Ultimo post

Este é o último post. Não do blog, mas o da serie Business Plan.

Tres topicos pequenos para finalizar minha visão macro.

Conflito no oriente medio

Acho que para finalizar o Big Picture não se pode deixar de comentar do risco de um conflito no oriente médio que pode acontecer a qualquer momento.

Os EUA em 2012 sai totalmente do Iraque e fica sem guerra na regiao e a tensao com o Iran aumenta. Ainda acho prematuro algo no momento, mas com a troca de lideranca nos EUA no final de 2012 para um republicano e a troca de lideranca na China + a questao das guerras de moeda e revolucoes sociais que foram fortes no norte da Africa em 2011 (Egito, Libia) e alguns paises do oriente medio (Qatar) pode jogar uma faisquinha no barril de polvara para a coisa desandar la.

O conflito provavel é algo de briga com Arabia Saudita atacado por Iran ou algo envolvendo Israel que pode ser um verdadeiro Armagedom literalmente. Vendo todas as variaveis isto me da ate frio na espinha quando tudo pode ser algo apocaliptico e sinais dos finais dos tempos.

Novo Bull Market

Mesmo com todo este gloom and doom por incrivel que parece eu acho que dias melhores virao e um novo bull market teremos, mas em outro paradigma, pois este paradigma atualmente ainda tem muita agua pra passar debaixo da ponte.

Acho que uma boa indicacao de que este secular bear market ainda tem o que rolar é a relação DOW/GOLD que tudo indica ira para 1. Acho que com um pico em 45 em 2000 hoje esta em cerca de 8. Ja caiu bem, mas esta caminhando para o final. E tambem o mercado de acoes tem que estar o multiplos PE de 1 digito para comecarem a comprar novamente.

Acho que até la teremos um novo sistema financeiro, quem sabe baseado em instrumento como o ouro, com menos divida e quase uma nova folha de papel.

Acho que coisas que vao impulsionar estas mudancas para este novo bull market sera a escassez de recursos que incentivara a a viabilizacao de tecnologias que aumentara absurdamente da produtividade comparada a hoje. Por exemplo o preco do petroleo acima de 300 por barril impulsionaria a implemtacao de alternativas mais eficiente como eletricos e hibridos. Outras coisas ainda nao muito discutido como alternativas de energia como cold fusion e outras tecnologias (e.g. torium) que traria fontes mais eficientes de energia, aumentaria absurdamente a produtividade e diminuiria os custos aumentando a qualidade de vida e do meio ambiente.

Neste mesmo contexto tambem pode haver tremendo avanco da medicina e ate mesmo da sociedade que mais educada e com mais acesso a informacao e recursos terao menos filhos e a populacao inclusive estabilizara e nao crescera a taxas alarmantes como as do seculo 20.

Doom and Gloom

Principalmente depois da grande crise que teve em 2008 e a quase quebradeira geral e tudo que já expliquei acima sobre os possiveis riscos não acho que o mundo vai acabar e entraremos em uma terceira guerra mundial ou que vai acabar ou que teremos o juizo final. Por isso, terminei minha analise macro falando do próximo bull market que realmente acredito que ocorrera.

Pode atrapalhar muito o medo de uma catastrofe de gloom and doom vir e isto atrapalhar na implementação do business plan. Mesmo porque a minha ideia é que trade seja uma forma de gerar fluxo de caixa para acumular riqueza e ter cada dia mais liberdade. Neste meio tempo teremos crises e momentos dificeis, mas tudo isto seja amenizado com atenção as variaveis macro e GERENCIAMENTO DE RISCO.

No final das contas acho a parte mais importante é estar preparado para o pior e esperar para o melhor que nada mais é do que GERENCIAR RISCO. A Ideia é desenvolver sistemas adaptativos, que em ultima analise é a filosofia do trend following onde independente de que direção o mercado tomar eu vou estar na tendencia e acumular riqueza do caminho.

Um exemplo é que mesmo que achar que o preço das commodities va subir muito e entrar em um novo ciclo bull como na decada de 70 e a inflação aumentara com a impressão de dinheiro eu nao vou ficar comprado se o mercado cair em um movimento deflacionário. Em ultimas analise eu sempre vou sair e acionar os stops do trade caso o mercado mover contra e somente vou na direção da tendencia e enquanto os preços não estiverem em tamdem se movendo para cima ou estou short ou estou fora do mercado.

