui na formula do meu backtest e mudei para que comprasse sempre o breakout quando ocorresse no intra day. Os resultados foram que o sistema piorou os resultados, mas ainda continuava um sistema interessante do ponto de vista de indicadores aceitáveis de acordo com meus parâmetros e objetivos em trading.

Analisando os resultados do backtest eu isolei somente os dias onde o fechamento ficou abaixo do breakout (10% dos trades) e percebi que estes trades eram ligeiramente negativos na somatória, embora alguns fossem lucrativos. Diria que a somatoria dos trades ficava no break even. Então, fui la no código de programação e criei uma regrinha para re-testar o sistema, só para desencargo de consciência. A regra era que caso o fechamento fosse menor que break eu sairia do trade no fechamento ou perto dele. Isto exigiria estar operando ao vivo no fim do pregão e tomar a perda caso isto ocorresse. Esse não era meu plano original, pois a ideia era ajustar minha ordem no máximo 2 vez ao dia no after market.

Todavia, os resultados do backtest disse que o resultado do sistema, por incrível que pareça, PIORARIA, se fizesse isto. Então, a conclusão foi que deveria  manter o plano de comprar sempre o breakout no intraday com uma stop buy order.

“It takes guts to keep buying breakouts and cutting losses quickly.” Ed Seykota

Acontece que para minha “sorte” o primeiro trade tomado foi um com esta característica i.e. fechar abaixo do break. Entretanto, como quero seguir uma filosofia sa de trading eu decidi seguir o meu sistema e cortar as perdas rápido, se necessário, mesmo que isto me irrite. Quando me irritei talvez meu inconsciente queria me avisar quando a perda ainda eh pequena, através do meu sistema.

Desde que entrei o trade foi um sobe e desce. A maior parte do tempo o trade ficou no negativo. Mesmo sendo stopado, estou disposto a seguir as regras do sistema, mesmo sabendo que na eventualidade do fechamento ser menor que o break a chance de ser um perdedor é maior do que se fechasse acima.

Isso me faz lembrar uma quote do Ed Seykota

“The trend following strategy does not anticipate anything. The trader might anticipate a top or a bottom, and stick to his system anyway.” Ed Seykota

Assim, no momento que fiquei irritado que o trade ficava no zig zag e quase sendo whipsawed respirei fundo e olhei para minha check list com relação aos meus axiomas.

–          O sistema foi desenvolvido por mim? (YES)

–          O sistema tem uma expectativa positiva? (YES)

–          Eu posso lidar com o MAXIMO DD? (iiiiYYYES… vamos ver)

–          Tem boas regras de gerenciamento de risco e position size? (YES)

–          É um sistema de trend following? (YES)

–          É um sistema que corta as perdas rapidos e deixa o lucro fluir? (YES)

Então não preciso fazer mais nada alem de STICK TO MY SYSTEM sem tentar adivinhar o futuro e celebrar os lucros e as perdas, sabendo que fazem parte do processo. Só preciso seguir a tendência e ir com o fluxo

“ By definition, if you make money in the markets, you are on the right side of a trend.” Ed Seykota

No momento estou negativo 1%, gracas a minhas regras de money management ainda tenho 99% do meu capital pra operar o próximo trade e seguir o meu sistema.

“When you finally decide that you are responsible for your own life—for what has happened in the past—you will find that you get an immense rush of freedom” Van K. Tharp

Clip: http://daveanddawncook.com/wp-content/uploads/2010/04/Follow-the-rules.jpg

Nota Importante: Este não é um site comercial e não tem o intuito de lucrar per se. Dou credito a Ed Seykota todo conteúdo citado do seu website  (http://www.seykota.com). The Trading Tribe FAQ site is copyright (c) Ed Seykota, 2003 – 2011. O artigo acima não pode ser em hipótese alguma considerado como uma recomendação de investimento. Velaepavio é apenas um blog de trading que me permite  compartilhar meus pensamentos e opiniões pessoais com o intuito de desenvolvimento pessoal e de quem estiver interessado a ler meus pensamentos que são opiniões pessoais. Velaepavio não é um agente de investimento registrado e autorizado a dar conselhos sobre investimento. O artigo não leva em consideração circunstancias financeiras pessoais dos leitores. Lembre-se que investir e operar no mercado é arriscado, podendo ocorrer perda significativa de capital num montante igual ou maior que o investimento inicial, caso instrumentos de alavancagem sejam usados. O artigo é propriedade intelectual de velaepavio e apesar de poder ser compartilhada livremente caso o uso for não comercial e com o consentimento do autor caso tenha interesse comercial, estando sujeita a leis de direitos autorais internacionais e locais.

Trend Following claro e cristalino

“Trend Trading is conceptually simple and operationally difficult only in proportion to unresolved emotional issues.” Ed Seykota

Este final de semana tive a graça de poder ficar em casa descansando por cinco dias no feriado da páscoa e aproveitando para curtir o mais novo membro da família.

Entre uma troca de fralda e outra aproveitei para me concentrar na leitura das FAQs do site do Ed Seykota. Estou lendo da primeira a última e tem sido uma experiência iluminadora devido a clareza que Ed coloca os conceitos de trend following e psicologia de trading.

Há tempo que venho refinando as minhas crenças sobre trading e o que se adapta a mim. Uma das conclusões foi que trend following é a minha praia. Vejo trend following como a única forma de fazer dinheiro consistente no mercado sem a necessidade de saber o futuro. Parafraseando Ed, um trader é consistentemente lucrativo no mercado baseado em decisões tomadas no constante desenvolvimento do momento de agora que é onde vivemos, pois passado e futuro não existem agora e estamos presos ao presente, a única dimensão onde podemos fazer algo.

Nesta fase de desenvolvimento do meu trading estou comprometido a dar um detox de tudo que pode estar me distraindo como ler blogs de economia e estar atento as multidões de notícias. Como discutido aqui , estas coisas são apenas ruídos e distrações que no final de contas somente servem para abalar o psicológico e causar o trader disciplinado cometer erros. Entenda minha definição de erro em trading tudo que é realizado NÃO baseado em suas regras claras de trading.

