TSHTF?


“Insanity: doing the same thing over and over again and expecting different results.”  Albert Einstein

Clip: http://66.147.244.179/~velaepav/wp-content/uploads/2011/08/macaco.jpg?w=251

Quem pode estourar a bolha atual em ouro? Se ainda acha que nao é uma bolha. Leia minha analise sobre ouro.

Na minha humilde opinião a bolha de ouro somente estoura quando alguem que tem o mesmo colhões que Paul Volker tinha quando estava determinado em acabar com a inflação do final dos anos 70 e início dos 80, nem que isso custasse mais um choque no mercado de trabalho e uma tremenda recessão.

No entanto, temos Ben Bernanke no controle da politica do FED e com ele no poder a estratégia de investimento é bem simples:

– Compre ouro em correções

–  e venda acoes em rallies.

Estamos presenciando Ouro no ponto mais alto da historia em termos nominais e em termos reais não estamos muito longe que gira em torno de 2200 USD a onca.

Vou aproveitar este momento de tumulto para dar mais uma pincelada macro e uma atualizada na minha visão macro para onde as coisas devem estar caminhando em termos de tendências e possíveis cenários.

lógico o objetivo aqui não eh adivinhar o futuro, mas seguir as macro tendências e lucrar com elas.

Stay with the trend.

Recentemente, e bem oportunamente, acabei a leitura do melhor livro que já li em macroeconomia  atual e que explica muito bem a situação em que a economia mundial se encontra, suas inter-relacoes  e quais são os possíveis cenários, dependendo das decisões dos lideres mundiais em como lidar com a difícil situação atual. O livro é altamente recomendado se você se interessa em proteger a sua riqueza na possível quase inevitável crise que pode estar a frente de todos nos. E mais do que proteger sua riqueza ela apresenta enormes oportunidades de fazer dinheiro com tendências macro como mega boosts and bangs no mercado. Se não quer correr riscos, pelo menos pode proteger sua riqueza, se ainda tiver alguma.

Antes que continue o post o nome do livro eh ENDGAME the John Mauldin.

O problema parece complexo. Complexo pra quem quer que seja complexo. Eu por exemplo vejo com bastante clareza.

Em suma:

A primeira bomba que estourou em Novembro de 2007 com o topo histórico nos mercado de acoes no mundo e tudo o que aconteceu depois ate aqui, segundo o mega investidor Geoge Soros, é o que chama de Financial Crises Act I e parece que com os acontecimentos recentes que podem ser marcados como divisor de águas

  • downgrade dos US treasury pela S&P
  • e o debate e a postergacao da resolucao do problema da divida Americana
Estamos entramos no Act II da crise.

O foco aqui é lancar a base pra minha estratégia macro de investimento e quais grandes tendências e busts eu tenho que aproveitar pra surfar.

O que tem acontecido na economia Americana, e o que foi muito bem colocado por Paul Tudor Jones em sua carta a investidores em Outubro de 2010, é um grave problema estrutural causando vários desbalanceamentos na economia mundial e que proporcionara tremendas oportunidades de ganhar dinheiro e dependendo qual forem as acoes dos lideres mundiais. Estas tendências podem se acentuar e acontecer mais rápido do que muitos prevêem.

Continuando o raciocínio da atual situação, uma grande bolha de debito estourou em 2007. Esta bolha que proporcionou o bear rally da bolsa de 2003 a 2007 e a MEGA bolha de commodities e do mercado imobiliario no mesmo periodo.

O Fluxo de recursos teve a seguinte dinâmica na década de 2000.

EUA, Europa e Mundo desenvolvido emprestou dinheiro a perder de vista com juros baixíssimos, ou pelo menos bem abaixo da media. Com este dinheiro comprou bujiganga a dar com pau da China que processou recursos naturais enviados por paises produtores de recuos causando o maior minning boom a humanidade jamais viu.