7 Comments

Filed under Fundamentos, Jornada, Reflexão, The Big Picture

7 Responses to Ultimo post

  1. Anderson

    Tua visão macro tem um dedo do Van Tharp, não é? hahaha
    Como meus conhecimentos são beeem limitados para tentar “construir” minha própria visão da Big Picture, também estou me baseando em alguns conceitos do Tharp.

    Agora essa parte de conflitos no Oriente Médio, é algo que posso inserir na sessão worst case scenario do meu plan! :p

    Quanto ao desenvolvimento de novas tecnologias suatentáveis, também acredito nisso. Hoje deixou de ser modinha e virou necessidade, a humanidade terá de se adequar. Mas pensa só no trade: petróleo trendando e chegando a USD 300/barril… baita trade! 😀

    Abraço!

    • Fala Anderson,

      Acho que a ideia de ter um big picture com certeza veio do Van. Pra mim que gosto de olhar o Big Picture… mesmo antes de comecar com esta historia de trading… ainda mais.
      E mais no detalhe do Big Picture esta questao do Dow/Ouro ele fala bastante… mas muito outras tbm falam. Tem um cara muito bom que recomendo o livro se gosta desta parte macro. http://www.amazon.com/Unexpected-Returns-Understanding-Secular-Market/dp/1879384620

      A parte do oriente medio… um conflito la eh inevitavel e ha interesse politico americano. E com certeza o petroleo vai explodir a um ponto de viabilizar projetos como o Pre-sal e energias renovaveis. Bom independente de isto acontecer o nao a beleza do trend following eh isto. Se acontecer quem seguir tendencia vai estar na parada.

  2. Olá Vela,

    Achei seu conteúdo bastante interessante. Mais interessante é observar que temos pontos de vista bastante diferentes sobre o USD.

    Veja em meu blog:

    http://mcapitalmarkets.blogspot.com.br/2011/06/is-us-dollar-really-doomed.html

    As imagens de TA desse post estão bem desatualizadas. Apenas o diamante do EURUSD e a linha de suporte e divergencia MACD persistem no ouro.

    No mais, sigo pensando da mesma maneira.

    Abraços e siga postando.

    • Fala Mauro,

      Legal o seu site e acho que vc concorda em uma coisa comigo que “Eh melhor estar errado e ganhar dinheiro do que estar certo e perder”
      Toda vez que discuto algum assunto macro aqui no Blog estou so dando minha visao e nao estou querenfo fazer nenhuma previsao. E logico como trend follower se o mercado nao seguir o fundamento eu simplesmente nao tomo nenhuma acao como vc.

      Sobre a quebra do Dollar o fato de ter postado sobre o colapso do dolar eh apenas uma POSSIBILIDADE e um risco que tenho que estar atento e aproveitar se acontecer. Sempre falei no post que a probabilidade de ocorrer eh bem pequena.

      Acho que deve ler o post sobre o dolar tomando em conta o meu tema macro principal que eh deflation/inflation que eu concordo que no curto/ medio prazo o USD tende a se fortalecer assim como treasuries, mas chegara um ponto de ruptura que a coisa pode desandar… e isto que discuto na possibilidade de ter uma quebra do dollar.

      Continue participando

      Abraco

      Vela

      • Olá Vela,

        Obrigado pela resposta. Também concordo com várias coisas em seu post raciocinando sob um ponto de vista fundamental. No entanto, confesso que sou muito fraco em interpretar visões fundamentais. Aliás, eu nem tento, de certa forma, interpretar tais visões.

        Todo meu treinamento foi em análise técnica e, assim sendo, eu tento fazer uma previsão futura apenas como ‘bom exercício para o cérebro’.

        Também sou um trend follower e acredito em tight stops, let the profits run e mais do que nunca em: “Buy in strength, Sell in weakness”.

        ABS,

        Mauro.

  3. Eh isso ai Mauro,

    Follow the trend

    Abraco

    Vela

  4. Pingback: Lista de todos os posts do Velaepavio « Velaepavio's Blog

Leave a Reply