Já comentei aqui que a parte mais importante de trading é o psicológico e esta é a área que mais tenho que trabalhar se realmente estou comprometido em ser um trader vencedor. Neste contexto os ensinamentos de Ed Seykota tem sido cruciais para trazer clareza as minha crenças sobre trading, ainda mais ele sendo um trend follower “genuíno”, na minha opinião. Entenda trend follower genuino como alguém que segue tendências, indo junto com a fluxo correto da vida. Não somente em trade, mas em outros aspectos da vida. Em outras palavras se a tendência esta dando lucro, continue nela, pois você está na direção certa, mas se está dando prejuízo pula fora que você está do lado errado da tendência. Simples assim.

O projeto desafio do sistema de trend following que postei será um meio para exercitar as minhas crenças e também de me conhecer melhor como trader.

“I support you looking for the answers in the right place: namely, within yourself.” Ed Seykota

Um dos pontos cruciais da filosofia de Seykota (Trading Tribe Process TM) é que:

“The Trading Tribe holds that we are responsible for our results, and that results indicate intentions.” Ed Seykota

Complementando a parte de intenções e responsabilidade

“The Trading Tribe takes the view that you are successful in creating a result that elevates your feelings up to the point you notice them. By locating and finding the positive intention for your feelings directly, you might not need to create dramas in your trading.” Ed Seykota

Resumindo o meu objetivo com o projeto desafio é avaliar as minhas intenções em trading, pois em sua famosa emtrevista em Market Wizards Ed ficou famoso quando disse: “Cada um consegue o que quer dos mercados”.  Inclusive alguns tem a intenção de perder dinheiro. 🙂

Assim, estou disposto a encarar minha verdadeira intenção com o objetivo de me desenvolver como trader e finalmente ser consistente e atingir meus objetivos no mercado.

Acredito que isto é uma jornada e um aprendizado e a medida que vou me conhecendo e descobrindo minhas intenções e sentimentos posso trabalhar neles para descobrir quais são minhas intenções positivas que irão elevar meu trade e minha vida para um outro patamar. O que Ed chama de right livelihood, que nada mais é do que viver o modelo de responsabilidade, ou seja, todos são responsáveis por tudo, incluindo os resultados em trading.

Assim para tornar este processo mais consistente e coerente eu procurei seguir a risca as regras básicas de trend following colocada por Ed.

–          Trade with the trend

–          Stick to your system

–          Cut your losses (using stops)

–          Ride your winners

–          Manage risk

Então, para minimizar espaço para dramas ou qualquer problema emocional não resolvido eu desenvolvi o sistema que irei seguir, que segue a filosofia acima.

Assim a cada trade tomado farei uma avaliação o quão desviado estou do meu sistema e se isto ocorrer tenho duas possíveis ações a tomar, depois de ter tradado uma quantia significativa de trades. Vamos dizer 10 trades e ainda não estiver seguindo o sistema com alta eficiência (pelo menos 90% das vezes)

–          Ajustar os parâmetros do meu sistema em um nível que reflita minhas intenções e meu estômago em lidar com draw down (e.g. ajustar position size)

–          Trabalhar meus sentimentos  e tentar experimenta-los com o objetivo de seguir meu sistema, caso for lucrativo out of sample, e deixar a tendência me levar na direção do lucro, eliminando qualquer drama que impede que eu siga o meu sistema, celebrando lucros e perdas como algo natural.

Enfim é uma relação ganha-ganha num contexto onde estou disposto a tomar rensponsabilidade sobre o meu próprio sucesso.

Espero que gostem da jornada e que possam ter insights lendo este site e que também possam levar o seu trade para o próximo nível.

Nota Importante: Este não é um site comercial e não tem o intuito de lucrar per se. Dou credito a Ed Seykota todo conteúdo citado do seu website  (http://www.seykota.com). The Trading Tribe FAQ site is copyright (c) Ed Seykota, 2003 – 2011. O artigo acima não pode ser em hipótese alguma considerado como uma recomendação de investimento. Velaepavio é apenas um blog de trading que me permite  compartilhar meus pensamentos e opiniões pessoais com o intuito de desenvolvimento pessoal e de quem estiver interessado a ler meus pensamentos que são opiniões pessoais. Velaepavio não é um agente de investimento registrado e autorizado a dar conselhos sobre investimento. O artigo não leva em consideração circunstancias financeiras pessoais dos leitores. Lembre-se que investir e operar no mercado é arriscado, podendo ocorrer perda significativa de capital num montante igual ou maior que o investimento inicial, caso instrumentos de alavancagem sejam usados. O artigo é propriedade intelectual de velaepavio e apesar de poder ser compartilhada livremente caso o uso for não comercial e com o consentimento do autor caso tenha interesse comercial, estando sujeita a leis de direitos autorais internacionais e locais.

Trading System de Trend Following Completo

“Why wasn’t I doing well when I was groomed to be successful?” I decided it was now time to be successful” Marty Schwartz – Interview from Market Wizards.

Cumprindo o prometido no ultimo post havia falado de um projeto que queria lançar de um sisteminha bem simples onde a ideia era demonstrar a validade da regra de ouro de trend following que é cut your losses short and let the profits run.

Discuti aqui no post “No que voce acredita” sobre as crenças do trader. O ponto central da discussão é que não existe verdade absoluta no mercado, mas cada um opera aquilo que acredita. Tem uns que acreditam que é melhor comprar dips, outros strength, outros range, outros tendência. No final de contas o que vai definir se um trader é bem sucedido ou não é a consistência em seguir seu sistema de crenças, caso seja estatisticamente lucrativo, logico…

Neste mais de 40 posts no blog eu recheei aqui sobre as minhas crenças e está na hora de colocar a teoria na pratica. Então vamos ao sistema completo que desenhei este final de semana baseado em minhas crenças sobre o mercado.

O sistema procura operar o índice de ações da Australia o XJO ou ASX 200. É a versão do Ibovespa da Australia. O conceito é um pouco diferente do Ibov, pois o Ibov inclui as ações por liquidez e o ASX 200 inclui por capitalização, enfim não é objetivo discutir isto aqui.