Assim, como bem concluído por Paul Tudor Jones, o crescimento econômico ocorrido nos EUA e no mundo, incluindo na China neste período (2003-2007), é uma grande anomalia causado por ilusões do credito e dinheiro fácil.

Uma das grandes consequências disto, e continua ocorrendo em massa é o que chamamos de destruição de capital. Em outras palavras dinheiro sendo investido em projetos onde o retorno eh abaixo do custo de capital.

Esta loucura do credito também causou uma mudança de paradigma no mundo de commodities que coloca pressão forte nos recursos naturais aumentando fortemente seus preços. Cada vez mais.

Isto com certeza beneficiou, países como Austrália, Brasil, Russia, EAU e Canada, mas ao mesmo tempo coloca-os em maior risco se a roda parar de rolar. Nestes paises foram criados imensas bolhas imobiliárias. Principalmente Australia e Canada e se fala no momento que escrevo que elas estao prestes a estourar, mas isto é um assunto pra um outro post que esta na ponta da minha lingua.

Continuando a historinha, como estouro da bolha em 2007-2008 o mundo todo, principalmente no mundo desenvolvido EUA e Comunidade Europeia devido a grande divida que elas tinham ( a ainda tem so que maior) causou o que chamamos de uma RECESSAO DE BALANCO. A maior JAMAIS VISTA.

Pra quem não entende de contabilidade a equação que explica a situação é

patrimônio Liquido = Ativo – Passivo

Com a quebradeira de 2008 o valor dos ativos despencaram, entretanto o valor do passivo (divida) continuou inalterado, mandando empresas, indivíduos e alguns governos insolventes, pois seria impossível pagar as dividas com a venda dos ativos depreciados. Podemos dizer que os balanços ficaram debaixo d’agua ou em outras palavras insolvente.

Neste cenário de crise de balanço o mundo desenvolvido entrou em um processo de deleverage (desendividamento) ou contracao de credito onde as pessoas seriam forçadas a frugalidade, passar a economizar e pagar as dividas acumuladas nos últimos 30 anos e isto assustava muito as autoridades mundiais na epoca. Inclusive o sistema financeiro na epoca ficou paralizado e em total PANICO.

Fazendo comparação do que é conhecido na historia seria algo parecido ou pior do que aconteceu na crise mundial dos anos 30 onde as forcas do desendividamento (Deleveraging) foram tão fortes que causou uma crise que demorou a bolsa 25 anos a se recuperar de seu pico em 1929.

E no interim a crise de 29 “causou” a 2 Grande Guerra. Espero que esta não cause grandes conflitos mundiais.

Neste cenário em 2008, nao só o mundo desenvolvido sucumbiria, mas a sinergia mostrada acima seria cessada.

Inclusive o modelo exportador do mundo em desenvolvimento, como China e os países produtores de Commodities e todos que foram beneficiados pela farra de credito que teve entre 2001-2007 seria cessado também. Causando grande depressão não só no mundo desenvolvido, mas no desenvolvimento e a casa de maquina mundial (China) iria dar uma bela duma desacelerada.

As autoridades politicas mundiais LOGICO tem memoria curta e não aprendem como que acontece na historia, achando que desta vez seria diferente. Então, ao invés de deixar que o próprio sistema se livrasse da sua podridão, deixando que negócios inviáveis fossem a bancarrota… mas isso seria MUITO DOLORIDO…

NAO!!!!! resolveram livrar a cara dos incompetentes, principalmente dos bancos que ajudaram a acelerar o processo por serem gananciosos, juntamente com todos que tomaram credito, as agencia de credito, que não fizeram seu trabalho, alias colocaram mais lenha na fogueira.

Pra livrar todo o sistema do colapso as autoridades monetárias nos EUA e agora na Europa embarcaram num programa de recompra de ativos através da emissão de mais divida (que em outras palavras impressão de dinheiro) em uma tentativa de magicamente reparar os balanços em frangalhos.

As consequências destes programas estão nas evidencias do mercado desde então.