As características do sistemas baseados nas crenças são as seguintes:

  • O sistema segue tendência
  • O sistema compra rompimentos (break out), ou seja buy strength
  • O sistema corta as perdas Rápido
  • O sistema deixa o lucro Fluir
  • O sistema tem uma restrita regra de gerenciamento de risco, não arriscando mais que 2% do capital
  • O sistema foi back tested
  • O sistema tem uma expectativa positiva

Agora vamos para as regras:

O sistema só opera longo (comprado).

Regra de entrada: Compra o break-out no intra-day do ponto mais alto dos últimos três dias anterior ao breack-out. Para que esta regra seja cumprida, todo dia antes do mercado abrir uma order buy-stop é colocada na boleta, pois caso o nível de preço seja atingido no intraday estaremos dentro.

Regra de saída: A única saída do sistema é um trailing stop de 1.8 x ATR(14). Caso o mercado mova contra a posição mais do que 1.8xATR(14) estou FORA. Como é um trailing stop a medida que a posição move a favor do trade estamos no trade. O calculo é feito ao final de cada sessão do ponto mais alto do intra-day e ajustado no dia seguinte.

Veja no exemplo abaixo na linha verde como funciona o trailing stop. Como disse se o preço move a favor o stop vai junto, nunca contra.

Como bom sistema de trend following este NAO tem profit target, pois o lema é surfar na tendência até ela “acabar”.

Conceito de tendência para este sistema: Como em qualquer sistema de trading objetividade é essencial. No caso, como é um sistema de trend following, precisa se definir início e fim de tendencia. Então, o início da tendência é o break-out de três dias e o fim quando a posicao move 1.8 ATR(14) contra o trade.

Money Management: O sistema ariscará 2% do equity (capital) por trade usando como position size o Stop de 1.8xATR(14).

Time Frame: O time frame é o diário.

Fiz o back tast usando o Amibroker e como o sistema foi bem simples o codigo do sistema tem 9 linhas de codigo que segue aqui:

// Signal buy on the bar where the 3 day break occurs
Buy = Cross( C, Ref(HHV( H, 3), -1));
Sell = 0;
// Use trailing stop of ATR
TrailStopAmount = 1.8 * ATR( 14 );
Capital = 5000;
// Risk Management of % of Capital
Risk = 0.02*Capital;
// Position size limit loss to max of a % of capital
PositionSize = (Risk/TrailStopAmount)*BuyPrice;
// Exit rule is solely the trailing stop
ApplyStop(stopTypeTrailing, stopModePoint, TrailStopAmount, 1 );
// trade on same bar of signal on the last 3 day break out
SetTradeDelays( 0, 0, 0, 0 );
BuyPrice =  Ref(HHV( H, 3), -1);

A idéia aqui é paper trade o sistema usando como instrument o CFD do ASX 200 Cash (mini). Como o sistema usa um capital de 5,000 será possível. Como a margem do contrato é muito baixa o sistema tomará 139 trades no periodo de cerca de 10 anos.

Uma media de 13,9 trades por ano ou 1 por mes. Um sistema bem calmo com poucos trades. Espero que de o próximo sinal logo para podermos demonstrar.

Os principais indicadores do back test são

Retorno medio anual composto: 13.23%

Retorno total 10 anos: 248%

MaxDD: 3.51%

CAR/MAXDD= 3.77

% winners: 58%

% losers: 42%

Numero de trades: 139

Numero de medio de Velas: 12

Numero medio de velas de trader vencedores: 17

Numero medio de velas de trader perdedores: 5

Maximo perdedores consecutivos: 3

Maximo vencedores consecutivos: 10

Bom… não é um holly grail, mas decentemente bom para comecar a operar e provar o ponto principal de um sistema de trend following. CUT YOUR LOSSES SHORT AND LET YOUR PROFIT RUN.

Não é o intuito deste desafio provar um sistema e sua validade estatística. Mesmo porque o back test foi feito sem tecnicas de walk forward muito menos  monte carlo simulation ou coisas do genero. O ponto principal é focar no gerenciamento de risco e em cortar as perdas e deixar o lucro fluir.

Manterei o máximo que puder o sistema atualizado aqui com os traders realizados. Voce mesmo pode acompanhar voce mesmo na sua plataforma.

A administração do sistema é bem simples. Precisa todos os dias quando o mercado fechar ajustar os Stops e colocar as ordens de Stop Buy de entrada quando se esta fora de trade.

Atualmente o sistema esta em um trade com o Stop em 4898. Assim que for stopado vou diariamente acompanhar para entrar no próximo trade e postar aqui atualizações.

O único inconveniente do back teste é que  sistema foi testado no XJO a vista e a operação será no CFD que é negociado 24h por dia e o after hours pode dar uns soluços que não ocorre quando o mercado esta aberta na Australia. Exemplos extremos do flash crash. Como não tinha a base de dados do CFD (espelho do indice futuro) usei o a vista mesmo. Não vejo isto como um grande empecilho. Espero que seja uma boa jornada e também  espero que aprendemos a sermos bons seguidores de tendência com este desafio, pois o bom seguidor esta mais preocupado a seguir as regras do sistema e reagir aos mercados quando eles reagem e não tentar entender porque o mercado esta movendo. Segundo Ed Seykota isto deve ser deixado para as pessoas inteligentes explicarem, pois os trend followers seguem tendências, ponto final.

Vou aproveitar o desafio para recapitular conceitos como gerenciamento de risco, position sizing e etc… pode perguntar aqui caso algo não ficou claro.

Nota Importante: O artigo acima não pode ser em hipótese alguma considerado como uma recomendação de investimento. Velaepavio é apenas um blog de trading que me permite  compartilhar meus pensamentos e opiniões pessoais. Velaepavio não é um agente de investimento registrado e autorizado a dar conselhos sobre investimento. O artigo não leva em consideração circunstancias financeiras pessoais dos leitores. Lembre-se que investir e operar no mercado é arriscado, podendo ocorrer perda significativa de capital num montante igual ou maior que o investemtento inicial, caso instrumentos de alavancagem sejam usados. O artigo é propriedade intelectual de velaepavio e apesar de poder ser compartilhada livremente, com o consentimento do autor, esta sujeita a leis de direitos autorais internacionais e locais.

Porque prefiro trend following a mean reversion

Quando comecei a estudar sistemas de trade acho que comecei a desenvolver pequenos sistemas para outras coisas na vida.

Todo dia de manhã quando vou ao trabalho eu pego um atalho pelo bairro, pois quando saio (8:00AM) o rush começa e as avenidas principais ficam congestionadas. Como morei muito tempo em São Paulo eu aprendi a fazer caminhos alternativos, “costurando por dentro dos bairros”.

Eu conhecia os jardins como a palma da minha mão, pois cortava pelo jardim europa da Rebouças à Avenida Brasil por uns caminhos ninjas. Aqui em Adelaide não é diferente e considero que tenho uma edge quando dirijo aqui, vindo com minha experiência de dirigir em Sampa.

Enfim desenvolvi um sistema que tem 95% de acerto quando cruzo uma avenida. Eu tenho a opção de virar na primeira ou na segunda a direita (lembre que na Austrália se dirige do lado esquerdo, então pra cruzar a avenida tem que dobrar a direita).

O sistema funciona assim:

Se a primeira não esta vindo trafego eu dobro na primeira mesmo, mas caso o trafego esta vindo eu continuo na avenida e dobro na segunda.  O sistema é muito bom porque percebi que a distância entre as duas ruas é muito próximo da quantidade media de carro que acumula no sinal de um grande cruzamento três quadras acima da segunda rua. Pelos meus cálculos eu economizo uns 20 a 30 segundos evitando ter que esperar o trafego passar antes de cruzar.

Imagina que isto é um sistema de trade. Eu faço pequenos trades por dia usando o meu sistema de transito e se conseguir acertar de segunda a sexta 95% eu economizo cerca de 2 minutos por semana.

O que isto tem a ver com mean reversion e trend following?

Como comentei no post: mean reversion e trend following eu disse que uma das desvantagens do mean reversion é a péssima relação risco retorno e a vantagem era a alta porcentagem de acerto em relação a trend following.

Considero então, meu sistema de transito, neste sentido, vamos comparar como um sistema de mean reversion, pois tem um acerto de cerca de 95%.

Este post de agora em diante será uma dura confissão que tenho que fazer aqui no meu blog.

A mais ou menos sete semanas achei que tivesse descoberto um holly grail de trade, que no começo me deixou um pouco deprimido. Foi um EA (Expert Adivisor) que usa uma estrategia de mean reversion operando em alguns pares de Forex, onde a relação risco retorno no Back Test em relação a Max DD (Draw Down Maximo) era de 10% e o retorno de 180%. Uma relação de 18:1.

Entretanto, o Max DD de 10% era de closed trades. O open trade DD era de 50%.

Enfim, achei que valeria a pena colocar uma graninha la só pra ver no que virava, pois o retorno era tão grande e o risco tão pequeno que qualquer merreca viraria uma pequena fortuna rapidinho.

Abri uma conta numa VPS e deixei o EA rodando 24h por dia. Checava a bagaça 2x por dia, uma de manha e uma antes de dormir.

O negocio era promissor. Depois de 6 semanas rendeu 7.8%. Quem da um retorno de mais um menos 1% por semana (composto). Como o retorno era MUITO bom eu ajustei os parâmetros de risco para a metade do citado acima e teria um MAX DD de 5% e um de 25% no OPEN TRADE. Isso pra ganhar uns 75% ao ano. Pra que ser ganancioso.

Tecnicamente estava confortável. Minha estratégia era ganhar uns 80,000 – 100,000 em cerca de dois anos com a seguinte estratégia de scale in 500 por semana num capital inicial de 5,000 assim que as metas de retorno fossem sendo cumpridas.

Desde que comecei a rodar o sisteminha religiosamente rendia os 1% por semana em media e eu colocava os 500 pra aumentar o float.

Dai que mora o perigo de sistemas de alta porcentagem de ganho. Voce começa a ficar complacente.

Primeiro que o EA me deixou deprimido, pois venho trabalhando no desenvolvimento de sistemas de trading a uns quase 2 anos e nunca consegui desenvolver algo assim: Holy Grail. Fiquei preguiçoso e até parei meu outro sistema desenvolvido por mim que vinha dando retornos realistas com um controle de risco bem conservador. Pensei que não era competente o suficiente, então estava dependendo de outros traders/sistemas comprados.

No começo comecei a estratégia de scale in com um capital inicial de 5,000, pois como o negocio era muito BOM pra ser VERDADE eu não quis comprometer muito capital.

Ao mesmo tempo tinha aquela batalha na minha cabeça.

“ Se eu colocar toda minha grana la eu posso aposentar esta semana”

Lutava com esta tentação todo dia.

A ideia de colocar os 500 por semana era pra evitar o DD muito forte e sempre teria um colchão de rendimento que não era dinheiro vindo do meu capital, mas dinheiro conquistador no mercado. Assim, minimizaria ainda mais meu possivel DD caso as coisas desandarem. Mesmo assim o pior que estava esperando era uns 10%.

Foi na semana passada que quebrei o meu plano e ao invés de colocar so os 500 eu coloquei 5,000. 10x mais.

Isto foi na quarta feira passada.

Na quinta feira quando ia para o trabalho usando meu sisteminha de transito eu segui a regra. Vinha transito na primeiro, então fui dobrar na segunda. Mas por algum motivo quando fui dobrar na segunda rua vinha um trafego absurdo, muito maior que a media e esperei uns 5 minutos os carros passarem.

Não estou zuando. A primeira coisa que me veio na cabeça foi: “MERDA de sistema de Mean Reversion”. Estou devolvendo todo o meu lucro de vários trades em um único “trade”.

Ao mesmo tempo lembrei do meu sisteminha de EA, mas preferi ficar no engano de achar que isso não aconteceria comigo no trading.

Na sexta feira de manhã. Por um motivo do além o servidor caiu e acabei perdendo uns trades no GBPEUR, mas entrei em todos os trades do AUDCAD.

Por “sorte” ficou fora do ar por apenas 3 horas e não foi ruim. Eu liguei novamente e fui pro trabalho na sexta. Desta vez o sistema de transito funcionou.

Chequei o EA em casa umas 7 da noite na sexta e parecia tudo normal, apesar de estar com um DD open de uns 6%. Já tinha passado por isso antes e sempre de manha do outro dia, quando isto ocorria, o sistema sempre terminava no positivo.