O que se esperava com este programa  conhecido com QE (Quantitative Easing) era estimular a economia e criar empregos e tirar o mundo desenvolvido da recessão… mas HELLO HELLO !! o problema estrutural não foi sanado que é a divida mundial e a ineficiência na alocação de capital. Ela continua la e a todo vapor e juntamente o problema de desemprego estrutural nos EUA.

Só pra ter uma ideia no QE foram impressos 1.4Trilhoes (QEI) + 600 Bilhoes (QEII) e a taxa de desemprego Americana caiu de 10% pra 9%. O que não cai a ficha é que o problema de desemprego é estrutural. As  cerca de 8 milhoes de pessoas que perderam o emprego na crise nos EUA estavam trabalhando na industria bolha (e.g. financeira e mercado imobiliario). E mais de 10 milhoes de empregos industriais nos EUA foram tranferidos para paises como a China.

Assim, ao invés de estimular a economia e gerar empregos as consequências não intencionais que este programa causou foi a re-inflacao do mercado de bolsa e de commodities com a tremenda injeção de liquidez no mercado. Pra ter uma ideia de marco de 2009 a Junho de 2011, tempo que durou o programa a bolsa subiu 100%. Sem falar em commodities que algumas subiram 200%+.

O que aconteceu é que este dinheiro e liquidez só ficou em ativos especulativos e não fluiu pro consumidor, pois este, no mundo todo, se encontra em contracao. Os indivíduos e empresas esta tomando emprestado como estava antes de 2007 e pelo contrario evidencias mostram que estão economizando dinheiro. As empresas no mundo todo estao com uma montanha de caixa comparado com 2007.

Resumo da opera o governo Americano imprimiu montanhas de dinheiro pra comprar ativos, muito dos quais podres e a taxa de desemprego americana caiu de 10% pra 9% e o PIB quase não moveu um tick e continua estagnado e fala-se seriamente de uma nova recessão. E esta e a pior recuperação econômica de recessão registrada desde a crise de 29. Nao sei se fui claro aqui. 2 trilhoes + de impressao pra comprar ativos que despencaram em 2008  e outros programas de estimula sem contar dinheiro de Bail Outs… e o que eles mais temiam, que é o MOSTRO da DEFLACAO e a economia entra novamente em recessão. Enfim estão tendo exatamente o que NÃO queriam e isto em menos de 3 anos depois. A famosa DOUBLE dip recession esta aqui. BEM VINDO.

Mas e a CHINA? Como que neste período cresceu 9% ao ano?

Foi comentado em detalhes a situação lá e o perigo de uma grande bolha imobiliária no artigo (A China é uma bolha?)

Resumo é que com o MEDO também de sucumbir a China teve o MAIOR programa de estimulo em relação ao PIB no mundo. 14% do PIB. Pra complicar as coisas hoje 40%+ do seu PIB eh construção civil e o que esta ocorrendo la é a MAIOR destruição de capital da historia. A bolha imobiliária Japonesa parece fichinha perto do que esta prestes a acontecer na China. E eu aqui na Austrália fico preocupadissimo, pois a situação tomara proporções BIBLICAS. E Brasil vai pro buraco junto.

Enfim, amarrando tudo.

O mercado esta dizendo que a rumo das coisas daqui pra frente é deflação. E o recado que o mercado esta mandando pro Ben Bernanke eh: “Quanto dinheiro voce esta disposto a imprimir?”

O mode do sistema agora é deflação e os investimentos nas tendências são:

  • Longo Treasuries no EUA
  • Short Equity (Bancos, Mineradoras, Cobre e minerais industriais)
  • Acumular Ouro nos dips com um stop loss na linha de tendência (tem que ser macho aqui), pois depois uma hora inflação vem
  • Short ou Fora de commodities por enquanto atento ao desenvolvimento dos precos commodities e pensar em acumular caso a coreção for feia principalmente Petroleo, Gas, Agricolas e Softs
  • -Grande proporção dos ativos mesmo em caixa, que é uma posição a meu ver.