Parentese: Uma coisa que nao gostava da estratégia de Mean Reversion desde sistema era que ele fazia preço médio e aumentava a posição quando o trade movia contra sua posição. Coisa que prego CONTRA aqui no Velaepavio. Tipo estava cometendo tres pecados capitais dos meus axiomas.

–          Fazer preço médio

–          Tradar um sistema que nao é meu

–          Over trade

Enfim, voltando a historia quando liguei meu computador no sábado de manha pra ver se o final da sessão em NY tinha me salvado.

AHHHHHHHH !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Um DD de 22% em um dia. No acumulado o DD era de 15%, pois tinha o meu lucrinho de 7,8% acumulado até então que foi pro espaço.

Todo meu lucro acumulado em 7 semanas se foi em questão de horas.

Foi o movimento mais rápido do AUDCAD no gráfico de 1 minuto. Nada captado pelo backtest.

As duas moedas são bem correlacionadas e se comportam muito bem sem muito volatilidade e revertem bem pra a media quando desalinham. Mas devido a um problema politico no parlamento no Canada esta relação foi quebrada e o AUD ficou muito forte em relacao ao CAD e ai o sistema atingiu uma regra de Cut-Off de movimentos extremos e realizou a perda de 22%. Isso é uma função, que ainda bem existe, para ser executada em movimentos extremos como o que ocorreu na sexta.

Fiquei meio que abalado e estou bem melhor hoje, segunda feira (quando escrevo).

Decidi duas coisas durante pensar muito no final de semana.

– Desliguei o EA, pelo menos ate meu filho nascer

–  Saquei os 5,000 que coloquei a mais por complacencia e um pouco de descontrole

Ainda não sei se ainda vou ligar o EA novamente para tentar recuperar a graninha perdida. Nada absurdo, mas 13 dias do meu salário atual. Preciso meditar muito sobre este assunto.

Confesso que meu principal aprendizado é que preciso voltar aos meus axiomas e começar a acreditar mais em mim. Preciso a tomar a decisão de ser bem sucedido.

Assumo 100% a responsabilidade pelo que ocorreu e quero me comprometer a sem um trader melhor e que tenho que sempre trabalhar para criar meus próprios resultados, que no final todos eu sou responsável por eles.

Pra finalizar. Por isso, que prefiro Trend Following, pois acontece o contrario do que acontece com sistemas de mean reversion.

Voce perde quase todo dia bem pouco. Isso é bom pra te deixar esperto e humilde e NUNCA ficar complacente e sempre ALERTA. Entretanto, quando o ganho vem ela cobre as perdas e te da o lucro ainda. O ganho que vem como surpresa e não a perda.

Devido a isto quero começar um challenge chamado.

Let your profits run and cut your losses short.

Vou publicar um sisteminha de trend following aqui bem simpres com regras e vou colocar trades fictícios usando regras de Money Management.

O sistema faz uma selecao olhando somente o técnicos buscando uma entrada discricionária em uma acao que esta em tendência, mas uma vez no trade a principal regra do sistema será Let your profits run and cut your losses short.

Espero que possa a voltar as origens e melhorar meus resultado e possamos aprender aqui.

Obrigado 5000

A quase dois anos eu venho estudado incansavelmente sobre o assunto trading, eu estudo ainda, e nesta busca pelo conhecimento e o que fazia sentido, aprendi coisas que nunca tinha percebido, mesmo tendo vivido neste mundo algumas décadas e digo que tive vários momentos de ahas!! nos últimos dois anos lendo vários livros, web sites, fóruns, blogs e etc.

Então, pensei em começar este blog como uma forma de retribuir um pouco o que aprendi com muitas pessoas, mas além de compartilhar meu conhecimento estava também pensando em estruturar meu pensamento e ajudar a si próprio. No final eu acabei sendo o maior beneficiário do blog.

O motivo do blog não foi pra ganhar dinheiro tendo o blog como um meio, mas via como uma  forma de melhorar o meu próprio trade e reforçar as coisas que acredito sobre trading.

Queria aproveitar a ocasião que o blog atinge 5000 page views, o que é muito pouco pra dizer que é um blog bem sucedido, embora ache algo significativo comparado com minhas expectativas iniciais que alias não tinha nenhuma. Então queria para fazer uma pausa de agradecimento aos responsáveis por estas 5000 page views.

Acho que os responsáveis são:

– O Hugo Teixeira do Senhor Mercado, que aliás tem um blog EXCELENTE. Lembro que já tinha começado o blog há umas 3 semanas e estava procurando um blog em português que estava falando de coisas que queria falar como trade systems, gerenciamento de risco e as coisas que acho importante nos livros que li sobre como operar no mercado. Confesso que muito trafego que vem aqui pro Velaepavio vem lá do Forum Senhor Mercado que aliás tento ser bem presente lá, mas ultimamente anda meio parado. O pessoal anda ocupado… até mesmo o Hugo deu uma sumida.

– Pessoal do infomoney que colocou o meu blog no blog roll da comunidade. O que acaba trazendo um certo trafego aqui pro blog. Costumava ser melhor, mas foi bem importante no começo.

– Todos os leitores assíduos do blog que de vez em quando fazem comentário que acho que são muito importantes pra dar feed-back. Isso significa que as pessoas não somente clicam no meu site por estar atrás de assuntos de trading e trading system, mas elas lêem os posts e comentam. Valeu galera!!

E é lógico todos os responsáveis que me inspiraram e me direcionaram pra onde estou hoje.

Acho que a primeira semente que foi lançada foi uma video aula que assisti no Informed Traders do David Waring. Se quiser ver o video onde tudo começou veja aqui. Isso foi há menos de dois anos atrás onde não sabia o que era candle stick (vela e pavio). Alias sabia, mas achava baboseira, pois era um cara puramente fundamentalista.

Neste curso de análise técnica que o David W. falou de um cara chamado Van Tharp e o livro Trade Your Way to Financial Freedoom.

Nesta mesma busca eu encontei o David Jenyns que me ajudou na parte de trading no começo. Explicando a parte de position size, risk management e etc.

Assim por diante os principais autores que gostaria de agradecer aqui: Van Tharp, Jack Schwager e Michael Covel.

E os traders que me inspiram e que sou fã:

Jesse Livermore, Gerald Loeb, Nicholas Darvas, Chuck LeBeau, Richard Dennis, Willian Eckard, Curtis Faith, Marty Schwartz (minha entrevista preferida no Market Wizard), Ed Seykota e Paul Tudor Jones.

Acho que estes são os que me marcaram mais e consigo lembrar de cabeça.

Acho que o blog tem bastante conteúdo e tudo que sei sobre trade eu escrevi aqui, pelo menos as coisas mais relevantes que acho importante que todos precisam saber. Não o que escreva seja a verdade absoluta sobre trade, pois não acho que alguma exista, mas existe a que tem a ver com suas crenças. E este blog está cheia delas.

Gostaria de escrever mais, mas acho que preciso no momento focar em outras coisas para o meu desenvolvimento pessoal como trader, além de escrever, que toma tempo. Vou me disciplinar mais em seguir a minha rotina para ser mais bem sucedido em trading, pois ainda tenho que ter meu trabalho diário tempo integral para trazer a minha renda, mas meu objetivo é ser trader full time. Sei que se focar mais no meu desenvolvimento pessoal e na minha psicologia eu vou atingir o objetivo mais rápido então terei mais tempo de escrever, que é algo que gosto de fazer.

Então espere eu dar uma sumida do blog, pois vou concentrar mais no meu desenvolvimento e nas pesquisas que ando fazendo no momento.

Também mês que vem meu primeiro filho vai nascer e vou estar bem ocupado e isto com certeza tomará o meu tempo.

Enfim, MUITO OBRIGADO a todos/todas e também a VOCE que está lendo este post neste exato momento. Acho que a gratidão é uma virtude e que gosto de cultiva-la e sei que ela acaba voltando em dobro.

Porque risco é mais importante que retorno

“The probability of an individual trade working out is either 100% or 0% depending on how it actually works” – Ed Seykota, TT-FAQs

Na minha humilde opinião o primeiro passo para ser bem sucedido em trading é entender risco.

Fui por quase um ano um vendedor de fundo de investimento e lembro que uma pergunta comum dos clientes prospectivos.

“Quanto que da a aplicação?”

E é por isso que muitas vezes, ou na maioria das vezes, as pessoas perdem dinheiro no mercado. Minha conclusão é: As pessoas em geral não entendem uma das coisas mais importantes que, pra mim, é o RISCO. Pelo contrario, se iludem na busca do retorno da “aplicação”.

Confesso que era bem mais fácil conquistar um novo cliente, tentando atrai-lo pelo retorno passado de uma certa aplicação, negligenciando, é lógico, o risco envolvido.

Estou batendo na mesmo tecla, pois já falei sobre risco em outros posts e acho importante enfatizar o tópico e coloca-lo de uma outra forma e assim deixa-lo mais claro e também para meu próprio beneficio, deixar ainda mais claro o conceito na minha cabeça.

Vou tentar ser direto e objetivo.

Risco, dentre as mil definições, para mim, no contexto de trading, é a probabilidade de algo dar errado ou não ir como esperado, pois apesar de esperança não ajudar em trading, todo mundo espera sempre o melhor.

Segundo Paul Tudor Jones

“I’m always thinking about losing money as opposed to making money. Don’t focus on making money, focus on protecting what you have”

Veja que ele esta mais preocupado em não perder dinheiro do que em ganhar.

Outros Hedge fund managers como Hugh Hendry também enfatizam a preocupação em NÃO perder dinheiro. Essa é a principal preocupação dele. Mais do que estar focando em ganhar dinheiro.

Até mesmo o value investor Warren Buffet coloca como sua primeira regra: Nunca perder dinheiro e a segunda como nunca esquecer da primeira regra.

Porque? Por que todos os gestores de fundos, traders e value investors que ganham dinheiro no longo prazo estão mais preocupados com risco do que com retorno.

Agora uma vez entendido risco o que tem que se analisar é a relação risco / retorno. Em outras palavras o quanto o trader esta disposto a perder, se as coisas não irem bem, para ter um determinado nível de retorno desejado?

Ai que acho que entra a psicologia em trading. Ninguem gosta de perder e é muito difícil aceitar a perda, mas o pulo do gato em controlar suas emoções negativas quando a perda ocorrer é aceitar a perda, pois ela faz parte no processo de ganhar dinheiro. Isto significa que perder faz parte do jogo e o Ego, que quer ser o Sr. Certo, fica bem educado e domado.

Dito isto, cada pessoa tem um nível de aceitação de perda. Uns aceitam mais outros aceitam menos. Isso não porque alguns gostem de sofrer mais do que outros, pois perder por perder é suicídio, mas aceitar a perda para um possível ganho pode ser bem recompensador. Esta é a parte difícil de entender.

Dai que o desenvolvimento de sistemas de trading podem ajudar, pois o sistema pode te dar uma boa  noção estatística (probabilidade) da relação risco retorno, assim fica mais objetivo a decisão de operar ou não operar um sistema de acordo com os objetivos de retorno e a capacidade de aceitar perdas de cada um.

Pra mim, o sistema ideal é aquele que minimiza meu risco dado um nível de retorno esperado. Eu outras palavras um sistema que quando der errado eu vou perder uma quantia que é aceitável e vai me manter no mercado tentando ser bem sucedido, mas quando estiver certo vou ganhar o suficiente para cobrir minhas pequenas perdas e ainda sobrar um “monte” de grana que me dará um retorno relativamente bom ajustado ao risco envolvido. Sistemas de trend following tem esta caracteristica. Perdem muito frequente e pouco, mas quando ganham salvam a pátria.

Van Tharp chama uma boa relação de risco retorno de idéia de baixo risco, ou seja, um sistema que da uma distribuição de trades onde a somatória dos ganhos é maior que a somatória das perdas. Alem disto, mais ideal ainda é um sistema onde o desvio padrão dos ganhos e perdas é o menor possível e o sistema também de muitas opotunidades de trades. O que chama de exportunity que foi discutido no post:  Pensando em R multiplos

Vou dar um exemplo que as pessoas acabam ocorrendo e entram pelo brejo, por negligenciarem o risco e ter problemas com aceitação de perdas.