So que como conheco o eleitorado virão com um programa de estimulo pra tirar a economia do buraco. Uma hora ou outra. Talvez o Ben deixe a deflacao vir mais, pra ter uma boa desculpa pra imprimir mais dinheiro.

Fique atento na sexta ao discurso do Ben Bernanke quando sair do Jackson Hole. Conferencia do FED anual.

Quase 100% de certeza que será mais QE… neste caso… não se posicione no cenário deflação e surfe mais uma vez na onda da inflação que é o trade espelho (fazer quase exatamente o contrario).

Até chegar o dia do GAME OVER quando o mercado de bonds vai dizer ENOUGH is ENOUGH e inflação vai entrar em segunda, terceira, quarta e quinta marcha.

–          Neste momento pode pensar em short treasury na linha de tendência de longo prazo,

–          Segurar ouro que vai pra lua (Target 5000 USD) e dai vender caso apereca um novo Paul Volker

–           Sair TOTAL de caixa pra preservar seu poder de compra

–          Comprar hard assets (commodities).

Quando chegarmos neste estagio pode ser que testemunhamos o EDGAME. Prateleiras vazias,possivel  hiperinflacao em alguns paises, remota possibilidade da volta de um padrao ouro, conflitos mundiais e as pessoas tendo que mudar paradigmas como plantar o proprio alimento, usar carros mais efficientes, sair do modelo de hidro carbons (petroleo)

Basicamente teremos que apertar o RESET BUTTON.

Até lá. ENJOY THE RIDE.

7 Comments

Filed under Fundamentos, The Big Picture

7 Responses to TSHTF?

  1. visotakyju

    oi vela!!

    Mais um excelente post, esse vai pros favoritos!!! Fazia tempo que eu procurava alguma análisa de maior prazo, mais clara e objetiva do panorama atual.

    Ela foi em grande parte baseada no Endgame, mas vc mencionou o GS, tem algum livro dele sobre o assuto?

    até mais, ficamos no aguardo tb do seu TS!

  2. Fala Joao,

    Valeu pelo comentario. Isso vem fermentando na minha cabeca e esta realmente me fazendo re-pensar meu verdadeiro estilo de trading. De um operador 100% mecanico, para um seguidor de tendencia mais de longo prazo baseado em tendencias macros. Eu acho que naturalmente sintetizo bem as questoes macros e as relacoes.

    No momento inclusive dei uma parada no meu sistema devido o mercado nao estar favoravel. Principalmente o longo. Muito volatil e com um vies Bear. E meu sistema bear preciso fine tune. Estou fechado pra balanco no momento.

    Basicamente o artigo tem alguns aspectos abordados no Endgame, leituras que faco em blogs. Eu li um livro do GS (The Crash of 2008 and What it Means: The New Paradigm for Financial Markets), mas o que ele disse foi em uma de suas entrevistas na Blomberg… eu acho. Talvez no livro deve ter falado algo… mas tenho certeza que ele falou isto em algum lugar. Aqui esta a prova http://www.theage.com.au/business/world-business/act-two-of-crisis-begins-soros-20100611-y188.html

  3. visotakyju

    obrigado, VeP!!! Você mudando o seu estilo operacional, me fez lembrar de um Market Wizard (na verdade existem vários) que operavam “meio-a-meio”: fundamentos e técnica.

    Boa sorte em seus projetos;

    • Fala Viso,

      Acho que o vies fica ainda + tecnico que fundamentalista. Os fundamentos so da o pano de fundo, mas a decisao de entrar e sair de um trade sempre sera tecnico (break out), linha de tendencia, gerenciamento de risco. E penso em algo mais como um position trade de medio longo prazo.

  4. marcus consiglio

    AFINAL…O QUE FAÇO COM MEU MINGUADOS REAIS?

  5. Pingback: Lista de todos os posts do Velaepavio « Velaepavio's Blog

Leave a Reply