O uso de alavancagem, por exemplo, que te permite emprestar dinheiro para aumentar o tamanho de sua posição. Eu sou absolutamente a favor de alavancagem e inclusive um usuário dela, mas pode ser uma bomba atômica, por outro lado.

Um trader pode explodir sua conta rapidinho se não entender risco.

Muitas vezes traders, e não só iniciantes, negligenciam o risco e colocam uma posição muito grande sem stop. Pra mim é o antagonismo do que estou tentando explicar aqui.

Vamos supor o exemplo do trader Zezinho que tem 10,000 reais e quer ganhar 1,000 reais por dia. Um alvo não impossível, mas um pouco ousado e diria irrealista pra quem ta começando com “pouco”.

Enfim, usando um mecanismo de alavancagem ,Zezinho coloca seu primeiro trade na acao WMD4 com uma posição de 500,000 (alavancagem de 50x). Assim, esperando um movimento de 0.2% pra fazer os 1,000. Entretanto, neste primeiro trade a sorte não esta do seu lado e o trade move 2% contra o Zezinho e nesta hora meu amigo ele tem que admitir que ele estava errado, pois os 10,000 foi pro espaço quando a posição for fechada por uma chamada de margem.

Pra finalizar eu quero deixar claro que não sou contra tomar risco. Inclusive acho que o maior risco de todos é não tomar NENHUM risco. Entretanto, o risco é algo a ser dado mais foco que o retorno, inclusive isto ajuda do ponto de vista psicológico.

Acho que o trabalho na pesquisa de um sistema de trading esta em achar estas relações de risco retorno maximizadas e ver se elas adaptam ao seu perfil de aceitação de perda a medida da sua capacidade psicológica de lidar com elas.

Ler jornal e ver TV emburrece?

Love All, trust a few, do no wrong to anyone – William Shakespere

Quando criança não gostava de ler jornal, ainda estou pra achar a que gosta. Meu pai assinava o Estadão (O Estado de São Paulo) e lembro que era branco e preto e o uso mesmo era pra fazer balão galinha. Eu gostava mesmo era de ler gibi. Todo domingo de manhã pedia pra meu pai deixar ir com ele na banca de jornal la no centro de Prudente ai eu descolava uns gibi do tio patinhas, da monica e umas figurinhas pro meu álbum seja qual estivesse colecionando.  Meu interesse por gibi continuou por uns anos ate eu descobrir a revista MAD. Ai comecei a colecionar. Um lixo, mas dava boas risadas.

Voltando ao jornal também lembro que um dia meu pai me avisou que o Estadão estava lançando o Estadinho.  Uma edição de domingo só para crianças. Confesso que comecei a colecionar. Era uma edição por semana. Lembro que a folha tinha a Folhinha e ate era mais antiga que o Estadinho, mas em casa a folha não entrava. Talvez por isso nunca gostei da folha. Acho que não eu até tentei. A conclusão que cheguei eh que era a falha de São Paulo, isto pela quantidades de erros que tinha.

Veio então meados da década de 90 e o jornal começou a ganhar cor e as vezes eu lia e bisbilhotava, mas finalmente foi quando estava no colegial (Ensino médio) que comecei a ler o jornal sério. Comecei a ler todo dia, pois queria passar no vestibular. começou então uma obsessão. Nessa época aconteceu muita coisa. Lembro do Impeachment to Collor, Caso PC Farias, os cara pintadas, a liberação do países bálticos, o plano real a Guerra na Bosnia e etc.

Confesso que comecei a aprender bastante e minha redação melhorou. Alias foi o que acabou me colocando na faculdade, pois não era brilhante em matemática nem em português,  mas historia geografia e redação eram meus fortes e acredito que a leitura de jornal ajudou bem. Ate meu português melhorou.

Um dia já na faculdade um amigo que na época trabalhava na Heding Griffo me disse que a mídia era o “maior meio de manipulação das massas” deste ponto então comecei a pensar sobre isto. Demorou mais uns 15 anos pra realmente a ficha cair.

Na faculdade quando mais eu aprendia, lia livros eu comecei a ser mais critico quando lia o jornal, principalmente a parte de economia.  Infelizmente com conhecimento vem o senso critico.

Eu inclusive parei de ler o Estadão a parte economia mudei para o Gazeta Mercantil e o Valor Econômico, pois o Estadão já estava ficando amador.

Aqui na Austrália eu logo de cara já descartei total a leitura do jornal de Adelaide “The advertiser”. Um lixo. Foi então que comecei a ler o Jornal de Melbourne, “The Age” bem melhor, mas logo vi que o melhor jornal da Austrália era o Financial Review e este li consistentemente todo santo sábado por uns 2 anos ate que finalmente tomei a decisão de PARAR COMPLETAMENTE de ler jornal e assistir o noticiário financeiro.

Quando realmente comecei minha pesquisa sobre trading e o que era importante pra ser bem sucedido. Para minha surpresa ignorar o noticiário era crucial.

Um dos principais princípios do trend follower Ed Seykota é: FILE de NEWS.  Ou seja, ignore as noticias, mas siga o seu sistema.

O noticiário financeiro sempre tem uma explicação pra o que aconteceu no mercado e criou seu chavões como.

–          O mercado hoje realizou lucro

–          Alto no juros derruba mercado

–          números do desemprego foram bem recebidos

Não é dificil achar uma. Agora mesmo vou procurar uma que saiu hoje no jornal.

Olha o seguinte comentário

“The fact the market has managed to stay in the green and above 4900 (for the ASX 200) is certainly a reflection of the current positive investor sentiment and a sign the market wants to go higher,”

Como que um cara tem a pachorra de dizer a palavra certeza, depois do fato ocorrido. Aposto que se o mercado tivesse caido abaixo dos 4900 o comentário seria outro.

Pra mim, isto tudo não passa de ruído e inclusive atrapalha quem esta tentando seguir as regras de um sistema de trading.

Tem gente que gosta de tradar (operar) a noticia. Tem ate termos famosos entre traders como.

–          Sell on the new event

Geralmente quando uma ação começa a subir sem muita explicação. Então, quando vem a noticia boa, a ação cai, na maioria das vezes. Ai vem o jornalista espertão e fala que o preço já tinha descontado a noticia.

Assim, hoje eu não leio jornal, mas leio blogs que já fazem o filtro pra mim do que é importante. Pois leio os blogs de pessoas que pensam parecido comigo e selecionam as matérias que eu normalmente prestaria atenção. (veja meu blog roll)

Os caras lêem os jornais pra mim e eu só leio a critica dos blogueiros.  Prefiro utilizar o tempo que estaria lendo jornal fazendo analises direto na fonte, pois afinal os dados que os jornalistas analisam estão disponíveis na fonte, só que não tem o ruído. Por exemplo, todos os numeros estatísticos econômicos que são de domínio publico (inflação, desemprego, taxa de juros etc). Assim como as cotações dos principais mercados.

E do ponto de vista de trading eu prefiro confiar mais no preço do que em qualquer outra coisa.

Concluindo:

Jornal é um excelente meio pra ampliar seus conhecimentos e formar sua opinião, principalmente se esta vindo de um patamar sem nenhuma experiência, mas ao mesmo tempo é um grande meio de te manter distraído e não focar no que é importante. Entretanto, não é bom manter o jornal totalmente fora do radar, pois é dai que a maioria esta tirando informação e é bom saber como  a massa esta lendo e sendo influenciada.

Enfim o jornal mais que um meio de manipulação de massas é um o maior meio de distração das massas.

O trade mais lucrativo de todos os tempos

Já comentei aqui no blog sobre alguns dos Market Wizards do livro de Jack Schwager. Sobre caras como Richard Denis que transformou $400 em $200,000,000 e caras como Ed Seykota que fez contas de clientes render milhares de %. Coisas do gênero de aplicação de $5,000 virar milhões em questão de menos de 10 anos.

Esses são excelentes traders que fizeram milhões no mercado e por isso que são considerados Market Wizards. Ao longo de suas carreiras eles fizeram vários trades que somados da estas quantias que fica difícil de acreditar. Tipo quando eu li o Market Wizards pela primeira vez eu dava risada, pois era algo tão absurdo que só rindo mesmo, pra quem achava fazer 130% do CDI um bom rendimento.

Entretanto, neste post quero falar de um trade que redeu bilhões. E não foi uma sequência de vários trades em vários intrumentos, mas uma grande posição que demorou mese pra desenvolver.

Este trade, o maior do século, é coisa absurda. Ele deixa o George Soros, que ganhou algo na casa de 1.1 bilhões em 1992 apostando contra a libra esterlina, um segundo lugar um pouco longe.

O Trade de Soros ficou famoso e depois deste nunca mais ninguém conseguia ultrapassar em uma só tacada, mas em 2007, na maior crise desde 1930, um cara conseguiu não só ultrapassar uma cifra fenomenal de Soros, mas fez em 15x mais.

Não é brincadeira o trade rendeu a casa dos cerca de 15 Bilhões de dolares em 2007. Na calada da noite, enquanto o sistema financeiro estava a beira de um colapso um Hedge Fund Manager, até entao não tão famoso, fez 15 bi no seu fundo.

Se ainda não sabe de quem estou falando eu recomendo a leitura o livro de Gregory Zuckerman – THE GREATEST TRADE EVER.

O Livro é MUITO bem escrito e me deixou cativo até eu terminar. Devorei a leitura e recomendo se você é mais um que se interessa por gênios do mercado financeiro.

O livro também é excelente para entender o que realmente aconteceu na crise que quase evaporou o sistema financeiro mundial.

Falando no cara o nome dele, o cara que papou o trade, é John Paulson. Não vai confundir com o ex-secretario do tesouro Henry Paulson. Antes que me pergunte eles não tem nada a ver um com o outro. Nao são parentes.

Paulson levou pessoalmente estimada bolada de 4 Bilhões na jogada ou 10 Milhões por dia em 2007. Se dividir por 365. Talvez Michael Jordan, Tiger Woods e Ronaldinho combinados conseguem ganhar isso num ano

Enfim, a sacada do trade foi a seguinte.

Existem dois instrumentos no mercado que fez possível este magnifico trade.

CDO – Collateralized Debt Obligation

CDS – Credit Default Swap

Vou tentar explicar de uma forma didatica, assim como foi explicado no livro.

CDO é um pacotão de um monte de hipoteca (divida) que pode ser negociado no mercado financeiro e CDS é o seguro pra esse pacotão caso os devedores não paguem a divida.

O trade consistia na compra de CDSs dos CDOs. Assim, caso o mercado desse um calote nos CDO Paulson receberia o prêmio do seguro avaliado no valor da obrigação da dívida. Sem entrar em detalhes da história a grande sacada desde trade era a ABSURDA relação risco retorno.

Em proporções o preço dos CDS eram absurdamente baratos pela quantidade de CDO em divida que o  CDS estava cobrindo.

A grande sacada foi a seguinte. Se Paulson estivesse errado ele perderia alguns milhões de dólares. Algo na casa dos 100-200 milhões, not a big deal pra quem estava gerenciando alguns bilhões, mas caso estivesse correto, isto é, calote geral no mercado de CDO, OH BOY, ele faria os 15 bilhões.

Ele começou a jogada em 2006 e começou a montar posição comprando o máximo de CDS que pudesse e no começo ele perdia uma grana, mas foi paciente e esperou pro mercado entrar em pânico em 2007.  Nessa época que estava perdendo dinheiro havia uma festa no mercado na outra ponta vendendo CDS e o mercado de CDO era dinheiro barato no mercado. Enquanto todos faziam a festa Paulson comprava CDS a rodo.

Na época o mercado de CDS e CDO não estava muito forte e Paulson fez um bem bolado pra emitir o máximo e socou na outra ponta em clientes do Goldman Sachs, Deutsche Bank e outros. Isso deu até sabatina no Senado Americano.

Enfim se quiser saber mais detalhes sobre o trade recomendo a leitura do livro.

O que queria como lição aprendida é pra nós traders que o importante em trade é achar um sistema que tem baixo risco e alto retorno, seguindo a mesma ideia de Paulson.

Algo assim: se estiver errado o que perder não vai quebrar voce, mas se estiver certo vai fazer uma grana maior do que perderia. Isso Van Tharp chama de low risk ideia, ou positive expectancy system.